Bahia: Refinaria privatizada provoca desabastecimento de Gás de Cozinha

Zanin: ex-deputado acusou Lula para ter delação aceita

Por Luis Edmundo

05 de junho de 2017 : 17h06

Foto: Jornalistas Livres

Cristiano Zanin Martins, advogado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, revelou hoje mais um exemplo de como funciona o sistema de delações premiadas da força-tarefa da operação Lava Jato. Em nota reproduzida abaixo, Zanin afirma que o ex-deputado Pedro Corrêa, para incluir Lula e ter sua delação aceita, tentou usar até fotografias de reuniões do Conselho Político durante o governo de seu cliente, públicas, com data e hora marcada e presença da imprensa.

Na audiência de hoje, no depoimento de Pedro Corrêa, Zanin voltou a discutir com o juiz Sergio Moro, que voltou a se comportar de maneira das mais inadequadas a quem ocupa um cargo que deveria se pautar pela imparcialidade, como mostra o vídeo abaixo:

 

Abaixo, a íntegra da nota de Zanin:
Do blog A Verdade de Lula.

O ex-deputado Pedro Corrêa, cassado por quebra de decoro parlamentar em 2006, deixou hoje claro ao Juízo da 13ª Vara Criminal Federal de Curitiba ter refeito anexos de seu depoimento à Força Tarefa do Ministério Público Federal, visando fechar sua delação premiada, com o objetivo de apenas completar informações a respeito do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Corrêa depôs ao MPF em 1/9/2016 e foi nesse momento informado de que estavam faltando elementos para embasar denuncia contra Lula, ocasião em que disse querer colaborar. A denuncia foi ofertada em 14/9/2016. Até hoje a delação de Corrêa não foi homologada, depois de ter sido barrada pelo ministro Teori Zavascki em 2016 por falta de provas das alegações apresentadas.

Diante da manifesta fragilidade de sua versão sobre encontros com Lula, Corrêa mostrou fotos – com a presença de Lula – de reuniões do Conselho Político, que participou como presidente do PP. Perguntado pela defesa, ele não teve como deixar de admitir que essas reuniões eram públicas, com agenda certa e acompanhadas pela imprensa. O ex-Presidente sequer participava desses encontros, fazendo apenas aparições ao final para o cumprimento aos presentes. Como Corrêa abriu a audiência mostrando essas fotos, ele se colocou não com a isenção de uma testemunha, mas como pessoa com interesse na causa, buscando a qualquer custo destravar sua delação.

A defesa de Lula pediu, no início da sessão, em atenção ao contraditório, à ampla defesa e à paridade de armas – como determina a Súmula 14 do STF – que o depoimento de Corrêa fosse remarcado e viu negado seu pedido. Foi relembrado que MPF havia assumido, na audiência de 08.05, o compromisso de informar previamente o “status” dos processos de delação envolvendo pessoas chamadas a depor. E no caso de Corrêa não foi apresentada qualquer informação, embora o MPF tenha reconhecido a existência de negociações e de diligências documentadas.

Ao final da audiência, o Juízo deu ciência às partes de que o MPF havia juntado ao processo documentos  relativos a processos de delação de executivos do grupo Odebrecht. Com a adesão de outras partes,  pedimos então a redesignação da audiência prevista para a parte da tarde – a partir das 14 horas -, considerando não haver tempo hábil para conhecer os novos elementos, situação que ofende o contraditório, a ampla defesa e a paridade de armas. O juízo decidiu manter os depoimentos “por economia processual”, embora tenha constatado o prejuízo à defesa, tanto é que facultou futuro pedido de nova oitiva.

Cristiano Zanin Martins

Luis Edmundo

Luis Edmundo Araujo é jornalista e mora no Rio de Janeiro desde que nasceu, em 1972. Foi repórter do jornal O Fluminense, do Jornal do Brasil e das finadas revistas Incrível e Istoé Gente. No Jornal do Commercio, foi editor por 11 anos, até o fim do jornal, em maio de 2016.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

70 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

José Borges de Menezes

09 de junho de 2017 às 11h29

Esse pessoal do Ministério Publico está esquecendo de um detalhe Muito Importante de quem deu independência à eles e a Policia Federal para investigar, foi o governo do PT através do presidente Lula, agora têm que investigar e acusar com provas e não com suposição.

Responder

Jorge Santana

07 de junho de 2017 às 16h36

Vergonhoso . O Moro e juiz ou promotor, defensor público sei lá advogado de acusação. Sou leigo, mas sei que juiz tem que ser imparcial, apenas julgador e não acusador.

Responder

Katinha Ladeira

06 de junho de 2017 às 20h47

KkkkkkkkQual a novidade E so mais um a Safadeza desta justica

Responder

Odorico Santos

06 de junho de 2017 às 20h02

Assim é fácil o sujeito roubar roubar só é delatar Lula sem prova e premiado

Responder

Luiz Hortencio Ferreira

06 de junho de 2017 às 16h35

E o que se deve fazer num caso destes? Me explique quem souber, o que o juiz está fazendo é ilegal ou não? Porque um lado fala que está havendo ilegalidade, mas o juiz não tá nem aí e continua fazendo tudo o que quer, como se estivesse tudo dentro da lei!
O que é certo e o que é errado?

Responder

Luiz Hortencio Ferreira

06 de junho de 2017 às 15h41

Dr. Cristiano, o que fazer no caso? A quem recorrer? Quem pode impedir o nobre magistrado juiz Moro de não praticar ilegalidades em nome da lei? A OAB não tem poder para interpelar e pedir legalidade no processo? Ou ela OAB está ainda em cima do muro?
Me explique Dr. Cristiano, como pode-se defender de abusos do tipo que está acontecendo nos processos comandados pelo MPF e o juiz Moro?

Responder

Eduardo De Melo Machado

06 de junho de 2017 às 18h14

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Paulo Benedito Santos

06 de junho de 2017 às 14h52

O juiz Sergio Moro tem TODAS AS PROVAS contra a irmã de Aécio há dois anos. Extratos bancários e tudo mais. Ela não tem foro privilegiado. No entanto foi necessário o STF intervir e decretar a prisão de Andrea Neves, porque Moro protege tucanos. Juizinho inútil e partidário.

Responder

Jerônimo Barroso

06 de junho de 2017 às 12h41

O juiz mostra claramente a tentativa de atrapalhar o advogado em por em prática sua estratégia de defesa quando deveria ser imparcial. Absurdo! Devia ser preso.

Responder

Cesar Saldanha

06 de junho de 2017 às 09h38

Esse juizinho, além de arrogante e parcial, aceitaria até um alfinete de quadro como prova. Um absurdo.

Responder

Wilton Cézar

06 de junho de 2017 às 11h39

A delação viciada.

Responder

Benoit

06 de junho de 2017 às 06h57

O video é chocante. O juiz toma atitudes agressivas e parciais contra o acusado que são escandalosas. A defesa tem todo o direito de questionar as testemunhas de acusação, tem o direito de questionar os motivos delas, a honestidade delas, a competência delas. As testemunhas dizem o que querem dizer, a acusação faz a acusação que quer, então a defesa deveria ter, e tem, o amplo direito de interrogar as testemunhas. Aqui neste caso isso não é possível porque o juiz atua como um escudo de proteção. Ele é um juiz mal intencionado, desonesto, um cafageste que não deveria ter lugar na justiça brasileira. Ele é claramente um juiz de acusação usando o seu poder pessoal, o que significa abuso de poder, para atacar e arrasar um réu. Eu já disse aqui mais de uma vez que esse julgamento é ilegal. Mas tem-se que dizer também que esse juiz é um criminoso porque está pervertendo o direito, está abusando da sua autoridade para agir criminalmente.

Responder

Silvia Maciel

06 de junho de 2017 às 08h39

Quando esse Juiz de quinta categoria será parado? Não merece ser chamado de juiz, denigre a classe. E a mulher dele? Será investigada, ou montará um clube com a mulher di Cunha?

Responder

Jacinta Maia Nobre

06 de junho de 2017 às 08h29

Grande defensor.

Responder

Carlos Jorge Martins Jorge

06 de junho de 2017 às 03h57

O RUI BARBOSA, JÁ AVISAVA QUE A PIOR DITADURA É DO JUDICIÁRIO.

Responder

Rose Andrade

06 de junho de 2017 às 03h51

MIDIA ESTRANGEIRA JÁ FALA EM TORTURA AOS PRISIONEIROS DA REPÚBLICA DE CURITIBA PARA DELATAR O NOME DE LULA
https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=1450766174969142&id=1205638036148625

Responder

Thiago Alpendre da Rocha

06 de junho de 2017 às 02h53

Fraquíssimo advogado!

Só cria tumulto e apresenta a tese do vitimismo?

Veremos a primeira condenação (de muitas) ainda neste mês….

LULA NA CADEIAAAAA

Responder

    J. Andrade

    06 de junho de 2017 às 01h53

    Pecezão esse Thiago Alpendre. Vai pro alpendre, pecezão.

    Responder

Mahi Teixeira

06 de junho de 2017 às 02h08

Como pode ser tão irresponsável e cínico esse juiz! Pensar que um que esse tipo é um juiz.

Responder

Ana Aguiar

06 de junho de 2017 às 01h44

Lula foi eleito 2 vezez tem fotos dr

Responder

Auxiliadora Albuquerque

06 de junho de 2017 às 01h16

Juizeco ouvindo o salafrario fanfarrão Pedro.

Responder

Sara Carvalho

06 de junho de 2017 às 01h12

Lisa Carvalho

Responder

apolinario jose pereira

05 de junho de 2017 às 21h57

Eu quero saber qual é a hora que as forças armadas vão prender o juiz moro e cia e os procuradores Dallangnaol e cia, pois se depender da procuradoria geral da republica e da justiça brasileira eles continuarão fazendo do brasil o pior dos puteiros do mundo. Ha que deras que o Finado Fidel Castro estivesse vivo e fosse o presidente do brasil, se existisse tanto bandidos no palacio do planalto, no ministerio publico, justiça e parlamentares do congresso brasileiro, e jornalistas da pior especie, globo, band, record, sbt, redeetv, istoé, veja, epoca, estadão, fls de são paulo, o globo e cia. Com certeza estariam todos presos e fuzilados.

Responder

Lilian Critelli Lobo

06 de junho de 2017 às 00h27

Juiz sem educação, tentando impedir que a defesa faça as perguntas que acha serem relevantes! Fica bravinho e perde a compostura.

Responder

Maria De Fatima Ramos Motin

05 de junho de 2017 às 22h52

Ouvi um Audio no rádio O Juiz não deixa o Advogado perguntar nem o delator responder!!!!

Responder

Maria Rita

05 de junho de 2017 às 19h34

É gritante a falta de compostura desse juiz. Chama um deputado cassado de doutor e Lula de ex-presidente. E ainda acusa o advogado de defesa de tentar humilhar a testemunha. É muito pequeno e abjeto esse senhor Moro.

Responder

Guto Rozestolato

05 de junho de 2017 às 22h26

#BolsonaroPresidente2018

Responder

Guto Rozestolato

05 de junho de 2017 às 22h26

#BolsonaroPresidente2018

Responder

Guto Rozestolato

05 de junho de 2017 às 22h26

#BolsonaroPresidente2018

Responder

Rute Fonseca

05 de junho de 2017 às 22h16

O planeta é de DEUS .vocês não tem controle pra nada aqui .Se der um tremor de terra não tem controle remoto e assim é pra tudo . Só prenderão Lula se Deus permitir e ele tiver algum propósito pra isso .

Responder

Elaine Maria Santos

05 de junho de 2017 às 22h04

Procuradores promovidos a “Achadores”, tamanha incompetência de atestar idoneidade de um cidadão, por impossibilidade de ressarcir o valor recebido para efetuar o contrário. V e r g o n h a .
Já que estoura por aí, ligações desse cumplices da Grande Quadrilha.

Responder

Edineia Mariano Mariano

05 de junho de 2017 às 21h51

Fora pmdb psdb já

Responder

Maurilio Costa

05 de junho de 2017 às 21h23

Só uma coisa me intriga, se este pessoal da lava jato esta realmente se lixando para as leis do País o que o STF está fazendo que não toma medidas contra estas supostas violações??

Responder

Gustavo Pacheco

05 de junho de 2017 às 21h21

Como não possui mais argumentos ou recursos para comprovar sua inocência, a defesa criminal de Lula parte para a desqualificação das instituições. Lamentável.

Responder

    Andre Massao Noce

    05 de junho de 2017 às 23h48

    Kkkkkk… Golpista falando asneira é hilário… Até agora só tem convicção… Processo penal fajuto onde, vcs são tão incompetentes, que usam de má fé para concluir o golpe…

    Responder

    Edi Passos

    05 de junho de 2017 às 22h12

    Prezado,

    Desde a idade média ninguém tem o dever de provar sua inocência, em nenhum lugar do mundo. Em qualquer sistema jurídico penal do mundo dito civilizado quem tem que provar que houve crime e que esse crime foi cometido pelo denunciado é a acusação, ou seja o Ministério Público.

    No caso concreto, mesmo com toda a ajuda do “juiz” – que muitas vezes assume o lugar do acusador e cerceia vergonhosamente a defesa, como se vê nesse vídeo – a acusação não conseguiu provar nem a existência de crimes, muito menos o envolvimento de Lula, mas mesmo assim persiste no grave erro de acusar com base no “ouvi dizer” e da “convicção” pessoal e político partidária de seus agentes. Isso sim é verdadeiramente lamentável.

    Responder

    Saura Sieiro

    07 de junho de 2017 às 01h09

    Desqualificado, incompetente, parcial, arrogante e abusado! Quis aparecer ser melhor, passar por cima até do STF e agora tá pagando mico diante dos “fãs” vai condenar só pq ” deve” uma resposta à sociedade! N passa de um ridículo !

    Responder

Lena Pinheiro

05 de junho de 2017 às 21h17

É arrogante

Responder

Antonio Cavalcante

05 de junho de 2017 às 21h16

Quero saber até quando as instâncias superiores do judiciário vai compactuar com a atuação dessa força tarefa que só pensa naquilo… prender o Lula… DIRETAS JÁ…

Responder

Jadiel Batista Vitor

05 de junho de 2017 às 21h11

Defesa fraca, só fica de chorumela, sabe que não tem mais nada a fazer, ficam ai de “mimimi”.

Responder

Dora Mello

05 de junho de 2017 às 21h07

Responder

Dora Mello

05 de junho de 2017 às 21h07

Responder

Leda Vieira

05 de junho de 2017 às 20h55

SABIA QUE ELES SÃO PATIFES , MAS PACTO COM O DIABO NÃO!

Responder

Leda Vieira

05 de junho de 2017 às 20h53

SEI QUE SÃO PATIFES , MAS NÃO SABIA QUE TINHAM PACTO COM O DIABO !

Responder

Simone Ambrósio

05 de junho de 2017 às 20h49

Moro rolando escada abaixo velozmente. Os membros sérios do MP não tem nada a dizer dessa palhaçada?

Responder

Mariuza Bezerra

05 de junho de 2017 às 20h46

Gente , o juiz não deixa a defesa do lula falar , indefere as perguntas da defesa a todo momento. Como pode ?UM ABSURDO!!!

Responder

Edson Molina

05 de junho de 2017 às 20h46

Onde tem fumaça tem fogo. Não precisa ver o fogo.

Responder

Laercio Ferreira

05 de junho de 2017 às 20h44

O DEUS MORO DE VERGONHA DO PROCURADORES DO JUDICIÁRIO, QUE SÓ PRENDEM LADRÕES DE GALINHAS, POR ISSO QUE OS PRESÍDIOS S ESTÃO SUPER LOTADOS , QUANDO OS ACUSADOS SÃO DA SOCIALITE PODRE , MANDAM P EDIR QUE JUSTIFIQUEM SEUS DE CORRUPÇÕES, CADÊ O MANDATO DE PRISÃO DOS ACUSDAOS DA LISTA DO FASCHIN / JANOT ?/

Responder

Daniel Alves Alves

05 de junho de 2017 às 20h31

Estranho . o juiz não permitir perguntas , as quais ajudariam no julgamento. Por isso não querem a lei de abuso de autoridade !!

Responder

Nadege Do Couto

05 de junho de 2017 às 20h28

Esse juizinho já deveria estar num pau de arara rumo aos EUA

Responder

Rafael Santana

05 de junho de 2017 às 20h26

Isso é a famigerada delação Coercitiva. Se for contra o Lula, não precisa provar, só precisa falar para pegar o prêmio: a liberdade.

Responder

Daniel Alves Alves

05 de junho de 2017 às 20h24

g

Responder

Paulo Henrique Gonçalves

05 de junho de 2017 às 20h24

A soberba e a arrogância de Sérgio Moro, principalmente quando a pergunta fere o que ele entende como a favor de Lula é impressionante. Como pode um ser desprezível desse estar apto para julgar alguém? É nojento.

Responder

    Mario Washington Wallace Fajardo

    05 de junho de 2017 às 21h02

    Defensores de bandidos não gostam do correto juiz Moro.

    Responder

    Paulo Henrique Gonçalves

    05 de junho de 2017 às 23h08

    Mario Washington Wallace Fajardo Admiro pessoas como você, que mesmo a face de todos os acontecimentos dos últimos meses não ligam de passar vergonha na rede só para não passarem por cima do próprio orgulho. Realmente admiro quem sente orgulho de ser burro. Parabéns amigo.

    Responder

    Paulo Henrique Gonçalves

    05 de junho de 2017 às 23h10

    Eu por outro lado, não só tenho vergonha de um dia ter acreditado em Aecio e Moro, como peço a Deus que me leve antes de ficar senil. Deve ser muito ruim chegar a terceira idade tão alienado. Para viver como tonto, prefiro morrer antes. Embora conheça pessoas da terceira idade que ainda estão na mais completa eficiência neurológica e de caráter.

    Responder

    Paulo Henrique Gonçalves

    05 de junho de 2017 às 23h18

    Mario Washington Wallace Fajardo Por outro lado, os defensores de bandido não gostam mesmo de Sérgio Moro. Quem gosta são os próprios bandidos mesmo, mas do PSDB, claro. Acho até que você deva achar normal ele ter inocentado a mulher de Cunha e ter uma esposa envolvida em desvios milionários das Apaes, não é mesmo?

    Responder

    Andre Massao Noce

    05 de junho de 2017 às 23h43

    Mario Washington Wallace Fajardo kkkkkk… Moro do? PSDB corrupto, soltou a mulher do Cunha corrupto…

    Responder

    Nilton Marchi

    06 de junho de 2017 às 07h11

    É correto o juiz que é parcial, seletivo e perseguidor? É correto um juiz que comete arbitrariedades no processo? É correto um juiz que pune alguns sem provas e protege outros contra as provas? É correto um juiz julgar pautado na mídia? É correto um juiz estar a serviço de interesses escusos e destruir a economia de um país?

    Responder

Eduardo Francisco

05 de junho de 2017 às 20h09

Dilson Vieira

Responder

Deixe um comentário