Haddad e Dilma em Belo Horizonte

No DF, Bolsonaro lidera com 27%. Lula tem 20%

Por Miguel do Rosário

16 de agosto de 2018 : 18h23

No Correio Braziliense

Bolsonaro lidera corrida eleitoral no DF, mostra levantamento do Correio

Candidato do PSL se mantém à frente na corrida ao Palácio do Planalto em dois cenários: com ou sem a presença de Luiz Inácio Lula da Silva. Levantamento do Instituto Opinião Política foi produzido com exclusividade para o jornal

Por Helena Mader
postado em 16/08/2018 04:01 / atualizado em 16/08/2018 11:10

O candidato à Presidência Jair Bolsonaro, do PSL, lidera as intenções de voto dos brasilienses, tanto na pesquisa espontânea quanto no levantamento estimulado. O capitão reformado do Exército aparece à frente dos adversários em dois cenários: com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na disputa e também na simulação em que o petista é substituído pelo ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad.

Na pesquisa estimulada em que houve a inclusão do ex-presidente, Jair Bolsonaro está à frente com 27% das intenções de voto. Lula aparece em seguida, com a preferência de 19,8% dos eleitores, e Marina Silva, da Rede, ocupa a terceira colocação, com 11,7% dos votos dos eleitores moradores do Distrito Federal.

Em quarto lugar, está o candidato do PDT, Ciro Gomes, que figura na pesquisa com 7,4% das intenções de voto. O pedetista é seguido por Geraldo Alckmin (PSDB) que, segundo a pesquisa do Instituto Opinião Política, encomendada pelo Correio Braziliense, teria 6,3% dos votos, se a eleição fosse hoje.

O ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles, candidato do MDB, é o preferido de 1,9% dos eleitores de Brasília e Álvaro Dias (Podemos) foi citado por 1,8% dos entrevistados da pesquisa.

João Amôedo, representante do Partido Novo na corrida pelo Palácio do Planalto, tem 1,6% das intenções de voto. Já o deputado federal Cabo Daciolo, do Patriota, recebeu a preferência de 0,8% do eleitorado.

O candidato do PSol à Presidência da República, Guilherme Boulos, aparece no levantamento com 0,6% das intenções de voto, seguido por João Goulart Filho, do PPL, com 0,5%. Completam a lista a representante do PSTU na disputa, Vera Lúcia, com 0,4%, e José Maria Eymael (DC), com 0,3%. No total, 5,9% dos eleitores consultados pelo instituto não souberam avaliar qual o candidato de sua preferência. Os votos brancos e nulos somaram 14,0%.

Sem Lula

O Instituto Opinão Política analisou ainda um cenário de eleição presidencial sem a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que está preso em Curitiba e pode ter o registro negado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Caso isso aconteça, o petista será substituído pelo ex-prefeito de São Paulo e ex-ministro da Educação Fernando Haddad.

Nessa perspectiva, Jair Bolsonaro lidera a corrida pelo Palácio do Planalto com praticamente o mesmo percentual: 27,2% das intenções de voto. Sem Lula na disputa, Marina Silva (Rede) aparece em segundo lugar, com a preferência de 14,7% do eleitorado brasiliense.

O pedetista Ciro Gomes tem 9,7% das intenções de voto, seguido pelo tucano Geraldo Alckmin. O candidato do PSDB tem a preferência de 7,1% do eleitorado, em um cenário sem Lula. O substituto do petista, Fernando Haddad, surge apenas em quinto lugar na pesquisa, com 5,0% das intenções de voto dos brasilienses.

Disputa

Quando questionados em qual candidato votariam, sem a apresentação de uma lista de opções, os eleitores citaram exclusivamente nomes que realmente estão na disputa. Jair Bolsonaro (PSL) lidera a pesquisa espontânea, com 23% das citações. O ex-presidente Lula está em segundo lugar, com 14,5% das menções.

A ex-ministra Marina Silva ficou em terceiro na corrida pelo Palácio do Planalto, segundo a pesquisa espontânea, com 5,7% das intenções de voto. O tucano Geraldo Alckmin é o quarto mais bem colocado. O tucano conta com 3,4% dos eleitores da capital federal, de acordo com o levantamento técnico do instituto.

Na sequência estão Ciro Gomes, com 3,0%, além de Álvaro Dias e João Amôedo, ambos, com 1,1% das intenções. Henrique Meirelles, Cabo Daciolo, Fernando Haddad e Guilherme Boulos também foram citados na pesquisa espontânea, mas todos aparecem com percentual inferior a 1%.

O número de eleitores indecisos é grande, de acordo com a pesquisa. Ao todo, 24% declararam que não sabem em quem votar e 20,8% afirmaram que pretendem votar nulo ou em branco na disputa para presidente da República.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-DF) com o número DF-03100/2018. Para a amostra, foram realizadas 1.231 entrevistas, entre 10 e 13 de agosto, com eleitores residentes no Distrito Federal com mais de 16 anos. O intervalo de confiança da pesquisa é de 95% e a margem de erro é de 3%.

Tags #pesquisa eleitoral #eleições #presidente

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

11 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Luis Castro

17 de agosto de 2018 às 10h29

Realmente o Centro Oeste elege alguem, que o diga Dilma que perdeu nesta região, mas ganhou nas maiores regiões do Brasil. Cresçam e apareçam

Responder

kleber delta

16 de agosto de 2018 às 21h24

DIZER BRASILIA .. É APENAS UM PLUS…

POREM O CORRETO SERIA PEGAR OS 3 ESTADOS DO CENTRO OESTE…
MT MS GOIASS.. NAO SÓ DF… BOLSONARO LIDERA MAÇIÇAMENTE NO CENTRO OESTE..

MAÇIÇAMENTE… POR AQUI ELE TEM MAIS DA METADE DE TODOS OS VOTOS SEGURAMENT…

#NAOVAITERSEGUNDOTURNO

Responder

Luis Castro

16 de agosto de 2018 às 20h49

Qual a vantagem de Bolsonaro ganhar num Colegio Eleitoral inexpressivo como Brasília? A capital ja há algum tempo se jumtou a São Paulo e vota a direita.

Responder

    isma

    16 de agosto de 2018 às 21h26

    BRASILIA FICA NO GOIAS BOBO..
    GOIAS FICA ONDE BOBO ??
    CENTRO OESTE ??
    O CENTRO OESTE IRÁ ELEGER O BOLSONARO SOZINHO..
    FARA A DIFERENÇA…
    OS 3 ESTADOS IRAO ELEGER BOLSONARO NO PRIMEIRO TURNO…

    Responder

Alan Cepile

16 de agosto de 2018 às 19h50

Bolsonaro está muito sólido, não ganha eleitores mas tb não perde (pelo menos até agora) e assim vai garantindo, por enquanto, um lugar no 2º turno.

Responder

Doura

16 de agosto de 2018 às 19h24

Quantos eleitores há no DF?

Responder

    Igor

    16 de agosto de 2018 às 19h51

    O bastante pra elege-lo também TOLINHA kkkkkk TREME VERMELHADA kkkk

    Responder

      JACÓ

      16 de agosto de 2018 às 20h59

      Deixa de ser inconformada choronsa coxinha blosolixo não ganha nem aí em brasilia e em apenas em um BAIRRO de qualquer das capitais do nordeste já supera esse resultado.

      Responder

        Igor

        17 de agosto de 2018 às 07h43

        O nordeste é que nunca elegeu e nem elege sozinho nenhum presidente da república, abestado, os maiores colégios eleitorais são o sudeste, centro-oeste e sul, esses sim sempre elegeram os presidentes do Brasil. Mas o que espera de um idiotizado por um guru de meia tigela de uma seita cataclísmica TOLINHO !!!

        Responder

    Igor

    16 de agosto de 2018 às 19h52

    O bastante pra elege-lo também TOLINHA kkkkkk

    Responder

Alex

16 de agosto de 2018 às 19h02

Lula livre

https://novoexilio.blogspot.com/2018/07/por-que-eu-matei-marille-por-alexandre.html

Compartilhe

Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com