Hangout com Miguel do Rosário 17 de abril de 2019

Juíza esposa de Marcelo Bretas é do Revoltados Online

Por Miguel do Rosário

31 de janeiro de 2018 : 13h53

Não é piada.

O casal Bretas, ambos juízes, que entrou na justiça para receber auxílio-moradia em dose dupla, fica cada vez mais interessante.

Tem que clicar nesse link para ver os prints da senhora revoltada online.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

68 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

André Crasoves

02 de fevereiro de 2018 às 13h33

A hipocrisia de madame é inacreditável. Casada com aquela… com aquela… com aquela pessoa, igualmente moralista e hipócrita, autointitulados cristãos, arrota uma retidão de fachada. Dá-se o luxo de comentar “as trágicas consequências do casamento gay no Canadá”. Acaso, algum dia, madame se ocupou de pensar na merda que espalham por este belo país? Acaso pensou que estão transformando uma nação alegre, colorida, cheia de luz, com falhas, evidente, mas, maravilhosa, em algo asqueroso, para ser habitada e vampirizada por gente podre, lamentável, fanática, como ela e a pessoa com quem divide o auxílio-moradia duplamente qualificado? Madame, tão ávida em comentar sobre Cuba, imigrantes e casamentos que não lhe dizem respeito acaso já pensou acerca de coisas de fachada, como, por exemplo, moralismo evangélico, fundamentalismo, portas de armário e casamentos de fachada? A burrice e o medo não deixam, não é madame? Aproveita o tempo livre que tens, e parece ser muito, considerando o muito que madame e a pessoa se dedicam à rede social, e trata de ler um bom livro, ou melhor, muitos bons livros. Dizem que ajuda um pouco com a inteligência, embora gente desse meio não careça muito de exercitar essa quase extravagância.

Responder

evaldo cunha Ciríaco

02 de fevereiro de 2018 às 10h12

segundo Norberto Bobbio;
o fascista insulta e agride como se fosse honesto, mas o fascista é apenas um criminoso comum, um sociopata que faz carreira na política. Acrescentaria na função pública.

Responder

carlos

01 de fevereiro de 2018 às 20h25

Eu que sempre defendi aqui o comportamento do juiz Marcelo Bretas, justamente por ser diferente, do Moro por falar apenas nos autos do processo esqueci de me informar sobre a esperteza dele com a esposa para agariarem dinheiro, de auxílio moradia, se serviram de uma liminar, que é apenas uma garantia provisória de direitos, até ser julgado o mérito ou ser cassado, pelos órgãos de correição.

Responder

Denise

01 de fevereiro de 2018 às 15h16

É estarrecedor o nível cultural desses profissionais. Concurseiros nada mais que isto. Pobre de nós brasileiros. Esta pobreza intelectual e ética da classe dominante é a pior das pobrezas a que estamos submetidos.

Responder

ari

01 de fevereiro de 2018 às 13h32

E aí a vice do stf (o titular deve ser o Moro) diz ser inaceitável ataques ao judiciário.

Responder

EDNALDO S.ARAUJO

01 de fevereiro de 2018 às 12h53

NÓS TEMOS HOJE EM NOSSO PAÍS EM PLENO ANDAMENTO UMA DITADURA DE TOGAS ,COM UM STF DE RABO PRESO!!!

Responder

Mauricio

01 de fevereiro de 2018 às 09h51

Eita diabo!!!! Isso que da ler partes de um único livro (bíblia) durante toda a vida.

Responder

Régis

01 de fevereiro de 2018 às 01h57

se os EUA é tão bom, por que é que eles escolhem o Brasil? ah, o patinho Donald é tão bonzinho…

Responder

Jochann Daniel

31 de janeiro de 2018 às 23h13

Mama mia
Se esta
é a face
do Brasil
e dos brasileiros
(insisto em não cair nesta real)
deixa eu ir embora,
qui horror!!!!!
Pior
qui eu não tenho
prá onde ir.
Prefiro
ficar aqui e lutar
por um Brasil melhor…..
E evitar
o caos social
que pessoas como eles
estão colaborando
para nos encaminhar
até lá…

Responder

Luis CPPrudente

31 de janeiro de 2018 às 22h05

Talvez tenha que ser mudado o acesso para ser juiz estadual ou federal. Do jeito que está somente pilantras, fascistas, reacionários, corruptos e antinacionais assumem o cargo de juiz no Brasil. Esse Poder Judiciário está muito podre e se arvora de ser também o Poder Moderador.

Responder

robertoAP

31 de janeiro de 2018 às 18h13

Mais uma panaca com capa preta de juiz. Vamos comprar para ela um moleton com capuz para usar no tribunal, fica mais de acordo com seu Q.I. de 51 pontos.

Responder

Arlete Nieviadomski

31 de janeiro de 2018 às 17h56

Devagarinho, devagarinho, a gente descobre as coisas……debaixo dos tapetes.

Responder

Josi Negreiros

31 de janeiro de 2018 às 17h48

Putz e mais isso. Cheia de imoralidade!

Responder

Thatiana

31 de janeiro de 2018 às 17h28

É ridículo demais KKKKKKK

Responder

Yeda Neves Moreira

31 de janeiro de 2018 às 17h18

É preciso rever esses concursos, urgente!! Olha o nível de pensamento ?!
Oremos!!

Responder

    Luis CPPrudente

    31 de janeiro de 2018 às 22h10

    Realmente é necessário rever a forma de acesso à carreira de juiz, talvez tenha que ser acrescentado um período comprobatório de uns cinco anos. A população deveria ter o direito de indicar alguns integrantes do Conselho Nacional de Justiça (pois somente esses juízes bandidos, pilantras, corruptos e reacionários tem acesso ao comando desse conselho).

    Responder

      João Paulo Ferreira de Assis

      01 de fevereiro de 2018 às 11h33

      Concordo com você. Tem que se rever inclusive o mecanismo da prova oral para juízes. Quando cursei Direito na UNIPAC, universidade privada pertencente ao Bonifácio Andrada, salvador do Temer, um professor me relatou como é esses concursos de juiz. O candidato preparou-se para responder às perguntas e fazer sustentação oral. Acontece que o juiz que o arguiu era de outra corrente do Direito. Enquanto o rapaz discorria, o juiz ficava olhando o movimento da rua, pela janela. Não preciso dizer que o rapaz foi reprovado.

      Responder

        André Crasoves

        02 de fevereiro de 2018 às 15h59

        Na prova oral é que eles, via de regra, selecionam “os nossos”. Nesse momento também, não raro, eliminam-se alguns dos mais promissores, quando não o melhor de todos. Não causa estranheza o lamentável nível ético, moral e intelectual desses nababos. Não é à toa que uma vocifera sandices nas redes sociais, repetindo os absurdos rasteiros que recolhe no lixo da internet, enquanto o outro sentencia transcrevendo passagens bíblicas, em franco e inaceitável desrespeito ao estado laico, e dedica-se a justificar-se e a pregar asneiras no twiter.

        Responder

Paula Rocha

31 de janeiro de 2018 às 17h15

É uma sequência de merda, parece até filme de terror!!

Responder

Mirian Clemen

31 de janeiro de 2018 às 17h10

Sem mais…

Responder

Helio Pinheiro

31 de janeiro de 2018 às 17h08

NÃO SEI POR QUE…MAS NADA DISSO PARECE SER “COINCIDÊNCIA”!!! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Responder

Mazinho Moraes

31 de janeiro de 2018 às 17h05

a horda elitizada é a mais perniciosa da república….

Responder

William Mailliw Pierre

31 de janeiro de 2018 às 17h05

Entendi…

Responder

Vitor

31 de janeiro de 2018 às 15h01

Ela É ou PARECE ser do “Revoltados Online”.
Ficou estranho pra burro isso aí…

Responder

Marcio

31 de janeiro de 2018 às 15h00

Eu esperava uma reportagem, algo minimamente desenvolvido. Assim fica difícil.

Responder

Glauria Dantas

31 de janeiro de 2018 às 16h56

Morre de medo d perder os privilégios arrancados com o empobrecimento do povo. Cretina!

Responder

Graça Lago

31 de janeiro de 2018 às 14h56

Veja isso da madame. Compartilha o candidato de extrema direita em ataque ao PT https://www.facebook.com/simone.d.bretas/posts/1008611039159919

Responder

Paulo Ricardo Cozzatti-Kako

31 de janeiro de 2018 às 16h50

Responder

Su Suzana

31 de janeiro de 2018 às 16h45

O povo teria q invadir o Judiciário e acabar com essa vergonha. E depois se diziam contra o bolsa família. Famintos pelo poder e dinheiro.

Responder

Ana Esmeralda Fonseca Costa

31 de janeiro de 2018 às 16h44

Responder

Rosane Barnard Ferreira

31 de janeiro de 2018 às 16h41

A juiza Frana Elizabeth Mendes que concedeu o auxilio moradia para o casal Bretas, liderou com a juiza Simone Bretas uma greve branca em 2014 para pressionar o executivo, depois que a entao presidente Dilma vetou a gratificação por acumulo de função. No Conjur de 10/10/2014.

Responder

Su Suzana

31 de janeiro de 2018 às 16h40

Tadinha e revoltadinha , tem q receber auxílio p ter onde morar. Tenho peninha deles, são os coxinhas coitadinhos.

Responder

Dieudonné Chapeaux

31 de janeiro de 2018 às 16h36

É crente

Responder

Fábio Caldas Pacheco

31 de janeiro de 2018 às 16h31

Hipócrita

Responder

Flavio Klaus Nogueira Campos

31 de janeiro de 2018 às 16h26

Piada , só uma revolução tem q partir pra cima dos togados imorais

Responder

Beto Castilho

31 de janeiro de 2018 às 16h24

Hipocrisia!

Responder

Antonio Jose Oliveira

31 de janeiro de 2018 às 16h24

Por isso é que falo este povo brasileiro é hipócrita mesmo

Responder

João Ferreira Bastos

31 de janeiro de 2018 às 14h23

No Brasil, todos os juizes, são como papel higienico usado

Responder

Maria Anatólia Chaves Reis

31 de janeiro de 2018 às 16h23

Revoltada com o bolsa família

Responder

Adriano Rocha

31 de janeiro de 2018 às 16h22

A onda CÂNCERVADORA

Responder

Graciela Pozzo

31 de janeiro de 2018 às 16h19

Responder

Graciela Pozzo

31 de janeiro de 2018 às 16h18

Responder

Dom Gentil Brito

31 de janeiro de 2018 às 16h17

Bredas aluga imovel pro Bradesco . Valor do aluguel 10 mil. Por isso que o consumidor quando recorre contra bancos sempre perdem. E jogo de cumpadres !!

Responder

Graciela Pozzo

31 de janeiro de 2018 às 16h17

Responder

Veronica Dan

31 de janeiro de 2018 às 16h16

Senhor! Nos salve da burrice!

Responder

Rejane Silva

31 de janeiro de 2018 às 16h14

Responder

Izabel Cristina Joia

31 de janeiro de 2018 às 16h07

Enquanto isso a Nestlé negocia o compra do Aquífero Guarani. O Brasil não é para o povo brasileiro. O Brasil sempre foi Colonia. Só precisa ficar mais claro quem representa o Império hoje.

Responder

Catarina Aversa

31 de janeiro de 2018 às 16h07

será que ela segue ou é seguida pela empresária Paula Lavigne empresária e ex-mulher de Caetano Veloso?

Responder

Elisangela Barbosa

31 de janeiro de 2018 às 16h07

Assustador

Responder

evaldo cunha Ciríaco

31 de janeiro de 2018 às 14h06

só falta cair as togas, pois a vergonha e outros atributos se foram há muito.

Responder

Sandra Hortencio Dos Santos

31 de janeiro de 2018 às 16h05

Mas qual o espanto nisso? Não seria diferente essa gente usa de todo o poder para manter o status quo.

Responder

Jonas Ferreiro

31 de janeiro de 2018 às 16h04

Responder

    carlos

    01 de fevereiro de 2018 às 20h51

    No mínimo, seria cancelado o benefício de um deles é responderia, um processo, pois hoje estão condenando, a até a nossa intuição, exemplo, se eu intuir que alguém roubou é condenado.

    Responder

Mario Neto

31 de janeiro de 2018 às 16h04

Esses são sempre os piores, incrível.

Responder

Élton Camper

31 de janeiro de 2018 às 16h03

Explica direito, um fala que é o outro que parece. Por favor né

Responder

Sonia Perozo

31 de janeiro de 2018 às 16h02

Agora está explicado shuashua

Responder

Roger Araujo

31 de janeiro de 2018 às 16h02

o auxilio é para um casal que mora na mesma casa. kkkkkkkk

Responder

Pombinha Perreira

31 de janeiro de 2018 às 16h01

A MAIOR CORUPICAO ESTAR NO JUDICIARIO

Responder

José Henrique Da Silva

31 de janeiro de 2018 às 16h01

O que esperar de juízes corruptos?

Responder

José Mauro Silva

31 de janeiro de 2018 às 16h01

Lamentável.

Responder

Francisco Santos

31 de janeiro de 2018 às 16h00

Moralismo explícito.

Responder

Darly Chaves Brandão

31 de janeiro de 2018 às 15h58

Revoltada por que??? Kkkkk deve ser porque ganha pouco ….kkkkkkkk que mais penduricalhos! !!kkkkkkkk

Responder

Wagner Homem

31 de janeiro de 2018 às 15h56

Revoltada com a boa vida que ela deve levar

Responder

Ivan Marcelo Neves

31 de janeiro de 2018 às 15h56

A máfia dos togados do corrupto poder judiciário.

Responder

Fernando Joly Campos

31 de janeiro de 2018 às 15h54

Corja reaca travestida de justiceiros

Responder

Deixe uma resposta

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com