Bahia: Refinaria privatizada provoca desabastecimento de Gás de Cozinha

Fora Meirelles!

Por Luis Edmundo

30 de maio de 2017 : 10h12

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Por João Sicsú, exclusivo para o Cafezinho

#foraMeirelles

O golpe não foi estritamente político. Não objetivava simplesmente a troca de governantes. É um golpe que tem projeto, que tem plano de ação. Foi um golpe essencialmente econômico com fortes implicações sociais para os trabalhadores e os mais necessitados. É um golpe contra 99% da população brasileira.

O golpe foi dado para que os interesses das multinacionais, dos bancos e do rentismo fossem atendidos na sua plenitude. Esses interesses implicam desnacionalização da economia, ampliação dos ganhos dos bancos para além das suas atividades tradicionais e espoliação do orçamento público.

A Globo lidera o golpe associada a segmentos da Justiça, do Ministério Público e da Polícia Federal. Políticos fisiológicos e patrimonialistas são marionetes dos dirigentes do golpe. Essa escumalha somente sobrevive agarrada a palácios governamentais, a ministérios, às estatais e ao foro privilegiado. Fazem o que mandam desde que continuem agarrados às tetas de sempre.

Às marionetes a ordem agora é aprovar as reformas previdenciária e trabalhista (que é uma continuação da terceirização ilimitada). Eles têm que cumprir. Do contrário, deixarão a categoria de descartáveis para ocupar a posição de descartados. Mas isso não ocorrerá para todos, mas sim para casos individuais. Alguns já foram para o ralo porque se tornaram inúteis, já cumpriram o seu papel.

Há um personagem central em toda essa trama. É o ministro da Fazenda e da Previdência Social, Henrique Meirelles. Quase todos os interesses do golpe estão no ministério que conduz. Estão também, em certa medida, no ministério do Planejamento. Mas esse não tem luz própria nem estofo dentro da estrutura governante.

Foi Meirelles quem patrocinou a proposta de emenda constitucional que congelou os gastos reais do governo por vinte anos, mas foi também quem deixou livre os gastos públicos para o pagamento de juros da dívida pública para os bancos e o rentismo. É Meirelles quem patrocina a retirada de diretos trabalhistas e previdenciários que vão ampliar a margem de lucro das multinacionais e bancos.

Meirelles foi presidente mundial do BankBoston e foi presidente de 2012 a 2016 do Conselho consultivo da J&F, holding que, além da JBS, controla outras diversas empresas do grupo. Não é à toa que as empresas, pertencentes ao aglomerado que foi construído com capital nacional, estão se transferindo para os Estados Unidos.

Meirelles é o cérebro dos interesses dos dirigentes do golpe dentro do governo. Ele não é marionete. Ele é muito mais que Temer. Aliás, como já revelou: sua pretensão é ser presidente do Brasil. E foi o próprio quem comunicou ao mercado financeiro que continuará no próximo governo quando Temer desistir ou for derrubado. Meirelles sabe que se o golpismo continuar governando ele é peça chave. Ele personifica os interesses mais genuínos do golpe.

Cabe, portanto, a todos aqueles que bradam contra as influências da Globo na política, que gritam fora Temer, que reivindicam eleições diretas imediatas, então, que tomem também como palavra de ordem o fora Meirelles e suas reformas. Meirelles tem sido poupado pela grande mídia, mas não pode ser omitido pelas esquerdas, pelas centrais sindicais e pelos movimentos sociais.

Luis Edmundo

Luis Edmundo Araujo é jornalista e mora no Rio de Janeiro desde que nasceu, em 1972. Foi repórter do jornal O Fluminense, do Jornal do Brasil e das finadas revistas Incrível e Istoé Gente. No Jornal do Commercio, foi editor por 11 anos, até o fim do jornal, em maio de 2016.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

24 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Nilmar Oliveira

31 de maio de 2017 às 23h17

O Meirelles é o homem forte do PSDB no poder, por isso, fora Temer e o PSDB e todos os demais golpistas!

Responder

Maria Luiza F. L.

31 de maio de 2017 às 19h45

Temos que tirar imediato esse Temer e toda a cambada dele principalmente este Meirelles mas todos deveriam mofar na cadeia e devolver todo o nosso dinheiro que pagamos com imposto que nada é voltado para o bem da nação vamos a luta somos a maioria e temos que tomar conta do Congresso imediatamente ou diretas JÁ

Responder

Ana Luiza Ferreira

31 de maio de 2017 às 21h07

É um golpe em favor dos empresários,pois tudo é em favor deles pois os empresários é que dão dinheiro para os políticos,isto é somente troca.

Responder

Katinha Ladeira

31 de maio de 2017 às 20h36

Fora bandido

Responder

Ana Cardenas de campos

31 de maio de 2017 às 09h29

Perfeito! Temos esse compromisso!! Essa tarefa!!!!

Responder

Rita Catarina Correia

31 de maio de 2017 às 10h05

É…

Responder

Regina Valerio

31 de maio de 2017 às 09h47

NOJENTO, ORDINÁRIO!

Responder

Mari Valadão

31 de maio de 2017 às 08h52

Só este idiota acredita na própria mentira

Responder

Leila Piccoli

31 de maio de 2017 às 07h22

Quero ver quem paga pra gente ficar assim! Brasil está mostrando sua cara na cara de pau desse canalha que está vendendo a nação.

Responder

Antero Policarpo

30 de maio de 2017 às 23h36

MEIRELLES PARA DE FALAR QUE O PAIS ESTA MELHORANDO MEU…ESTAMOS DE MAU A PIOR …VC APRENDEU MENTIR COM QUEM ? COM O TEMER
..SUA BATATA ESTA ASSANDO.

Responder

Laercio Ferreira

30 de maio de 2017 às 22h33

MEIRELLES , É UM FUNCIONÁRIO DE CARREIRA DO FMI , DOS CAPITAIS FINANCISTAS , E AGORA DONO DA POLÍTICAS COMO MINISTRO DA FAZENDA QUER TRANSFORMAR O BRASIL EM UMA GRÉCIA , OS CAPITAIS FIANNACISTAS ESTÃO BABANDO DE ORGULHO??

Responder

Maria Do Céu Medeiros

30 de maio de 2017 às 22h09

#Forameirelles!

Responder

Lindanir Serapiao

30 de maio de 2017 às 20h43

#ForaJBS

Responder

MILTON SIMÕES

30 de maio de 2017 às 16h25

Então, fora Meirelles!

Responder

Benedito Domingues

30 de maio de 2017 às 15h51

Esse sonegador, safado deveria estar preso!

Responder

Gisele Silva

30 de maio de 2017 às 15h23

Toma Meirelles, o que sobrou pra vc o bagaço da laranja

Responder

Julio Senna

30 de maio de 2017 às 15h12

CADEIA PRA ESSE LADRÃO ISSO SIM!

Responder

Atreio

30 de maio de 2017 às 11h53

demissão pra MORO, hj julgado!!! (oprtunidade ÚNICA pra carminha começar a entrar com glórias na hsitória….)

fora globo!

fora meirelles JBS!!

fora MT da mala e seu rodrigo!

DILMA Vana de volta!
sem crime, sem imepachment!

bravos permanecem ao lado dos justos, aos canalhas restam os covardes.

Responder

Paulo Diniz d'Avila

30 de maio de 2017 às 11h53

Seria muito bom que o Lula lesse este artigo!!!

Responder

Simone Ambrósio

30 de maio de 2017 às 14h36

Fora com essa abjeção, Meirelles, vira-latas com V!! #forameirelles ou meiresley’.

Responder

Ruy Mauricio de Lima e Silva Neto

30 de maio de 2017 às 11h24

Perfeito! Absolutamente de acordo. De nada adiantará um Fora Temer se não vier acompanhado de um Fora Meirelles. Aliás quem inventou esta figura sinistra foi o próprio Lula como “garantia” ao “Mercado” que todos se locupletariam em seu governo: Elite, banqueiros, industriais, operários, camponeses, proletários, escumalha e ralé.(Um dos raros Grandes Erros da tabelinha Lula-Dilma.Estão pagando por isso agora, junto com o resto da nação.)QUASE que assim foi. De repente, veio a conta. Como é que chamam um presidente (ou que título honorífico lá tenha) do BankBoston para ser MInistro da Fazenda ou presidente do BC desta Bosta? Fora Meirelles! Fora Mediocridades! Fora Temer! Fora Jungmann! Fora Etchegoyen! Fora Aloysio! Fora Jucá! Fora Quadrilha! Fora Canalhas! Queremos o nosso Brasil de volta!

Responder

    CLá

    30 de maio de 2017 às 12h44

    Para Ruy Maurício de Lima e Silva Neto: parabéns pela sua postagem Ruy. Pela primeira vez, li uma postagem que critica Lula com fundamento e não com emoção. Foi Lula mesmo que criou essa cobra chamada Meireles, assim como foi Dilma que, já no início do seu segundo mandato, se curvou ao capital nomeando Joaquim Levy (outra cobra criada) para o Ministério da Fazenda, assim como foi Dilma que ameaçou fazer o que ela chamava de “ampla reforma da previdência”. Infelizmente a nossa esquerda deixou muito a desejar. Foi uma esquerda curvada ao capital. Na minha opinião, acredito que precisamos votar na esquerda nas próximas eleições, como uma estratégia para dizer não ao neoliberalismo, mas não podemos ser ingênuos: a esquerda que temos é muito, mas muito subserviente ao capital. Ainda assim, é uma alternativa viável ao neoliberalismo.

    Responder

Paulo L Maia

30 de maio de 2017 às 14h00

Responder

Deixe um comentário