Hangout com Miguel do Rosário: Bolsonaro nos EUA

STF liberta Dirceu abrindo caminho para Lula ser solto e concorrer à presidência

Por Bajonas Teixeira

26 de junho de 2018 : 15h55

Por Bajonas Teixeira,

A decisão de hoje da segunda turma do STF de libertar José Dirceu encurrala o grupo de Carmen Lúcia e Fachin, e deve levar à soltura de Lula. Ao reconhecer que a prisão preventiva não pode perdurar em definitivo, e que deve prevalecer o princípio de que ninguém é culpado até que esgotados todos os recursos, duas consequências emergem da decisão da segunda turma: 1. Lula, cuja situação é semelhante a de Dirceu, deverá ser posto em liberdade o mais depressa possível e 2. Não sendo considerado culpado, poderá concorrer à presidência sem nenhum constrangimento legal.

As deploráveis e sórdidas manobras de Edson Fachin e de Cármen Lúcia, o desrespeito pela constituição e o uso de brechas em regimentos para seus objetivos políticos, como não é de hoje vêm sendo praticados pela duplinha, não poderão ser perpetuados.

Cármen Lúcia e Fachin trabalham para transformar a constituição num porrete sórdido que à imagem e semelhança da justiça medieval que trazem na cabeça,  sirva como instrumento político de tortura e degradação. Não é outro o objetivo de manter Lula preso, senão produzir sua desqualificação moral e afastá-lo da vida pública do país.

É essa justiça vingativa e perversa que mantém encarcerados, em condições abjetas, mais de 700 mil pessoas no país, 40% em regime provisório. É sobretudo a maldade de classe que comanda a justiça no Brasil. E Lula, nas garras dessa justiça, está condenado sem remissão, porque ela age suprimindo os diretos e garantias individuais. Na verdade, esse tem sido o traço dominante da justiça brasileira: suprimir direitos e valer-se da força bruta policial como instrumento preferencial de justiça.

Ocorre que, por uma conjunção de interesses que não parecem exclusivamente jurídicos, formou-se a facção da segunda turma e, com ela, uma ameaça de desestabilização da vertente abertamente inconstitucional de Cármen Lúcia e Fachin.

Quando Fachin deu o seu ninja arquivando o pedido de liberdade para Lula,  minutos após TRF4 decidir sobre os recursos relativos a ele, e assim retirou o julgamento da segunda turma, ele deixou muito explícita uma acusação: a de que a segunda turma, inclinada a seguir com um pouquinho mais de atenção a constituição, colocaria em risco a aventura de justiçamento que atende pela alcunha de Lava Jato.

Fachin provocou a segunda turma de forma ainda mais direta, ao remeter, após insistência da defesa de Lula, o pedido de liberdade para o julgamento ao plenário do STF, ou seja, para Cármen Lúcia decidir ao seu bel prazer dia e hora para o julgamento. Ou seja, deixar para as calendas gregas. Nem Fachin se envergonha de ter levado minutos para arquivar o pedido de Lula, nem Carmen Lúcia se vexa de sentar por séculos sobre o questionamento da prisão em segunda instância.

A reação da segunda turma veio de imediato com a decisão da libertar José Dirceu e, também hoje, com a anulação das supostas provas resultantes de busca e apreensão em apartamento funcional de Gleisi. Não poderia haver situação mais conflagrada dentro do STF. Ao que parece, Cármen Lúcia e Edson Fachin não poderão escapar do xeque-mate da segunda turma.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

35 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

elaine mara da silva

28 de junho de 2018 às 00h33

Penso que o caso não é ser PT. E se o Lula tivesse um enfarto fulminante hj ,estando preso ou não? Perderia a Graca “alcancada”? O caso é de violação de direitos constitucionais e que podem afetar a todos nós do lado de cá que nao sao amigos do Rei. Creio que mta água vai rolar ainda debaixo dessa ponte dos privilégios e poucos se salvarão do até então “não vem ao caso”. O ex-presidente Lula está nos ensinando algumas coisas importantes diante de um desmanche de grandes estruturas e conquistas sociais.Ou seja ..acreditar e lutar sempre para o melhor. O BRASIL merece o BRASIL.

Responder

Ferreti

27 de junho de 2018 às 14h42

A trinca do mal da segunda turma ferrou com Lula. Ao soltarem Dirceu trouxeram todo o ódio da sociedade para eles. Agora Lula vai ficar guardadinho na cadeia.

Duvido que algum desses canalhas tenham coragem de dar um H.C. de ofício para Lula.

Responder

João Ostral

27 de junho de 2018 às 13h32

Não tenham dúvidas, se libertarem Lula, a vampira brasileira pauta imediatamente a exclusão de condenados em segunda instância a concorrerem as eleições. Bem facinho, não? Golpe é golpe, lei é lei e está ai para ser moldada pela ocasião.

Responder

Benoit

27 de junho de 2018 às 10h26

Não acho impossível que o Lula seja solto e até mesmo que ele venha a concorrer às eleições (estava para dizer isso há muito tempo). Como disse outras vezes, acho que o golpe foi improvisado. É verdade que uma das condições para o golpe foi uma campanha com a duração de pelo menos 10 ou 15 anos para desacreditar o Lula. Havia um núcleo ideológico duro representado por gente na justiça e nas mídias, e gente de extrema direita para quem o golpe era a melhor maneira de mudar a orientação do país. Havia também os que deram direção ao golpe dos bastidores com a intenção de pilharem o país . Essas pessoas estavam e estão dispostas a tudo, inclusive arruinar o Brasil. Mas a maior parte dos participantes do golpe foram oportunistas, foram políticos dos partidos conservadores tentando fugir da justiça, conservadores moderados querendo dar uns chutes no Lula e pessoas iludidas. O golpe só foi possível numa fase econômica mais desfavorável quando todo mundo foi numa mesma direção.

Para a linha ideológica dura as consequências que vão além dos ganhos deles não importam. No entanto para o resto das pessoas ficou claro que o golpe fracassou economicamente, socialmente e politicamente. Muitas das pessoas mais sensatas sabem que o Bolsonaro não leva a nada. Uma parte dos juízes sabe que os salários e os privilégios que eles têm depende de uma sociedade que funcione mais ou menos. Por isso os ânimos contra o Lula amainaram, sobretudo porque essas pessoas sabem que o país estava bem durante o governo dele. É claro que ainda existem preconceitos fortes contra o Lula e que muitas pessoas preferem não votar no PT e no Lula mesmo que estivessem dispostos a votar num outro candidato mais à esquerda.

Não se sabe agora o que vai acontecer, se o Lula vai poder se candidatar ou não. É possível que muitos acabem achando melhor passar o abacaxi para o Lula sabendo que o Lula governaria de qualquer modo sob vigilância constante e sem muito poder e que se as coisas não corressem bem poderiam sempre voltar a um governo seguinte mais conservador.

Responder

    Quero-quero

    27 de junho de 2018 às 17h57

    Lula presidente! Lula livre! Lula inocente!
    O golpe só foi possível graças a conjunção de múltiplas determinações.
    Mas a principal delas foi o Aécio e seus facínoras não admitirem o resultado das eleições.
    Não só isso. Além disso partiram para a orquestração de todo o ódio nacional.
    Já há muito tempo no Brasil existia a anonimia, isso mesmo, anonimia! Além da anomia, talvez.
    Para exemplificar usemos o caso do incêndio da boate . Na hora de apurar as responsabilidades em Santa Maria ninguém era ninguém. Foi tu, foi ele, coisa e tal. Não se tem nem o bispo a quem recorrer.
    A responsabilidade é anônima, bem ao gosto das S/A do mercado de ações. Isso se impregnou na cultura, em tuno, no cotidiano. Então foi feito tudo debaixo dos panos até que as pautas bombas do Cunha… e a admissão do impedimento… O que fez o STF ? Empurrou com a barriga… ninguém é ninguém…todos esperaram por todos e ninguém fez nada para realmente impedir o golpe de prosperar. Não houve manifestações significativas. Como agora. Isso não vai dar certo. O povo agora tem que ir para a rua pedir o país de volta. Vai ser difícil porque o fascismo cresceu, engordou e se criou. Está aí o monstro! Já não é mais só a questão de defender a liberdade do Lula mas a da soberania do país. Tem fascista de monte no judiciário, maçons.
    O Temer agiu como traidor da Dilma, da Pátria, do Povo. Já está metendo a mão nas reservas! Vai mandar um orçamento com 250 bilhões de pedaladas! Ninguém é mais ninguém… a única que manda neste país, e mesmo assim numa pauta, numa agenda, é a grotesca vampira das trevas! Dizer que estamos phodidos seria o maior estado de bem estar social!!!
    Executivo todo ladrão.
    Legislativo todo rabo preso e omisso.
    Judiciário grande demais, complexo demais, não entrega justiça, caga na constituição.
    País ditatorial que é ( des) governado não pela constituição mas por medidas provisórias!
    As PECs desfiguraram tudo.
    Isto aqui é o inferno!!!
    O povo se diz apolítico. Não protesta porque não tem a quem reclamar ( anonimia )
    Os bandidos já começaram sua revolução ao seu modo.
    Nosso exército é chamado a matar crianças de uniforme escolar… O pior dos infernos!
    ( sugiro algum acadêmico estudar esse fenômeno da anonimia, dá uma boa tese )

    Responder

vitor

27 de junho de 2018 às 09h34

Petista é engraçado demais… Sempre confiando na justiça. Mesmo que essa mesma justiça já tenha dito com todas as letras que Lula não poderá concorrer. Na verdade os próprios caras que irão impugnar a candidatura já disseram sem rodeios: Lula não será candidato. Aí vem o cara e fala isso. É muita injustiça com a massa de incautos que acredita em qualquer coisa que lê…

Responder

Marcelo Abb

27 de junho de 2018 às 08h25

Miguel,

Estou muito preocupado com uma possível soltura do lula.

Você acha que esta pode ser também uma manobra golpista? Te explico o motivo.

Se o Lula for candidato, fatalmente chegará ao segundo turno e talvez ganhe as eleições.

Se impugnarem a sua candidatura depois do resultado das eleições, os seus votos serão considerados nulos e o segundo colocado assume, correto?

Seria um golpe dentro do golpe.

Será que é possível?

Abraços.

Responder

    Menestrel

    27 de junho de 2018 às 10h03

    Sim, sim. O melhor cenário é deixar Lula preso, para esquerda seria ótimo também prender Boulos, Manuela, Gleisi, Haddad. Ai o Ciro ganha fácil e seremos todos felizes, como no paraíso.Não é?
    É fantástico!!Plim!!

    Responder

    manoel

    27 de junho de 2018 às 10h25

    Raciocínio sensacional. Como não pensamos nisto antes. Na verdade a prisão do Lula serviu pra aumentar a popularidade dele. Daí soltam ele no ultimo instante e ele ganha a eleição. Ufa, assim não corremos o risco de ver o ciro lá.
    Cara, que sensacional…
    Miguel, seus seguidores são gente de outro planeta. Que formação politica!!!

    Responder

    Benoit

    27 de junho de 2018 às 10h29

    Acho que isso não é possível porque seria muito complicado e envolveria muitos riscos. Depois do impeachment da Dilma Rouseff uma manobra dessas seria muito difícil e arriscada.

    Responder

    Cezar R M

    27 de junho de 2018 às 10h33

    Depende… se ele conseguir ser candidato por liminar, há esse risco, se for uma decisão de mérito do TSE, não há.

    Responder

Álvaro

27 de junho de 2018 às 05h35

Com Lula solto, a esquerda passa a ter palanque. Basta reiniciar as caravanas com Boulos, Manuela e Ciro. Tem que haver união em torno de um nome de consenso. Aí, é barbada

Responder

Ajsbuarque@ig.com

26 de junho de 2018 às 23h39

Independentemente de Lula conseguir sua candidatura temos que lutar por seu Direito de ser candidato!

Não há saída que não seja por mais e mais Democracia! Pode parecer um absurdo…ingenuidade… mas a luta de classes tem essa característica interminável!

Lula LIVRE e apto para disputar as próximas eleições presidenciais!

Amanhã contra o Brasil irreal irei torcer pela Sérvia!

Como uma estratégia para que o Brasil real venha despertar para aos seus reais interesses nacionais e geopolíticos!

Chega de Neymar e companhia! Lamentavelmente!

Responder

Brasileiro da Silva

26 de junho de 2018 às 23h18

Parece que o blogueiro não leu a sentença. H.C. liminar… Não se anime.

Responder

fernqando

26 de junho de 2018 às 21h59

então vão fraudar as urnas como ultimo recurso!!!

Responder

Luiz Claudio

26 de junho de 2018 às 21h07

Não força a barra não, seu Bajonas!

Responder

Régis

26 de junho de 2018 às 20h56

Que interesses Fachin serve? A interesses inconfessáveis. Ele é o Judas que entrega Jesus. Ele é o Joaquim Silvério dos Reis que entrega Tiradentes à Coroa Portuguesa. Ele é o embuste colocado na relatoria da Farsa Jato no STF para abrir caminho a todas as arbitrariedades nazistas desta República de Curitiba. Ele é o rei posto no lugar do rei morto (Teori Zacwasky) pela CIA.

Responder

    Gustavo

    27 de junho de 2018 às 09h26

    Só lembrando que o embuste colocado e o rei posto foi indicação da Dilma

    Responder

      Quero-quero

      27 de junho de 2018 às 09h57

      Lula livre. Lula inocente! Lula presidente!
      ( Só lembrar, querido, que ninguém pode ser responsabilizado pela fraqueza de caráter, pela mudança de temperamento ou de comportamento de outro indivíduo. Muito menos por alguma estripulia comprometedora da comédia da vida privada que se sente ameaçada de publicidade… transformando-se irresponsavelmente em tragédia publica. Os deuses gregos eram todos sexuados. Só o cristianismo prega a monogamia casta.

      Responder

Curió

26 de junho de 2018 às 19h56

Muita calma nessa hora… todo o cuidado é pouco com estes fascistas… podem estar dando uma aliviada porque o clima está tenso demais… para não explodir… Quero ver é a terceira denúncia do vampirão! A segunda turma pode liberar Lula mas não para concorrer… A cobra vai fumar!!! Tem que queimar essa vampirada toda e cravar estacas nos peitos! credo em crucis, esconjuro satanás e sua legião!
Lula Inocente. Lula livre! Lula presidente! Ninguém está segurando a barra mais não nem os milicos…
Estamos na iminência do estouro da boiada.

Responder

Régis

26 de junho de 2018 às 19h37

A justiça de Curitiba e de Carmem Lúcia, Barroso, Fachin e Fux foi modelada para agradar o sistema financeiro internacional dos grandes banqueiros privados. É o mesmo modelo de justiça que foi modelada e financiada pelo Banco de Londres para permitir que o nazismo prosperasse na República de Weimar.

Responder

Aliança Nacional Libertadora

26 de junho de 2018 às 19h06

Que desafio essa coluna reproduzida no cafezinho do Ciro….

Responder

Reginaldo Gomes

26 de junho de 2018 às 18h39

O vice dos ee.uu se antecipou e veio conversar com o PRESIDENTE LULA e com o ministro da casa civil JOSÉ DIRCEU.

Responder

Ferreti

26 de junho de 2018 às 18h03

Vamos ao fato.
1 – Dirceu não foi considerado inocente. Continua condenado em segunda instância e o que ganhou foi o direito de aguardar seu recurso à instâncias superiores em liberdade.
2 – A manobra da trinca do diabo foi essa: ao libertar Dirceu, abriram brecha para a defesa pedir o mesmo tratamento.
3 – Lula já tem o seu pedido feito ao STF, que Fachin aceitou e mandou o MP se manifestar
4 – Mesmo que consiga a liberdade, a sentença não é anulada e Lula continua ficha suja.
5 – Portanto, como diria Lula, menas, menas.

6 – Será que vão publicar o meu comentário?

Responder

    Dio

    26 de junho de 2018 às 20h10

    Uai, todo mundo sabe que o golpe não vai ser derrotado de maineira tão fácil. E #lulalivre não é menas.
    Até parece que tá torcendo contra..
    Eu hein…

    Responder

    Marcelo Abb

    27 de junho de 2018 às 08h17

    Isso é óbvio. Será que a militância não enxerga isso?

    Lula será solto, no entanto, não poderá ser candidato.

    O golpe foi exatamente este. Condená-lo em segunda instância, para depois soltá-lo, através de um habeas corpus, porém retirá-lo do pleito eleitoral, por conta da condenação.

    Gosto do Lula, torço e vibro por ele, chorei muito no dia da sua prisão, mas já não sei se ele ser solto será o melhor para o país. O Lula hoje desperta ódios, paixões e causa cegueira ideológica nos dois lados.

    A ala dura da esquerda, acha que só o Lula salva o país. Estas pessoas têm CERTEZA que ele se elegerá e, ainda por cima, GOVERNARÁ, mesmo diante deste cenário deplorável de país dividido, condenações, lava jato, linchamento midiático, conservadorismo e fascismo crescentes, etc.

    A ala alienada/golpista, acha que o Lula é a personificação de todos os problemas do brasil, quiçá do mundo. Estas pessoas JAMAIS votariam no PT, e nem em quem o partido indicar. São aqueles que até pensam em votar em um Ciro ou uma Marina, por exemplo, mas que dizem categoricamente que se estes forem apoiados pelo PT, eles pulam fora.

    Tudo isto por causa do Lula.

    É isto que venho dizendo todas as vezes. O Lula é um ícone. O maior presidente que o brasil já teve e uma das figuras públicas/políticas mais importantes do mundo, mas ele não é mais um bom candidato. Torço pela sua liberação, para que ele curta o resto da sua vida com os netos e bisnetos, tomando sua cachacinha e torcendo pelo Corinthians, mas não acho que o Lula deveria arriscar toda a história que construiu se lançando em uma candidatura arriscada e fadada ao fracasso, seja ele eleitoral ou governista.

    Torço por uma união das esquerdas, acho que está é a única saída. Ainda que não seja em torno de Ciro Gomes, mas torço para que o campo progressista se una em torno de um nome que não desperte ódios e paixões como faria um candidato do PT.

    Responder

      Benoit

      27 de junho de 2018 às 10h32

      Concordo inteiramente. Só não sei se haveria uma alternativa de esquerda ao Ciro, que fosse melhor do que o Ciro.

      Responder

Marcos Videira

26 de junho de 2018 às 18h02

Parece que a sina de Zé Dirceu é abrir caminhos pra Lula…

Responder

    JOAO BATISTA

    26 de junho de 2018 às 19h31

    Boa! Kkk

    Responder

Ana Vieira

26 de junho de 2018 às 17h55

Acho essa linha de raciocínio do artigo coerente mas há o fator “irracionalidade raivosa” do STF. Aquela turma da Carmen Lúcia tem se mostrado capaz de qualquer coisa para prejudicar o Lula. Pode ser que não tenham mais clima mesmo para insistir, isso eu não sei. Mas se tiver uma frestinha para empurrar com a barriga, acho que eles vão aproveitar.

Responder

Alan Cepile

26 de junho de 2018 às 17h31

Voto no Ciro, mas a presença (com todo o direito) do Lula acredito que reforce a esquerda, porém a candidatura dele ainda é uma incógnita, duvido muito que o golpismo o libere.

Ele livre irá desanuviar um pouco a cabeça dos petistas que anda bem confusa ultimamente.

Responder

    Cézar R M Lopes

    26 de junho de 2018 às 21h04

    Não vejo a menor hipótese do Lula ser candidato, mas com ele livre, o candidato que ungir ganhará muito em competitividade, não estranharia se em breve, assumisse a liderança nas pesquisas. Enfim, meu candidato ideal é Ciro, mas contra o golpe, vou escolher o voto útil.

    Responder

      Alan Cepile

      27 de junho de 2018 às 11h10

      Claro, nós da esquerda temos que analisar o contexto, meu voto por enquanto tb é do Ciro, mas se outro candidato da esquerda estiver no 2º turno é nele que eu vou.

      Acredito que os eleitores da direita tb estão pensando assim, os únicos que estão, com todo respeito, com viseira de cavalo, sem analisar todas as possibilidades, são os petistas, que sem Lula vão se dividir entre votar no Bolsonaro (como a pesquisa Datafolha de 10/06 revelou), votar em quem Lula indicar (que surpreendentemente não são muitos segundo a mesma pesquisa) e votar em branco/nulo, enfraquecendo o campo progressista.

      Parece que os petistas preferem a direita ao ver outro partido de esquerda no poder, esse comportamento precisa ser estudado pela NASA…

      Responder

Jandui Tupinambás

26 de junho de 2018 às 17h03

Lula é candidato.

Não vamos nem precisar do apoio de Ciro no segundo turno. Tudo indica que nem segundo turno teremos.

Responder

    Quero-quero

    27 de junho de 2018 às 17h15

    Lula inocente! Lula livre! Lula presidente!
    ( Ou… se tudo não indica que não haverá segundo turno é mais provável que nele o Ciro não estará… é bem parecidinho com o Quércia… )

    Responder

Deixe uma resposta