Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

SENADO, PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA E A PRIVATIZAÇÃO DA ELETROBRAS

Por Tiago Bitencourt Vergara

19 de outubro de 2017 : 00h09

A absolvição do senador perdedor nas eleições presidenciais de 2014, em (17/10/2017) no senado, revelou um acordo entre senadores e ao mesmo tempo um recado: estão em guerra contra o povo e estão juntos. Outro acordo também foi firmado, para além do senado, na CCJ que ontem, absolveu pela segunda vez quem ocupa de forma ilegítima a presidência do país. Tudo regado a cargos, emendas parlamentares não investigadas ministério público federal. Vamos agora para o plenário, observar atentamente como vota cada deputado e deputada.

Estamos com um poder executivo desmoralizado, um judiciário desmoralizado, que ora dá sentença em favor de uns, ora em favor de outros – sempre criminalizando a classe trabalhadora – e com um legislativo também desmoralizado ao salvar uns e condenar outros em movimentos sistematicamente seletivos. Fechou o ciclo de desmoralização das instituições do país. Há outro poder desmoralizado, o quarto e imundo, a mídia tradicional, não menos seletiva e tendenciosa.

Após serem salvos, mesmo que com robustas e conhecidas provas, seguimos com o circo de hororres em um país que sangra e clama por socorro.

O ministro de minas e energia, exonerado para cumprimento de tarefas na câmara, poderá depois voltar à função e partir para o desmonte do setor elétrico. É o que nos está reservado no próximo período: resistir à privatização e entrega do setor mais estratégico do país. A privatização da Eletrobras, caso seja realizada, vai significar um dos piores retrocessos para nosso povo, juntamente com a entrega do pré-sal, da Petrobras e demais empresas estatais.

A privatização da Eletrobras, reaparece na mídia com a declaração do presidente da holding, dizendo que a energia não vai subir, que a longo prazo vai inclusive baixar. Tudo isso regado a bastante corrupção, compra de votos e falta de legitimidade. O projeto vencedor nas eleições presidenciais de 2014 era contrário a entrega da soberania nacional. Só estão tentando entregar nossas empresas, por que deram um golpe de estado com característica de traição, contra uma presidenta eleita, contra um projeto e contra 54 milhões de eleitores e eleitoras.

Junto com os eletricitários, no mesmo lado do balcão, cresce a indignação de milhões de trabalhadores e trabalhadoras que enxergam dia após dia, seus direitos conquistados ao longo de mais de cem anos de luta, indo para o ralo. A falta de perspectiva de empregos no mercado privado também assusta, ainda mais quando o ilegítimo governo ataca de forma covarde os postos de trabalho internos. Faz isso incentivando e tirando as garantias de proteção à força de trabalho brasileira e relaxando com as políticas de combate ao trabalho escravo. Movimentos até pouco tempo inconcebíveis. É inacreditável parecendo um pesadelo.

Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come. Nunca este ditado popular se encaixou tanto para milhões de profissionais que lutaram para conquistar uma profissão e agora enxergam somente desesperança. Com o desmonte das empresas de engenharia no país, não há para onde correr. Junto com trabalhadores e trabalhadoras, há milhares de jovens, recém formados, que perdem a esperança de obter empregos no mercado de trabalho cada vez mais competitivo.

Temos hoje um estado que está equipado com uma polícia bem treinada, que descarrega sua ira contra uma população desprotegida e despreparada para a repressão. Covardemente são treinados para atacar o povo, iniciando pelos professores e se estendendo a todos e todas que lutam por condições melhores para si e seus semelhantes. O estado policialesco é covarde e exerce uma força desproporcional devendo diariamente ser denunciado e nunca naturalizado.

Cada vez mais percebemos a importância de um estado forte e protetor do povo. Cada vez mais percebemos que somos povo e sentimos saudade de sermos tratadas com um mínimo de humanidade. Cada vez mais sentimos saudade de ser governados por gente que entende o que a população sente, o que necessita e o que deseja.

Por fim, após estas ideias soltas e aparentemente desconectadas, vamos cantarolando com Chico esta canção tão atual como nos anos de chumbo, em uma resistência histórica contra este golpe de estado tão indesejado ocorrido em 2016.

Vamos também cultivando um sentimento de esperança, que a cada dia que passa cresce mais com a possibilidade de termos novamente um representante do povo à frente do nosso querido Brasil.

Apesar de Você
Chico Buarque

Hoje você é quem manda
Falou, tá falado
Não tem discussão
A minha gente hoje anda
Falando de lado
E olhando pro chão, viu

Você que inventou esse estado
E inventou de inventar
Toda a escuridão
Você que inventou o pecado
Esqueceu-se de inventar
O perdão

Apesar de você
Amanhã há de ser
Outro dia
Eu pergunto a você
Onde vai se esconder
Da enorme euforia
Como vai proibir
Quando o galo insistir
Em cantar
Água nova brotando
E a gente se amando
Sem parar

Quando chegar o momento
Esse meu sofrimento
Vou cobrar com juros, juro
Todo esse amor reprimido
Esse grito contido
Este samba no escuro

Você que inventou a tristeza
Ora, tenha a fineza
De desinventar
Você vai pagar e é dobrado
Cada lágrima rolada
Nesse meu penar

Apesar de você
Amanhã há de ser
Outro dia
Inda pago pra ver
O jardim florescer
Qual você não queria
Você vai se amargar
Vendo o dia raiar
Sem lhe pedir licença
E eu vou morrer de rir
Que esse dia há de vir
Antes do que você pensa

Apesar de você
Amanhã há de ser
Outro dia
Você vai ter que ver
A manhã renascer
E esbanjar poesia
Como vai se explicar
Vendo o céu clarear
De repente, impunemente
Como vai abafar
Nosso coro a cantar
Na sua frente

Apesar de você
Amanhã há de ser
Outro dia
Você vai se dar mal
Etc. e tal
Lá lá lá lá lai

 

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

8 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

JOÃO CARLOS AGDM

20 de outubro de 2017 às 13h22

Calma pessoal
O “Alexandre”, com esta pérola de comentário fica óbvio que ele é pago em dólares.
Ele trabalha para o Instituto Millenium/Globandida, Jornalistas, Cartunistas, Humoristas & CIA Ih Lida.

Responder

Anne

19 de outubro de 2017 às 18h36

O povo tem que se unir!! A classe trabalhadora tem que lutar!! Vamos à rua!! Vamos usar as redes sociais pra nos unirmos e lutarmos pelo Brasil!! Não dá pra sermos meros expectadores!!

Responder

Rose

19 de outubro de 2017 às 14h14

Se privatizar voltaremos ao tempo das lamparinas, pois ninguém vai aguentar pagar a conta de luz.

A Eletrobras é uma empresa do Governo Federal, ou seja, é sua e do povo brasileiro! Ela é responsável por gerar e levar até sua cidade a energia que você usa para ver TV, tomar banho, ligar a geladeira, iluminar sua casa, usar a internet, etc. Além disso, a energia também é usada em escolas, hospitais, comércio, industria, tratamento de água e esgoto, em quase tudo que você imaginar tem o uso de energia elétrica.

Será que quem comprar a Eletrobrás vai deixar o povo usar a água dos Rios? E em época de seca como vai ser?

E será que vai mandar energia para as comunidades pobres e distantes mesmo tendo prejuízo?

Será que o novo dono da Eletrobrás vai preservar os Rios? Ou irá acontecer desastres feito o de Mariana em Minas Gerais? A barragem estourou matando o rio, pessoas, cidades e nada aconteceu com os culpados até hoje.

Responder

Alexandre

19 de outubro de 2017 às 08h02

Tem que privatizar mesmo. O governo, qualquer que seja, só usa as estatais para favorecer os componentes da sua quadrilha.
As estatais são usadas pelos partidos que estão no poder (PMDB, PT, PSDB…) para roubar dinheiro público: simples assim.
E quem paga por isso é o povo que tem que lidar com serviços de péssima qualidade e caríssimos.
Os benefícios que as estatais podem gerar são vendidos como sendo para o bem da população mas o que é entregue são benefícios para às classes mais favorecidas. Não há uma só história de escândalo envolvendo estatais onde aja esquema que favoreça pessoas necessitadas.
Esse discurso falso de que as estatais são necessárias para o bem da população não cola mais porque todos vêm que não é isso o que ocorre na prática.

Responder

    Miguel do Rosário

    19 de outubro de 2017 às 09h37

    ue porque então no mundo inteiro as estatais controlam a energia elétrica e inclusive quem deverá comprar nossas estatais elétricas são estatais elétricas de outros países?

    Responder

    Rose

    19 de outubro de 2017 às 14h10

    Tem que privatizar para encher as malas do Temer?

    Não entendi a tua lógica.

    Responder

    Marcos Sampaio

    26 de outubro de 2017 às 00h30

    Antes de falar, estude. A Eletrobrás vende energia a R$30/MW, as privadas onde já atuam a mais de R$200/MW. Vou fazer uma pergunta simples: Depois que privatizar, adivinha qual será a tarifa?

    Responder

enganado

19 de outubro de 2017 às 01h09

Tá tudo certo né chefe ___viDDas boas__!!!! O seu apoio foi primordial!!!! Ah sim! não se esqueça de triplicar os seus salários e daqueles , como o chefe ETCHEGOYEN, e ainda o brasileiríssimo chefe Mourão que trabalham nesta ___PONTE PARA O FUTURO___ que satisfaz aos ANGLO_SIONISTAS seus Patrões. Qdo forem embora para MIAMI, favor não se esqueçam de ___APAGAR a LUZ___ , porque o custo da energia elétrica, isto se a mesma ainda existir, custará aos 12P’s = POBRES, PRETOS, PROSTITUTAS, PROFESSORES, PERIFÉRICOS, PETISTAS, PROLETÁRIOS, PATRIOTAS, PERSEGUIDOS, PENSIONISTAS, PRESIDIÁRIOS e o POVÃO quantias que no mínimo não poderemos pagar para as empresas ANGLO_SIONISTAS, donas do __braZiUSA__ , que Vcs nos IMPUSERAM. Peço aos céus que vocês três ainda vão lavar pratos, varrer ruas e dar banhos em defuntos em MIAMI, que DEUS nos ouçam, os 12P´s. Covardes!!!!!

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina