Canal Revolução Industrial entrevista Luis Felipe Giesteira

Bolsonaro foge de debate na Universidade George Washington

Por Miguel do Rosário

13 de outubro de 2017 : 09h03

Publicamos abaixo texto do grupo Defend Democracy in Brazil, uma das organizações de brasileiros formadas nas lutas contra o golpe no Brasil em 2016, com informações exclusivas sobre decisão de Bolsonaro de não participar de um evento onde poderia enfrentar protestos e críticas.

Lembramos ainda que o Intercept fez uma ótima reportagem sobre a passagem de Bolsonaro nos EUA, incluindo um vídeo em que o deputado bate continência para a bandeira norte-americana, faz coro aos gritos de USA, USA, USA!, e afirma que dará “carta branca para policial matar”.

Outro material interessante para os pesquisadores: esse vídeo com a íntegra de evento com presença de Bolsonaro, em Miami.

***

EXCLUSIVO: JAIR FOGE DE DEBATE NA UNIVERSIDADE GEORGE WASHINGTON

Segundo organizador do evento, o próprio Bolsonaro pediu para cancelar sua participação

O debate com o candidato à presidência do Brasil Jair Bolsonaro, na Elliott School de Assuntos Internacionais da Universidade George Washington, sob a “Iniciativa Brasil”, que aconteceria na sexta 13 de outubro, foi cancelado.

Depois de muito protesto através de esforços conjuntos de acadêmicos internacionais no blog stopbolsonaro.wordpress.com, cartas para a Universidade, numerosos artigos de mídia e cartas para a “Iniciativa Brasil”, e a CARTA ABERTA por três grupos de ativistas da Costa Leste, soubemos de fontes seguras ​​da Universidade George Washington, que o candidato presidencial mostrou a incapacidade de se tornar o próximo presidente do Brasil, por tanto se afastar de críticas inteligentes, como por ser incapaz de lidar com qualquer diversidade e adversidade.

O diretor da “Iniciativa Brasil”, o professor Mark Langevin, disse em um e-mail exclusivamente para Defend Democracy in Brazil (DDB) que “Bolsonaro cancelou, não o fizemos. Aparentemente, ele não está preparado para se envolver em um debate respeitoso neste momento”.

O professor Langevin já havia manifestado esta semana, diante desses protestos que reuniram centenas de acadêmicos, pesquisadores e ativistas, que planejava abrir uma discussão com o candidato, dizendo ao DDB que “se não nos dedicarmos a respeitar e a fundamentar debate com nossos adversários, então, quais outras opções nós temos? “. No entanto, a afirmação não parecia ressoar com o convidado.

Na reunião de quarta-feira dia 11, realizada na Câmara de Comércio Brasil-Americana em Nova York, Bolsonaro mostrou falta de conhecimento e planos para a economia, caso fosse eleito, na presença de grandes investidores e banqueiros, e também do ponto de vista de um jovem economista que estava entre os convidados, que nos relatou ao sair da reunião.

Estas são situações que falam por si mesmas. Além disso, no encontro de Nova York, enfrentando manifestantes do Defend Democracy in Brazil e outro grupo anti-golpe brasileiro, na porta do evento, Bolsonaro decidiu utilizar a saída de fundos do prédio.

Em duas cidades, em situações significativas nos Estados Unidos, com cidadãos brasileiros e americanos, com fortes argumentos, empenhados em parar o fascismo e o comportamento que incita a violência fora e dentro do Brasil, ele fugiu.

Ele terá algum conhecimento, experiência e aliados políticos para dirigir um país gigante e cheio de desafios como o Brasil?

Sabemos que não.

Nadia Comani, para o Defend Democracy in Brazil / Nova York

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

16 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Octavio

15 de outubro de 2017 às 13h50

” afirma que dará “carta branca para policial matar”.”

Quem conhece a polícia do RJ, sabe que “carta branca para matar” é o mesmo que dizer que liberará geral para a milícia carioca, que apoia Bolsonabo. A terra do Bolsonabo, baixada fluminense, é cheia de milicianos. O Bolsonabo nunca tomou qualquer providência sobre isto. Nunca fez, como uma das suas bandeiras de luta contra o crime e pela segurança pública, o combate aos grupos de policiais fora da lei (milicianos). Nunca apoiou ou defendeu abertamente o aumento do salário dos policiais cariocas. Com Bolsonabo, estaremos na mão da segurança privada ou da “segurança” imposta das milícias. Com os milicianos, não tem esta história de querer ou não querer proteção. Se não aceitar, é assaltado, seu imóvel é pichado e pode até ser expulso de onde mora ou de onde possui negócio. E se insistir em confrontá-los, entra no rol dos “bandido bom, é bandido morto”!! Ou seja, simulam um confronto entre polícia e bandido. A família do morto irá se queixar a quem, se a polícia estará toda entregue a grupos de extermínio!!!????

Responder

Denise

14 de outubro de 2017 às 15h48

Enfrentar o fascismo que avança no país depois do golpe e o que devemos fazer; mesmo crescendo nas pesquisas, o Bozonazi não está capacidade nem pra inspetor de alunos do colégio militar, é uma fraude, um ser abjeto que merece ser descartado como um lixo que nem pra reciclagem serve.

Responder

JOÃO CARLOS AGDM

14 de outubro de 2017 às 12h54

Se é assim, ruim pro Brasil, devia ser bom prá Globo.
Mas, ele é tão ruim de voto presidenciável (quem viver verá) que a Globo não investiu nele.
Não é que nem um Aécio que, apesar de caráter nada recomendável, é bom de voto.
É nesses que a Globo gosta e investe: ruim pro Brasil, bom de voto.

Responder

Esmeraldo Cabreira

14 de outubro de 2017 às 10h44

BÓSÓNARO NÃO ESTARIA PREPARADO PARA UM DISCUSSÃO CIVILIZADA E DEMOCRÁTICA NESTE MOMENTO”!
É UMA TRAGÉDIA ANUNCIADA…. BOSÓMÍNION É UM NARCISISTA IRRESPONSÁVEL, TOTALMENTE EGOCÊNTRICO E HEDÔNICO… OLIGOFRÊNICO, SEQUER SE PREOCUPA COM O DANO QUE CAUSOU À DEMOCRACIA BRASILEIRA, JUNTAMENTE COM AÉCIO NEVES, CUNHA, SERGIO MORO, DALLAGNOL, TEMER, E O GILMAR MENDRES……
POLÍTICA DE TERRA ARRASADA…….. NOS LEVARÁ DIRETO AO CAOS!
QUEM VIVER VERÁ!

Responder

Daniel Oliveira

14 de outubro de 2017 às 09h23

Que tipo de interlocução é possível com um homem que não propõe isso? Que conversa é possível com alguém que defende a tortura, a homofobia, o racismo e o estupro? Qual o campo de interseção com um fascista?

Por que repetir o vexame da Hebraica, que desonrou a memória de judeus mortos no Holocausto dando microfone para um sujeito enxovalhar negros dos quilombos?

Responder

fernando

13 de outubro de 2017 às 22h43

mas que machão é esse que só canta de galo no brasil e no exterior foge de tudo que nem uma donzela!!!

Responder

Paulo Só

13 de outubro de 2017 às 17h02

Esse Langevin deve ser da turma do Trump: manifestante contra KU KLUX KLAN e KU KLUX KLAN é igual para ele. Éle é imparcial, é preciso dar a mesma oportunidade para os dois. Deve ser a teoria em que os nazis se basearam para fazer funcionar os fornos crematórios: os SS tinham direito de matar e os judeus tinham direito de morrer. É isso que ensinam nessa universidade nazi? Realmente a cultura e o ensino estão em boas mãos!

Responder

    Heleno Nogueira

    14 de outubro de 2017 às 08h35

    Talvez o local do evento não seja lá muito importante:

    “A Universidade George Washington é uma instituição privada, financiada essencialmente pelo Congresso americano, fundada em 1821. A escola tem amplas ofertas de pós-graduação, e sua Faculdade de Direito e Escola de Pós – Graduação em Educação e Desenvolvimento Humano são particularmente bem consideradas. Possui um dos 10 melhores cursos de graduação em Negócios Internacionais. Entre seus notáveis está o ex-secretário de Estado dos EUA, Colin Powell.”

    Fonte : https://www.gwu.edu/

    Responder

Maurício Santos

13 de outubro de 2017 às 15h53

Acho que vc está no ambiente errado.Aqui, todos sabemos o tipo de argumento que seu candidato usa para fugir de qualquer debate democrático.Se queres saber da boca dele o real motivo, surpreenda-se, escreva um e-mail pra ele, assim, talvez vc consiga ser enrolado, como é próprios dos Bolsominions.Papinho furado meu!!!!!

Responder

Irion

13 de outubro de 2017 às 12h36

Já viram um ditador “debater” algum assunto?

Responder

wanderley kusma de faria

13 de outubro de 2017 às 10h47

Eu sou OBRIGADO a discordar dos senhores, o grande CAPITÃO BOSTONARO, não é MATÉRIA interessante para PESQUISADORES, mas sim para PSIQUIATRAS, é só MAIS UM DEMENTE a procura de um CÉREBRO.

Responder

João Carlos AGDM

13 de outubro de 2017 às 10h04

Ainda bem que aos poucos ele está saindo do armário. Quero dizer, é cheio de bravatas, inclusive de cunho fascista, mas, um incapaz. E capaz de fazer atitudes absolutamente ridículas, como naquele teatro em São Paulo…

Responder

Josias Guimaraes

13 de outubro de 2017 às 09h30

Tenho interesse em saber da opinião do próprio presidenciável sobre os motivos para o cancelamento da palestra uma vez que para construir um posicionamento sobre algo se faz necessário o contraditório onde são ouvidas as duas partes para então escolher seu ponto de vista.

Debates são importantes pelo mesmo motivo: ouvir as argumentações favoráveis e contrárias, olhar as argumentações com olhar crítico ao observar os pontos fortes e os pontos fortes para evitar que apenas uma orientação seja ouvida e guiar os leitores por caminhos orientados sobre falácias sem permitir a expressão da pessoa em questão.

Os senhores precisam ouvir os motivos do cancelamento, mesmo que a resposta seja: “nada a declarar.”

Sejamos comunicadores, não doutrinadores.

Responder

    Maurício Santos

    13 de outubro de 2017 às 15h52

    Acho que vc está no ambiente errado.Aqui, todos sabemos o tipo de argumento que seu candidato usa para fugir de qualquer debate democrático.Se queres saber da boca dele o real motivo, surpreenda-se, escreva um e-mail pra ele, assim, talvez vc consiga ser enrolado, como é próprios dos Bolsominions.Papinho furado meu!!!!!

    Responder

    Mauricio

    13 de outubro de 2017 às 17h22

    Josias, você sabe ler? Esta escrito no começo do texto: “segundo os organizadores do evento, o próprio Bolsonaro pediu para cancelar sua participação no evento”. As explicaçoes vem a seguir. Ele não tem o que falar, se ele falar piora a situação dele.

    Responder

    Daniel Oliveira

    14 de outubro de 2017 às 08h45

    O de puta do bate continência à bandeira dos EU, foge de dois debates pela porta dos fundos, portanto covarde e sem argumentos(típico dele) e mais, nunca vi mente ditadora entrar em debate diplomático.
    Acorda!

    Responder

Deixe uma resposta