CPI da Fake News, com Joice Hasselmann

Aprovação a Lula bate recorde, segundo pesquisa Ipsos (Bolsonaro e tucanos desabam)

Por Miguel do Rosário

20 de dezembro de 2017 : 09h36

(Foto: RRA. Débora Soares, jornalista capixaba, mostra uma foto sua com Lula na década de 1980)

O Estadão, curiosamente, não acrescentou nenhum infográfico à matéria, além de tê-la ocultado no portal do jornal.

O jornal esconde também o aumento da rejeição a Sergio Moro. Em novembro, a rejeição a Sergio Moro já havia atingido 45%.

O movimento reflete o desprestígio crescente da Lava Jato, além do aumento da percepção, na sociedade, que o impeachment foi um golpe, promovido pelos setores mais egoístas e corruptos da sociedade.

Em outros termos, o contínuo ataque da Lava Jato a Lula (Sergio Moro está repetindo as violações já cometidas no processo anterior) vai produzir mais rejeição ao sistema de justiça, que passa a ser visto, com razão, como uma instituição sem compromisso com a democracia ou mesmo com a lei.

O gráfico do mês passado, novembro, era esse abaixo. Qual é o gráfico de hoje, com as evoluções de cada personalidade política?

***

No Estadão

Aprovação de Lula cresce, mostra Ipsos

Avaliação da imagem do ex-presidente atinge 45%, maior patamar da série histórica do instituto, enquanto outros presidenciáveis registram queda

Por Daniel Bramatti, O Estado de S.Paulo

20 Dezembro 2017 | 05h00

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) atingiu o ápice de aprovação na série histórica das pesquisas Barômetro Político Estadão-Ipsos, enquanto outros possíveis candidatos, como Geraldo Alckmin (PSDB), Marina Silva (Rede) e Jair Bolsonaro (PSC), sofrem desgaste na imagem. Em dezembro, Lula teve seu sexto mês seguido de melhora na avaliação, chegando a 45% de aprovação. A parcela da população que o desaprova, no entanto, ainda é maior: 54%.

O levantamento do Ipsos, porém, não estima as chances eleitorais dos presidenciáveis. A pesquisa mede apenas as taxas de aprovação e desaprovação de uma lista de personalidades, a maioria do mundo político.

Em junho, o ex-presidente era aprovado “um pouco” ou “totalmente” por 28% dos brasileiros, segundo o instituto. Nos meses seguintes, a taxa passou para 29%, 32%, 40%, 41%, 43% e, finalmente, 45%. Já a desaprovação caiu 14 pontos porcentuais desde junho.

Para Danilo Cersosimo, diretor do Ipsos, a mudança de percepção sobre o ex-presidente está vinculada à crise da rede de proteção social no País. “Lula é bastante associado a causas sociais, e essa associação é relevante em um momento de degradação do emprego, da economia e dos programas de assistencialismo e fomento de políticas públicas de combate à desigualdade, que vem aumentando no Brasil.”

No próximo mês, será julgado pelo Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4) um recurso apresentado pelo ex-presidente contra a condenação a 9 anos e 6 meses de prisão, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Lula foi acusado de receber um apartamento no Guarujá como propina da empreiteira OAS. O recurso será analisado no dia 24 de janeiro – se a condenação for confirmada, o petista poderá ficar legalmente impedido de concorrer novamente à Presidência da República.

Quedas. Geraldo Alckmin aparece na pesquisa Ipsos com 19% de aprovação e 72% de desaprovação. No levantamento do mês anterior, as taxas eram, respectivamente, de 24% e 67%. Isso significa que o governador paulista teve uma leve deterioração na imagem no momento em que se preparava para assumir a presidência do PSDB.

Jair Bolsonaro, que tem aparecido em segundo lugar em pesquisas de intenção de voto, atrás de Lula, é aprovado por 21% e reprovado por 62%, segundo o Ipsos. Houve piora de suas taxas em relação aos dois levantamentos anteriores.

A mesma tendência foi observada nos números relativos a Marina Silva, vista favoravelmente por 28% e desaprovada por 62% – desde outubro, a aprovação caiu oito pontos.

No mesmo período, a aprovação a Joaquim Barbosa, ex-presidente do Supremo Tribunal Federal e citado como possível presidenciável pelo PSB, caiu 11 pontos, de 48% para 37%.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

11 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Marcos Manoel

21 de dezembro de 2017 às 21h59

Sites, Blogs e Redes Sociais Altamiro Borges http://altamiroborges.blogspot.com.br/ Blog da Cidadania https://blogdacidadania.com.br/ Blog do Mello http://blogdomello.blogspot.com.br/ Blogueiras Negras http://blogueirasnegras.org/ Brasil 247 https://www.brasil247.com/
Brasil de Fato https://www.brasildefato.com.br/ Caros Amigos https://www.carosamigos.com.br/ Carta Capital https://www.cartacapital.com.br/ Cynara Menezes http://www.socialistamorena.com.br/ Conversa Afiada https://www.conversaafiada.com.br/ DCM http://www.diariodocentrodomundo.com.br/ Eduardo Guimarães Facebook https://www.facebook.com/eduguim Eduardo Guimarães Twitter https://twitter.com/eduguim Empório do Direito http://emporiododireito.com.br/ Esmael de Moraes https://www.esmaelmorais.com.br/ Fundação Perseu Abramo https://fpabramo.org.br/ Intervozes https://www.cartacapital.com.br/blogs/intervozes Jornalista Livres Facebook https://www.facebook.com/jornalistaslivres/ Justificando http://justificando.cartacapital.com.br/ Le Monde Diplomatique http://diplomatique.org.br/ Luis Nassif https://jornalggn.com.br/luisnassif Maria Frô https://www.revistaforum.com.br/mariafro/ Mídia Ninja https://www.facebook.com/MidiaNINJA/ Nocaute http://www.nocaute.blog.br/ Observatório da Imprensa http://observatoriodaimprensa.com.br/ O Cafezinho https://ocafezinho.com/ Professor Hariovaldo http://www.hariovaldo.com.br/site/ Rede Brasil Atual http://www.redebrasilatual.com.br/ Revista Forum https://www.revistaforum.com.br/ Rodrigo Vianna https://www.revistaforum.com.br/rodrigovianna/ Sputnik https://br.sputniknews.com/ Sul 21 https://www.sul21.com.br/
The Intercept https://theintercept.com/brasil/ Tijolaço http://www.tijolaco.com.br/blog/ TVT http://www.tvt.org.br/
Ultrajano http://www.ultrajano.com.br/ Vermelho http://www.vermelho.org.br/ Viomundo http://www.viomundo.com.br/
EUA por trás do Golpe – A Geopolítica Internacional Canal Cibele Laura https://www.youtube.com/channel/UCWOr0xH1mSkaZ16yK6f69tQEUA

Responder

Pablo

21 de dezembro de 2017 às 19h19

Si…nossotros tenemos que manter el partidon…viva cuba..mirem com la economia esta buena…no ecistiu mensalon..lula no sabia de nada.

Responder

Luiz Carlos

20 de dezembro de 2017 às 18h52

É LULA 2018 COM A FORÇA DO POVO, ABAIXO SERGIO MORO, VIVA LULA 2018

Responder

André Couto

20 de dezembro de 2017 às 11h43

O Brasil 247 diz que a desaprovação a Moro chegou a 53% o Ipsos. Se essa informação se confirmar será uma bomba maior do que qualquer outra até agora.

Responder

Mar

20 de dezembro de 2017 às 11h15

Finalmente a ficha do povo está caindo!

Responder

wanderley kusma de faria

20 de dezembro de 2017 às 10h56

O Lula não é UM, o Lula são 1/3 dos eleitores do Brasil, para desespero dos GOLPISTAS.

Responder

Maria Aparecida Dutra de Oliveira

20 de dezembro de 2017 às 12h05

Lula presidente 2018!

Responder

George Cardoso

20 de dezembro de 2017 às 12h03

Leonardo De Carvalho Fontoura

Responder

Valdeci Souza

20 de dezembro de 2017 às 09h57

Os maiores candidatos, a Primeiro Ministro, no novo Parlamentarismo, estão no lado direito do gráfico, de baixo pra cima. Ou seja, são quem tem mais rejeição popular, e não teriam chance em uma eleição presidencial.

Responder

Ezequias Paz de Almeida

20 de dezembro de 2017 às 11h40

Fake news!

Responder

    Ivana de ulhoa Cintra lopes

    20 de dezembro de 2017 às 13h15

    Não desistam nunca.Sou professora,formada em letras e muito bem informada.
    Conheci vocês por acaso na segunda-feira.
    Agora sei que o Brasil vai ter jeito.
    Confio em vocês. Abs

    Responder

Deixe uma resposta