Cafezinho 5 minutos – comentários diários de Miguel do Rosário

O fantástico festival de mentiras da direita brasileira

Por Pedro Breier

08 de agosto de 2018 : 11h59

Boa parte do trabalho de um(a) militante de esquerda, em tempos de concentração de mídia na mão de meia dúzia de famílias conservadoras, é basicamente apontar as mentiras e distorções que surgem aos borbotões no debate público.

Ao abrir os sites dos vetustos jornalões, logo me deparei com 3 lorotas. E das graúdas.

A primeira saiu na coluna da Mônica Bergamo, na Folha. Segundo a articulista, a campanha de Alckmin tentará descolar-se do governo Temer vinculando-o ao PT. “O argumento é que ele só chegou à Presidência porque Lula o escolheu para vice de Dilma Rousseff. A ideia é usar fotos da dupla e imagens em que petistas elogiam o agora presidente”, informa a coluna.

Cara de pau pouca é bobagem. O PSDB aliou-se a Temer para perpetrar o golpe e para governar, indicando tucanos de alta plumagem para ministérios de peso, como José Serra, Alexandre de Moraes – que depois foi nomeado ministro do STF por Temer – e Aloysio Nunes. O programa econômico privatizante e a política externa subserviente aos EUA são profundamente tucanos. O apoio amplo, geral e irrestrito dos congressistas do PSDB às medidas temeristas é outro elemento que não deixa margem para dúvidas sobre a ligação entre Alckmin e o governo do golpe.

Usar fotos e elogios de petistas a Temer para falsear esta estrondosa realidade só pode ser brincanagem – uma mistura de brincadeira com sacanagem.

A segunda lorota do dia é o editorial do Globo, que discorre sobre o programa de governo apresentado pelo PT. O editorial é o combo completo do reaça, parecendo que foi escrito por um comentarista clássico do G1: defesa canhestra das privatizações; fala em Hugo Chávez e Venezuela para criticar a ideia de uma Constituinte; e por fim afirma que a proposta – óbvia, singela, constitucional – de regular as comunicações, para impedir que detentores de concessões públicas restrinjam o pluralismo e a diversidade, “resulta (n)o estrangulamento da liberdade de expressão e de imprensa”.

A repetição ad infinitum de mentiras e distorções pode até fazê-las parecerem verdade. Essas da Globo, contudo, são tão simplórias que dão é sono.

Por fim temos Bolsonaro distorcendo o dicionário. Questionado sobre as declarações bizarras do seu vice – o general Mourão disse que herdamos a “indolência índigena” e a “malandragem africana” -, Bolsonaro disse o seguinte:

O que é a indolência? É a capacidade de perdoar? Veja aí no dicionário. É a capacidade de perdoar? O índio perdoa. Não é isso? Que mais? Malandragem. Esperteza. É a mesma coisa? É isso? Ohhhh. Me chamam de malandro carioca o tempo todo. O que mais?

Olhei aqui no dicionário e não há nada remotamente perto de “capacidade de perdoar” no vocábulo “indolência”. O general quis dizer que índio é preguiçoso mesmo. É uma daquelas adjetivações usadas por reacionários que tentam justificar o seu injustificável preconceito. Bolsonaro sabe disso e sabe também que a malandragem atribuída aos africanos por Mourão não quer dizer simplesmente esperteza. Sua saída é tentar enrolar os desavisados.

Alckmin, Globo e Bolsonaro são as estrelas de hoje do eterno e deplorável festival de mentiras e distorções proporcionado pela direita brasileira.

É o que lhes resta, levando em conta a indefensabilidade do seu programa brutal de manutenção da exclusão, da miséria e da sociedade de castas em que vivemos.

Pedro Breier

Pedro Breier, colunista d'O Cafezinho, é formado em direito mas gosta mesmo é de jornalismo. Nasceu no Rio Grande do Sul e hoje vive em São Paulo.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

8 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Reginaldo Gomes

10 de agosto de 2018 às 19h12

Fake news não existe!!!!
Nunca antes na minha curta história havia concordado em 100% com a opinião de um procurador!!!!!
Ainda há esperança; nem tudo está perdido!
Ver:
https://jornalggn.com.br/noticia/nao-existe-fake-news-existe-uma-desordem-informativa-diz-procurador-eleitoral

Responder

ari

08 de agosto de 2018 às 17h53

Ultimamente tem crescido muito a quantidade de profetas de acontecimentos passados. O famoso “eu sabia”
Temer foi escolhido vice não por seus votos pessoais, mas por ser presidente do maior partido do Brasil e que foi vital para a aprovação de projetos que mudaram o Brasil. Se ele e seu partido traíram o projeto pelo qual foram eleitos, ele é o bandido. Aliás, salvo engano meu, é o primeiro e ultimo caso de nossa história em que um vice dá um golpe para assumir o poder
Vamos ganhar a eleição, estou seguro. Imagino que várias pessoas que criticam alianças do PT queiram que governemos apenas com o apoio do PCdoB e do PSOL. Obviamente existem alianças e alianças, mas sem dúvidas vamos precisar do apoio de “n” parlamentares que votaram a favor do golpe, a menos que consigamos eleger 2/3 do congresso, o que me parece um sonho.
Creio que o momento é de focar nos nossos reais inimigos. Que os eleitores do Lula e do Ciro batalhem por seus escolhidos, mas mirem nos Alckmin da vida, o que inclui este blog e deixem de lado o fogo amigo

Responder

Sergio Sete

08 de agosto de 2018 às 13h55

Levando em consideração que o PT até photoshop em foto faz para divulgar engôdos a seu favor, eu diria que está tudo em casa.
Direita, esquerda…. no Brasil é só a mão que vai receber a propina.

Aliás, quer ver que legal isto? (tudo da Agência Lupa, veja lá)

#Verificamos: Lula não ‘bate recorde de popularidade’ em pesquisa recente do Ibope
por CHICO MARÉS
07.AGO.2018 | 15H29 |

Circula na internet a informação de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, lançado candidato do PT à Presidência da República em 2018, teria “batido recorde de popularidade” em pesquisa recente divulgada pelo Ibope. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que essas informações fossem checadas. Confira a seguir a análise da Lupa:

“Popularidade de Lula bate recorde e chega a 95%, diz Ibope”
Notícia publicada pelos sites Portal Veja Agora e Alerta Rondônia, com mais de 4,7 mil interações no Facebook até as 15h do dia 7 de agosto de 2018

FALSO

————————–

“A última tentativa que tivemos para impedir a candidatura do presidente Lula (…) foi essa recente da semana passada (…). É a primeira vez que há essa interpretação em relação à Legislação eleitoral [de que é necessário escolher todos os candidatos até o registro de candidatura]”
Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT, durante coletiva de imprensa para anúncio da união entre PT e PCdoB, no dia 6 de agosto de 2018

FALSO

————————–

#Verificamos: Na ditadura, Miriam Leitão não assaltou banco em São Paulo
por CHICO MARÉS
07.AGO.2018 | 19H55 |

Circulam nas redes sociais uma imagem e um texto que atribuem à jornalista Miriam Leitão a participação no assalto a um banco no ano de 1968, durante a ditadura militar do Brasil. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que essas informações fossem checadas. Confira a seguir a análise da Lupa:

A imagem acima foi publicada no Facebook e tinha sido compartilhada 584 vezes até as 18h do dia 07 de agosto de 2018

FALSO

Responder

Jochann Daniel

08 de agosto de 2018 às 13h53

Veja o vídeo
e tenha
uma perfeita ideia
da “coisa”:
Nossos inimigos
controlam
e usam
a Mídia.
Esta
desinforma
e mal informa
para servir
aos nossos inimigos.
Veja o vídeo,
também,
para ver
como funcionam
os trollers
(fazendo comentário
a esta matéria
está o troller
manjado
“Alan Cepile”)
que inundam
O Cafezinho
para desinformar,
confundir
e manchar
a imagem do petismo,
do Lula,
e coisa e tal.
>>>>>>>>>>> Repassando
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>VEJA O VÍDEO.
Clique em >>>>>>>>>>>>>
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> https://www.youtube.com/watch?v=I2TEtQgpgD0&t=2s
(Mantenha a calma……)

Responder

    claudio

    08 de agosto de 2018 às 23h09

    Video bem interessante

    Responder

Luiz

08 de agosto de 2018 às 12h52

Temer foi uma imposição do próprio (P)MDB para coligar com o PT. Não foi escolha do PT.

Responder

Ultra Mario

08 de agosto de 2018 às 12h44

Concordo com o texto, mas vamos ser sinceros, o Michel Temer foi cria do PT sim… ninguém em São Paulo votaria nele pra nenhum cargo, daonde tiraram a idéia de por esse cara como vice? Tem gente decente no PMDB como o Requião, por que escolher justamente um bandido?

Responder

Alan Cepile

08 de agosto de 2018 às 12h34

Em relação a Bolsonaro eu concordo, não passa de um tosco, um tacanho, ogro ignorante que nem sabe o que diz, ponto.

Sobre a ligação de petistas com a quadrilha do PMDB, com fotos juntos, elogiando-os e etc, infelizmente (para o PT) é uma verdade…
Esqueceram do discurso da Dilma elogiando Temer até as nuvens? Dilma ficando a favor do Eduardo Cunha contra Cid Gomes? Lula posando com Renan Calheiros *APÓS* o impeachment?? PT votando em Eunício Oliveira pro senado? O apoio do PT ao próprio Eunício no Ceará? As declarações de Lula e Haddad sobre o golpe??

O PT tá delirando!

Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com