O depoimento de Lula à juíza Gabriela Hardt

ONU orienta justiça brasileira a respeitar direitos políticos de Lula

Por Miguel do Rosário

17 de agosto de 2018 : 11h09

Comitê Internacional de Direitos Humanos determinou hoje que Lula deve ter livre acesso à mídia e não pode ter sua candidatura barrada antes de julgamento justo

Nota dos advogados do presidente Lula

Na data de hoje (17/08/2018) o Comitê de Direitos Humanos da ONU acolheu pedido liminar que formulamos na condição de advogados do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 25/07/2018, juntamente com Geoffrey Robertson QC, e determinou ao Estado Brasileiro que “tome todas as medidas necessárias para permitir que o autor [Lula] desfrute e exercite seus direitos políticos da prisão como candidato nas eleições presidenciais de 2018, incluindo acesso apropriado à imprensa e a membros de seu partido politico” e, também, para “não impedir que o autor [Lula] concorra nas eleições presidenciais de 2018 até que todos os recursos pendentes de revisão contra sua condenação sejam completados em um procedimento justo e que a condenação seja final” (tradução livre).

A decisão reconhece a existência de violação ao art. 25 do Pacto de Direitos Civis da ONU e a ocorrência de danos irreparáveis a Lula na tentativa de impedi-lo de concorrer nas eleições presidenciais ou de negar-lhe acesso irrestrito à imprensa ou a membros de sua coligação política durante a campanha.

Por meio do Decreto nº 6.949/2009 o Brasil incorporou ao ordenamento jurídico pátrio o Protocolo Facultativo que reconhece a jurisdição do Comitê de Direitos Humanos da ONU e a obrigatoriedade de suas decisões.

Diante dessa nova decisão, nenhum órgão do Estado Brasileiro poderá apresentar qualquer obstáculo para que o ex-Presidente Lula possa concorrer nas eleições presidenciais de 2018 até a existência de decisão transitada em julgado em um processo justo, assim como será necessário franquear a ele acesso irrestrito à imprensa e aos membros de sua coligação política durante a campanha.

Valeska Teixeira Zanin Martins

Cristiano Zanin Martins

Baixe aqui o PDF com a nota oficial da ONU.

Luiz Inácio Lula da Silva_SP (1)

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

96 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Jochann Daniel

18 de agosto de 2018 às 00h05

“Brasileiro da Silva”,
devo admitir,
troller altamente profissional.
“Brasileiro da SS”
troller escroto
que não se manca.
É chamado de canalha,
traidor da pátria,
trabalhando em dólares
para nossos inimigos,
membro
do Instituto Millenium,
do famigerado MBL,,
do Fórum da Liberdade
e outras entidades
(O Antagonista, etc.)
mantidos em dólares
pelos nossos
nossos inimigos
(Rothschild & CIA)
e ainda tem
a cara de pau
de continuar a fazer >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> (não mudou a alcunha, continua como “Brasileiro…”)
os mesmos comentários
para achincalhar,
denegrir,
destruir a imagem
de Lula
e o petismo
e a esquerda.
Objetivo
que lhe deram como tarefa…
em seus comentários
no Cafezinho.
Reles canalha…………………………………………………………………………. sem escrúpulos…………….

Responder

    Jochann Daniel

    18 de agosto de 2018 às 00h18

    Também comparecem
    nesses comentários
    a esta matéria os
    (manjados trollers
    >>>>> não seriam o mesmo “Brasileiro da Silva????????????????)
    >>>>>> Degas
    >>>>>> Sergio Sete
    >>>>>> e outros (analise os comentários e descubra, você mesmo…..)

    Responder

      Brasileiro da Silva

      18 de agosto de 2018 às 00h22

      Obrigado por me prestigiar, fofinha. Vc é minha ptminiom de estimação.

      Responder

Francisco

17 de agosto de 2018 às 19h32

Não tem preço apreciar n’o Cafezinho, Ciretes se esbaldando no “Triplo Strip-Tease CHAPADO”, ao som da guitarra de ‘Fux Peruquinha’ e o Trombone do 500 mil, em show de protesto contra a ONU.

Seria trágico, se já não fosse ridículo.

Responder

    Brasileiro da Silva

    17 de agosto de 2018 às 19h41

    Concordo. Essa comemoração dos ptminions por causa da orientação da ONU seria trágica, se não fosse ridícula.

    Responder

      Alan Cepile

      18 de agosto de 2018 às 09h50

      É bom que se diga que a orientação da ONU é absolutamente legítima e correta, Lula nem deveria ser acusado do que foi, muito menos preso por outro motivo diferente da acusação numa aberração jurídico/político/midiática sem pé nem cabeça. Lula deveria estar livre e teria todo o direito de estar disputando o pleito, ponto!

      Dito isso, é tb bom que se diga que o fato do Lula estar preso injustamente pela máfia golpista não dá o direito do PT de fazer tanta besteira como fez nesses últimos 20 dias.

      Responder

Reginaldo Gomes

17 de agosto de 2018 às 19h28

E agora? Que que o golpe híbrido sem pátria vai fazer?
Vai enfiar o rabo entre as pernas e sair de mansinho? (me engana!!!!!)
O golpe só consegue avançar com rapidez numa nação , somente num tipo de ambiente , esse ambiente se chama “IMPÉRIO DA VIOLÊNCIA”; algo parecido com a Nicarágua. E o golpe para conseguir o império da violência não usa energias que são percebidas pelos 5 sentidos ou instrumentos!!!!! (Presta atenção que isso é importante!!!!). Ele usa o que é sutil, como os sete pecados capitais!!!!
Com a decisão da ONU, as condições de temperatura e pressão estão nos níveis adequados de se instalar o império da violência , porque os progressistas estão com a “soberba” achando que já venceram e os golpistas estão com “ódio” achando que já perderam. Um verdadeiro barril de pólvora!
Só no império da paz que o povo consegue perceber e distinguir os perigos reais , dos imaginários , viver com dignidade e salvar a nação.

Responder

Brasileiro da Silva

17 de agosto de 2018 às 18h41

Alguém sabe informar se o corrupto já foi solto e esta indo para o debate da rede TV?

Responder

    degas

    17 de agosto de 2018 às 19h18

    Não sei, mas as tropas da ONU estão prontas para nos invadir se ele não estiver lá.

    Responder

      Brasileiro da Silva

      17 de agosto de 2018 às 19h31

      Sera que os capacetes azuis já cercaram as fronteiras?

      Responder

        Magalhães

        17 de agosto de 2018 às 19h51

        Vai comentar lá no site do pig seu vagabundo golpista.

        Responder

          Brasileiro da Silva

          17 de agosto de 2018 às 19h57

          Caro Magalhães (será parente do ACM?), tente ser civilizado, e não reflita suas qualidades nos outros. E só para te lembrar: hj tem debate. Vc vai? Não? Nem o lula, que esta preso em outro compromisso.

          Responder

          Brasileiro da Silva

          17 de agosto de 2018 às 20h03

          Parece que a recomendação da ONU deu resultado:
          “O ministro Sérgio Banhos, do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), negou recurso do PT contra decisão anterior do ministro de não permitir a participação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no debate da Rede TV!,”

          Uol

          Responder

Foo

17 de agosto de 2018 às 18h28

“Não é uma recomendação, é uma decisão judicial”, diz ex-ministro de FHC

“Eu espero que o debate público brasileiro não apequene, não desqualifique essa liminar, porque seria um ao de total estupidez o não entendimento de uma normativa internacional,” afirmou Pinheiro. “É uma decisão judicial. Não é uma recomendação. São 18 especialista pro bono (que não recebem salário da ONU), eleitos pela Assembleia Geral. Não são um grupinho de amigos.”

Aqui nesse post, o Miguel do Rosário já apequenou…

https://jornalggn.com.br/noticia/nao-e-uma-recomendacao-e-uma-decisao-judicial-diz-pinheiro-sobre-caso-lula-onu

Responder

    Alan Cepile

    18 de agosto de 2018 às 09h55

    É uma “decisão judicial” tão grande e representativa que Lula não só não participou do debate como teve o púlpito retirado…

    O PT está cometendo suicídio eleitoral, ao invés de nomear logo Haddad e ir com tudo, denunciando geral e chamando a militância, não! Fica perdendo tempo e votos, olhem as pesquisas, tem voto petist migrando pro bolsonaro, isso debaixo do nariz da Gleisi…. É muita incompetência num partido só!!!

    Responder

osmar farias

17 de agosto de 2018 às 18h22

QUANTO A MICHELE BACHELE RECEBEU P ESSA NOTINHA FAKE ?? ALGUEM AI SABE??

KKK

BOLSONARO IRA SAIR DA ONU.. IGUAL O TRUMP…
BOLSONARO 17

NAO VAI TER SEGUNDO TURNO.

Responder

Zé dos Bagos

17 de agosto de 2018 às 16h38

Não tem outra! É Lula!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! no pé do ouvido!

Responder

Carcará

17 de agosto de 2018 às 16h36

Lula segue candidato pelo terceiro dia ! Quem diria ? Lula livre !

Responder

Rosa

17 de agosto de 2018 às 15h48

O Brasil como signatário dos tratados internacionais sobre direitos humanos
deve sim respeitar e tomar as providências com relação as decisões da onu. Tratado inclusive retificado pelo congresso nacional.

Responder

Silva

17 de agosto de 2018 às 15h35

LULA LIVRE!

Responder

Serg1o Se7e

17 de agosto de 2018 às 15h21

Resposta do Iatamaraty:

“A Delegação Permanente do Brasil em Genebra tomou conhecimento, sem qualquer aviso ou pedido de informação prévios, de deliberação do Comitê de Direitos Humanos relativa a candidatura nas próximas eleições.

O comitê, órgão de supervisão do Pacto de Direitos Civis e Políticos, é integrado não por países, mas por peritos que exercem a função em sua capacidade pessoal.

As conclusões do comitê têm caráter de recomendação e não possuem efeito juridicamente vinculante.

O teor da deliberação do comitê será encaminhado ao Poder Judiciário.

O Brasil é fiel cumpridor do Pacto de Direitos Civis e Políticos. Os princípios nele inscritos de igualdade diante da lei, de respeito ao devido processo legal e de direito à ampla defesa e ao contraditório são também princípios constitucionais brasileiros, implementados com zelo e absoluta independência pelo Poder Judiciário.”

Responder

Jandui Tupinambás

17 de agosto de 2018 às 14h54

Teste:

Qual manchete é do site de esquerda OCAFEZINHO e qual é do UOL?

A) LIMINAR A FAVOR DE LULA TEM CARÁTER OBRIGATÓRIO, diz especialista da ONU

B) ONU ORIENTA JUSTIÇA BRASILEIRA A RESPEITAR DIREITOS POLÍTICOS DE LULA

Responder

    Serg1o Se7e

    17 de agosto de 2018 às 15h24

    Resposta dada pelo Itamaraty, transcrita acima.

    Responder

    Marcio

    17 de agosto de 2018 às 16h40

    UOL – esquerda
    Cafezinho – direita com Ciro Gomes
    Parabens!!!

    Responder

    degas

    17 de agosto de 2018 às 19h23

    Mais esquerdista que a UOL é difícil mesmo. Mais fake também. Se você acha que é obrigatório não precisa dois, cite-nos UM caso onde um país tenha sido obrigado a seguir sugestões como essas. Nem precisa pegar as ditaduras, pegue democracias como a Espanha, em que o tal comitê mandou libertar os líderes catalães – presos por incentivar o separatismo, não por corrupção – e deixá-los participar das eleições. Isso foi em março. O que a Espanha sofreu?

    Responder

Jandui Tupinambás

17 de agosto de 2018 às 14h49

MANCHETES DO BLOG DE ESQUERDA SOBRE ESTE ASSUNTO:

ConversaAfiada: ONU DECIDE: LULA TEM O DIREITO DE SER CANDIDATO!

Blog da Cidadania: Brasil tem que obedecer ONU e permitir candidatura Lula

Sakamoto: Comitê de Direitos Humanos da ONU solicita que Lula participe da eleição

Brasil de Fato: ONU determina que Lula concorra as eleições e que tenha seus direitos respeitados

Brasil 247: ONU PRONUNCIA-SE OFICIALMENTE: LULA TEM DIREITO DE SER CANDIDATO

Blog LUIZ NASSIF: URGENTE: Comitê da ONU determina que Brasil garanta Lula na eleição

OS AMIGOS DO PRESIDENTE LULA: ONU decide que Lula tem pleno direito de ser candidato

Vermelho: ONU anuncia oficialmente que Lula tem direito de ser candidato

Tijolaço: ONU: Lula tem o direito de falar e de ser candidato

VioMundo: URGENTE: CONSELHO DE DIREITOS HUMANOS DA ONU DECIDE QUE LULA TEM O DIREITO DE SER CANDIDATO: DECISÃO É OBRIGATÓRIA

Responder

    Serg1o Se7e

    17 de agosto de 2018 às 15h26

    Ou seja, esquerdistas são sabem interpretar textos. E o nome disso tem uma expressão técnica….

    Responder

      Yan

      17 de agosto de 2018 às 17h57

      A EXPRESSÃO TÉCNICA É LULA LIVRE !!

      Responder

        ari

        17 de agosto de 2018 às 18h19

        Se não me engano, é do Pulitzer a afirmação de que a única profissão que não exige treinamento é a de idiota. Não dê bola para eles

        Responder

CezarR

17 de agosto de 2018 às 14h24

Nossa, quanta galera enfurecida com a celeuma do orienta ou determina!

Responder

    Jandui Tupinambás

    17 de agosto de 2018 às 15h06

    Vacilos, sutilezas, entre-linhas, atos falhos.

    É onde se revelam as intenções. Não pense que a escolha de palavras é um detalhe.

    Na teoria das comunicações temos uma disciplina que trata bem disto:

    “Comunicação, Subjetividade e Representações”

    Responder

      CézarR

      17 de agosto de 2018 às 15h52

      Cara, acho que vocês estão um pouco fora de si. Qual a diferença de orienta ou determina no caso concreto? Você acha que isso trará algum efeito prático, a não ser o simbolismo?

      Responder

        Jandui Tupinambás

        17 de agosto de 2018 às 16h43

        Eu posso dizer para você rever sua posição em relação a Ciro de forma educada, com argumentos.
        Seria uma simples orientação.

        Mas posso sequestrar seu pai e logo depois dizer para você rever sua posição em relação ao Ciro.

        Neste caso não é uma simples orientação. Estaria determinando.

        Trocar estas duas palavras e usar a palavra errada na manchete é jornalismo chulo. É desonestidade.

        Miguel tentou camuflar a importância da notícia. Tentou esconder que o STF já reconheceu que tratados internacionais estão acima da lei. Tentou esconder que não é a ala xiita do PT que está dizendo que eleição sem Lula é fraude. É a ONU que está falando: ELEIÇÃO SEM LULA É FRAUDE.

        Curioso, né? O Ciro fala o contrário.

        Não é à toa que este site começa a ser invadido por comentários de direita (não é seu caso, percebo que vc não é de direita, apenas optou por Ciro).

        Responder

          CézarR

          17 de agosto de 2018 às 17h01

          Pelo visto você quis me dar uma aula de preceito primário e preceito secundário. Acontece que até agora eu não sei qual é a sanção ao Brasil se não for cumprida a “determinação”. Ah… o Brasil passará vexame internacional e será considerado um pária, um proscrito… Você acha que quem deu o golpe se importa? Bom…. espero que vocês estejam certos e o Lula seja candidato.

          Responder

            Jandui Tupinambás

            18 de agosto de 2018 às 20h40

            As penalidades serão individuais. Tribunal de Haia será acionado, sr. CezarR.

            Golpistas como Barroso e a nossa famigerada PGR não poderão pisar mais na Europa. E suas contas no exterior serão trancafiadas.

            Simples assim…

            Responder

José.

17 de agosto de 2018 às 14h17

Só não entendi porque este assunto (a decisão da ONU sobre Lula) que é a principal notícia do dia, pelo para os que se dizem progressistas, saiu da manchete principal do Cafezinho e foi para o sopé da página.

Responder

    Serg1o Se7e

    17 de agosto de 2018 às 15h27

    Porque é irrelevante para o sistema judiciário brasileiro (e de qualquer país).

    Responder

      Yan

      17 de agosto de 2018 às 18h00

      Né não!

      Responder

Dio

17 de agosto de 2018 às 14h05

Pois é, Miguel, talvez vc discorde do poder da ONU no estado brasileiro, porém está totalmente claro q ela não orienta e sim determina em seu comunicado. Essa sua manchete cairia bem em um editorial, mas não numa notícia.
Ficou manipulado assim como muitas das manchetes da mídia comercial q exige ser regulamentada.

Responder

    Serg1o Se7e

    17 de agosto de 2018 às 15h30

    Dio mio!!!!!

    Sei que mal sabem interpretar português, mas mesmo assim farei: aqui está a nota original. Leia e, “pelamor!!!”, pare de passar vergonha na internet:

    Information note on Human Rights Committee

    The UN Human Rights Committee has requested Brazil to take all necessary measures to ensure that Lula can enjoy and exercise his political rights while in prison, as candidate in the 2018 presidential elections. This includes having appropriate access to the media and members of his political party. The Committee also requested Brazil not to prevent him from standing for election in the 2018 presidential elections, until his appeals before the courts have been completed in fair judicial proceedings. The technical name for this request is “interim measures” and these relate to his pending individual complaint which remains before the Committee. This request does not mean that the Committee has found a violation yet – it is an urgent measure to preserve Lula’s right, pending the case consideration on the merits, which will take place next year.

    It is important to note that although this response is being provided through the UN Human Rights Office, it is a decision of the Human Rights Committee, which is made up of independent experts. This response may be attributed to the Human Rights Committee.

    https://www.ohchr.org/EN/NewsEvents/Pages/DisplayNews.aspx?NewsID=23464&LangID=E

    Responder

Nostradamus ( Consultores políticos & psicológicos )

17 de agosto de 2018 às 13h57

O partido do golpe não está mais com aquela bola toda não!… Os pretorianos fascistas estão tão lentos em arrumar tretas para invalidar a candidatura do velhinho… Quem diria! Há três dias Lula é candidato à presidência da república. Nada o detém e rebenta todos os prognósticos de pesquisas e malabarismos malévolos, mantendo sua liderança indiscutível num patamar elevado. Qualquer marola só serve para emplacar mais um ponto ou outro a mais. Daqui para frente podem coloca-lo numa camisa de força que só com os olhinhos ele comanda o Haddad & a Manuela rumo à vitória !!!

Responder

L@!r M@r+3$

17 de agosto de 2018 às 13h26

ONU “orienta”… sei… é a derrota fragorosa do Ciro que o site tenta esconder. Mesmo que dê em nada, politicamente, mostra que a decisão de manter a candidatura de Lula foi corretíssima. E, sinceramente, essa manchete é uma barrigada. Quero crer que foi um engano inocente. Mas se fosse no Estadão, na FSP ou no Globo…

Responder

Gustavo

17 de agosto de 2018 às 13h19

A ONU pede investigação internacional na Venezuela por conta de graves violações de recursos humanos

A ONU tem representante dizendo que a Venezuela não permitiu eleições livres

A ONU informa que existe impunidade na Venezuela

A ONU questionou a Venezuela sobre repressão policial

A ONU diz que a Nicaragua criminaliza protestos da oposição.

Essas opinões da ONU valem pro PT ? Pq ao que parece essas opiniões estão sendo sumariamente ignoradas

Responder

    degas

    17 de agosto de 2018 às 14h10

    Só alguém muito ignorante para pessoa que a ONU é uma espécie de Super STF Mundial. Bem que os burocratas que a tomaram gostariam, mas não é. Eles emitem essas sugestões e só as segue quem quer. Além dos casos que você citou temos um recente, muito parecido com o do Molusco. Em março, alguém da ONU requisitou que políticos catalães como o deputado independentista Jordi Sanches fossem libertados e pudessem participar de eleições. E a Espanha deu-lhes a mesma banana que o Brasil vai dar.

    Responder

    degas

    17 de agosto de 2018 às 14h49

    A ONU não é uma espécie de Super STF Mundial. Bem que os burocratas que a tomaram gostariam, mas não é. Eles emitem essas sugestões e só as segue quem quer. Além dos casos que você citou temos um recente, muito parecido com o do Molusco. Em março, alguém da ONU requisitou que políticos catalães como o deputado independentista Jordi Sanches fossem libertados e pudessem participar de eleições. E a Espanha deu-lhes a mesma banana que o Brasil vai dar.

    Responder

Jandui Tupinambás

17 de agosto de 2018 às 13h13

Miguel,

me desculpe, mas a manchete está incorreta.

Em momento algum a ONU orienta. A ONU solicita, determina mas não orienta. É bem mais forte que orientar. Você mesmo usa a palavra DETERMINA e na manchete usa ORIENTA.

Se o Brasil incorporou ao ordenamento jurídico pátrio o Protocolo que reconhece a jurisdição do Comitê de Direitos Humanos da ONU e a obrigatoriedade de suas decisões, logo, a ONU DETERMINA!!

The committee REQUEST the state party to take ALL NECESSARY measures to ENSURE….etc…

Poderia corrigir o erro?

Responder

    Foo

    17 de agosto de 2018 às 13h37

    Não é erro.

    Miguel do Rosário adotou a prática que antes condenava no PIG, de escrever manchetes que não condizem com o texto.

    Uma pena — vai perder muitos leitores quando o período eleitoral passar.

    Responder

      Miguel do Rosário

      17 de agosto de 2018 às 13h44

      Meus caros, a ONU não tem o poder de determinar nada em relação ao Brasil. Eu concordo, no entanto, o integralmente com a nota da ONU. Tenham um pouco de paciência.

      Responder

        Nelson

        17 de agosto de 2018 às 13h54

        Mas use o verbo correto, por gentileza: REQUEST é requerer, requisitar, não orientar.

        Responder

        Jandui Tupinambás

        17 de agosto de 2018 às 14h13

        Por meio do Decreto Legislativo nº 311/2009 o Brasil incorporou ao ordenamento jurídico pátrio o Protocolo Facultativo que reconhece a jurisdição do Comitê de Direitos Humanos da ONU e a obrigatoriedade de suas decisões.

        Diante dessa nova decisão, nenhum órgão do Estado Brasileiro poderá apresentar qualquer obstáculo para que o ex-Presidente Lula possa concorrer nas eleições presidenciais de 2018 até a existência de decisão transitada em julgado em um processo justo, assim como será necessário franquear a ele acesso irrestrito à imprensa e aos membros de sua coligação política durante a campanha.

        CONCLUSÃO: MANCHETE É DIGNA DO PIG.

        Responder

        Tavares

        17 de agosto de 2018 às 15h43

        O Brasil é signatário de tratados de direitos humanos.
        Os tratados assinados pelo brasil integram sim a ordem juridica.

        Responder

        Marcio

        17 de agosto de 2018 às 16h43

        Que asneira!! Vai te informar..

        Responder

        Jandui Tupinambás

        17 de agosto de 2018 às 16h48

        Meu caro Miguel,

        não é do seu conhecimento que o STF já reconheceu que tratados internacionais estão acima da lei?

        Responder

          CézarR

          17 de agosto de 2018 às 17h06

          Colega, os tratados internacionais sobre direitos humanos devidamente internalizados estão acima da lei por terem status constitucional derivado. Ainda que sejam norma constitucional, devem passar pela ponderação de interesses entre as normas constitucionais, e é justamente aí que o Barroso mata no peito, entendeu?

          Responder

            Jandui Tupinambás

            18 de agosto de 2018 às 20h46

            Cezar,

            é SUPRA LEI o resto é blá blá blá de golpistas.

            Evidente que Barroso irá usar o blá blá blá que ele é especialista para “matar no peito”. Ele não é homem para encarar a Globo. Prefere ficar com a barriga doendo até que o Tribunal de Haia o pegue pelo c. da calça.

            Responder

Liliana

17 de agosto de 2018 às 13h01

ONU orienta?

Responder

    Jandui Tupinambás

    17 de agosto de 2018 às 13h14

    Manchete errada.

    A ONU DETERMINA.

    Responder

Alan Cepile

17 de agosto de 2018 às 12h46

A questão é que o golpismo ignora completamente pedido de ONU ou de quem quer que seja de fora do Brasil.

Responder

    CezarR

    17 de agosto de 2018 às 14h21

    É uma grande vitória moral, nada mais que isso. Afeta a imagem do Brasil? Sim! Se houvesse aqui pessoas preocupadas com a imagem do país, o Lula nem preso estaria. Em 1995 meu time, o Santos, foi considerado por muitos o campeão moral do Brasileirão, e daí?

    Responder

Walter Pastori

17 de agosto de 2018 às 12h41

A justica tarda minha preocupacao e esse documento da ONU vai passar por onde pela globo pelo moro pelo delagnol pela dodge vamos acompanhar

Responder

Menestrel

17 de agosto de 2018 às 12h21

Tu vens, tu vens
Eu já escuto teus sinais…!!!

Responder

Capanema

17 de agosto de 2018 às 11h56

Quer dizer então que a ONU quer passar por cima de uma lei que o LULA assinou?

Responder

    Valdeci Souza

    17 de agosto de 2018 às 12h09

    Claro que sim. Nenhum Lei pode ferir os Direitos Humanos.

    Responder

      Hudson

      17 de agosto de 2018 às 12h39

      A questão nem é essa.

      A ONU reconhece que Lula não está sendo processado e julgado conforme as Leis.

      (A propósito, a lei da Ficha Suja é de uma estupidez gritante. O resultado está aí.)

      Responder

      degas

      17 de agosto de 2018 às 13h13

      E desde quando a Lei da Ficha Limpa está ferindo os direitos humanos? Ela só proíbe que bandidos condenados em segunda instância participem das eleições.

      A sugestão do burocrata da ONU é ridícula, revelando desconhecimento da legislação brasileira ou, mais provavelmente, má fé. Ah, é uma liminar porque a ele ainda não teve tempo de analisar a questão? Imagine a petulância do sujeito, querendo que a Justiça brasileira anule decisões tomadas por unanimidade em várias instâncias e fique à espera das dele. Felizmente só querendo, porque ninguém vai dar a mínima para o seu palpite.

      Responder

        L@!r M@r+3$

        17 de agosto de 2018 às 13h28

        Cara… a lei é inconstitucional. Simples assim. “Ninguém será preso sem trânsito em julgado”… ou seja, em TODAS as instâncias… se as instâncias demoram e o crime prescreve, é outra história… mas se você se orgulha em viver em um país onde as instituições não respeitam a lei maior, só posso te dar pêsames.

        Responder

          CezarR

          17 de agosto de 2018 às 13h40

          Mesmíssima opinião do Ciro! E mais, quem aprovou?

          Responder

            L@!r M@r+3$

            17 de agosto de 2018 às 16h26

            Novamente, estão culpando a minissaia pelo estupro. A lei não foi feita pra atropelarem todos os procedimentos e prazos e tirar alguém da eleição na marra. Quem fez isso é quem está errado. Lula foi condenado sem provas, isso até o mundo mineiral sabe, e a culpa é do Lula por terem tirado ele da eleição?

            Responder

        Foo

        17 de agosto de 2018 às 14h02

        “Ela só proíbe que bandidos condenados em segunda instância…”

        O problema é que ninguém pode ser considerado bandido até que todas instâncias legais tenham sido percorridas.

        Caso contrário um candidato favorito poderia ser condenado sem provas por um juiz parcial, capaz de trabalhar até nos domingos para impedir um habeas corpus; bastaria que a segunda instância estivesse aliada a este juiz para que se cometesse uma grande injustiça.

        Responder

    Jandui Tupinambás

    17 de agosto de 2018 às 13h18

    Não, Senhor Capanema.

    A famigerada lei da ficha limpa permite que Lula seja candidato.

    98 prefeitos eleitos há dois anos atrás é prova disto.

    Pelo que parece você nunca leu esta lei idiota.

    Responder

João Ferreira Bastos

17 de agosto de 2018 às 11h49

A ONU escancarou para o mundo e para os coxinhas particularmente, que a justiça brasileira, é venal, parcial, injusta, corrupta e golpista

Responder

degas

17 de agosto de 2018 às 11h46

Teste seus conhecimentos.

1 – O palpite de um burocrata que trabalha na ONU e pode ser apenas outro esquerdinha como o petista José Graziano:
a) Se sobrepõe à Justiça Brasileira (ou a de qualquer outro país).
b) Não vale porcaria nenhuma em termos práticos.

2 – Traduza a seguinte frase (que está no final do texto acima):
This request does not imply that any decision has been reached on the substance of the matter under consideration.

Responder

    Foo

    17 de agosto de 2018 às 12h30

    1. Por meio do Decreto nº 6.949/2009 o Brasil incorporou ao ordenamento jurídico pátrio o Protocolo Facultativo que reconhece a jurisdição do Comitê de Direitos Humanos da ONU e a obrigatoriedade de suas decisões.

    2. A ONU ainda não decidiu se a condenação de Lula foi injusta e sua prisão ilegal. O que eles estão dizendo é que Lula deve ter seus direitos políticos preservados.

    Responder

      Serg1o Se7e

      17 de agosto de 2018 às 12h45

      Por que o presidiário Luis Inacio deve ter seus direitos políticos preservados, Foo?

      LEI COMPLEMENTAR Nº 135, DE 4 DE JUNHO DE 2010
      Art. 1o Esta Lei Complementar altera a Lei Complementar no 64, de 18 de maio de 1990, que estabelece, de acordo com o § 9o do art. 14 da Constituição Federal, casos de inelegibilidade, prazos de cessação e determina outras providências.
      e) os que forem condenados, em decisão transitada em julgado ou proferida por órgão judicial colegiado, desde a condenação até o transcurso do prazo de 8 (oito) anos após o cumprimento da pena, pelos crimes:
      6. de lavagem ou ocultação de bens, direitos e valores;
      Brasília, 4 de junho de 2010; 189o da Independência e 122o da República.
      LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA

      Responder

        Foo

        17 de agosto de 2018 às 14h12

        Por que a ONU mandou, e o Brasil reconhece a jurisdição do Comitê de Direitos Humanos da ONU e a obrigatoriedade de suas decisões.

        Note que a ONU ainda não decidiu se a reclamação — de que Lula teria sido condenado injustamente — procede.

        O que a ONU determinou é que não impeçam sua candidatura até que este assunto esteja resolvido.

        Responder

    Paulo Figueira

    17 de agosto de 2018 às 12h31

    traduzindo:
    O Comite de Direitos Humanos da ONU não se pronunciou ainda sobre o mérito.
    Porém, o documento é uma liminar que determina ao Estado Brasileiro que garanta os direitos políticos de Lula (candidatura) até que seu processo tenha tramitado em julgado na última instância.

    Responder

      degas

      17 de agosto de 2018 às 13h20

      Acontece que a Lei da Ficha Limpa determina a inelegibilidade após condenação em SEGUNDA instância. O que devemos seguir? A nossa lei ou o palpite do burocrata desinformado ou mal intencionado? Ó dúvida cruel!

      Responder

        L@!r M@r+3$

        17 de agosto de 2018 às 13h31

        Que tal seguir: “CF: Ninguém será considerado culpado sem transito em julgado”?

        Responder

        Paulo Figueira

        17 de agosto de 2018 às 13h44

        Acredito que devemos respeitar a Constituição que diz que ninguém pode ser considerado culpado até ser julgado em última instância.

        Responder

        Foo

        17 de agosto de 2018 às 14h44

        Se a ONU determinasse que um prisioneiro político tivesse seus direitos políticos preservados na Venezuela, você estaria celebrando.

        Mas para você, Lula parece estar abaixo da lei.

        Ele pode ser condenado sem provas, pode ser preso sem trânsito em julgado, pode ter seu habeas corpus revogado de maneira ilegal em pleno domingo, e não pode ter o benefício de uma resolução favorável da ONU.

        Responder

          L@!r M@r+3$

          17 de agosto de 2018 às 16h31

          Então Foo… pega uma declaração minha defendendo Venezuela. Cada uma. Se fosse o Hitler você estaria na porta do tribunal de Haia pedindo a libertação dele? Você é um nazista imundo? Para de tentar sair do assunto.

          Responder

            Foo

            17 de agosto de 2018 às 17h20

            Leia de novo o que eu escrevi.

            Se a declaração da ONU fosse contra a Venezuela, você estaria celebrando.

            Mas como é contra Lula, que você compara com Hitler, você critica.

            Essa comparação, aliás, confirma que o seu ódio é maior do que o seu senso de justiça.

            Responder

Ari

17 de agosto de 2018 às 11h28

Um gozador! Ciro, grande liderança…rsrsrs

Responder

Foo

17 de agosto de 2018 às 11h21

Isso jamais teria acontecido se Lula e o PT seguissem a recomendação covarde de desistir da candidatura.

A bola agora está com o judiciário, que poderá acatar a decisão ou demonstrar, mais uma vez, que Lula é um preso político, que está abaixo da lei.

Responder

    Valdeci Souza

    17 de agosto de 2018 às 12h13

    Lula é um preso político , que está a margem da Lei.i

    Responder

      Foo

      17 de agosto de 2018 às 12h35

      Se o Judiciário assim decidir, vai levar outro puxão de orelha da ONU e fortalecer o entendimento de que seus direitos não estão sendo respeitados.

      Responder

      Yan

      17 de agosto de 2018 às 18h05

      LULÃO MEU PRESIDENTE!

      Responder

    Serg1o Se7e

    17 de agosto de 2018 às 12h47

    Luis Inacio não é um preso político.
    Ele é um político preso.

    Responder

      Foo

      17 de agosto de 2018 às 15h02

      Que jogo de palavras criativo e original! Foi você quem inventou???

      Ironias à parte, se você puder nos dizer como o triplex foi transferido a ele, quando e por quem; e quais foram os atos ilegais cometidos em contrapartida; apenas assim poderemos aceitar que a condenação foi justa.

      Mas você não poderá dizer como, quando, por quem o imóvel foi dado à Lula, pois ele nunca deixou de ser da OAS; e nem que atos foram cometidos, pois Lula foi condenado por “atos indeterminados”.

      O seu ódio é maior do que o seu senso de justiça.

      Responder

      Yan

      17 de agosto de 2018 às 18h03

      Né não viu? ELE É PRESO POLÍTICO E VC ESTÁ SENDO PAGO PARA FALAR MAL DELE.

      Responder

sergio ferreira

17 de agosto de 2018 às 11h20

Essa onu também reza na cartilha do Lula?
Ela colabora para a hegemonia do PT?
Não sabe que o Ciro é a grande liderança da esquerda brasileira?
A ONU quer alquimin e bolsonaro no 2º turno?

Brasileiros da Silva: denunciemos esses defensores de direitos humanos!

Responder

    CézarR

    17 de agosto de 2018 às 11h45

    Meu Deus, vocês são Cirófolos! Qual a relação?

    Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com