História: Brizola na Unicamp em 1987

Policial militar revista homem na favela da Rocinha, no Rio Imagem: Eduardo Anizelli - 23.out.2017/Folhapress

Mortes provocadas por policiais batem recorde no Rio

Por Redação

18 de abril de 2019 : 20h21

No Rio, homicídio doloso em março é o menor para o mês em 28 anos

Karina Nascimento
17/04/2019 13:58h

Continuando a tendência de redução iniciada no começo deste ano, os homicídios dolosos e a letalidade violenta (homicídio doloso, lesão corporal seguida de morte, latrocínio e morte por intervenção de agente do Estado) caíram pelo terceiro mês consecutivo – quando comparados com o mesmo período do ano passado. Em março deste ano, foram registradas 344 vítimas de homicídio doloso, uma redução de 32% em relação a março de 2018. Este foi o mês de março com o menor número de vítimas desde o início da série histórica, em 1991, e também o segundo menor número para o indicador desde novembro de 2015 – o menor foi em fevereiro deste ano . Na comparação do primeiro trimestre deste ano (janeiro, fevereiro e março), a queda foi de 26% em relação ao mesmo período de 2018.

O indicador letalidade violenta diminuiu 24% em relação a março de 2018 – foram 489 vítimas em 2019 e 643 em 2018. Na comparação trimestral, a redução foi de 18%. Os roubos seguidos de morte (latrocínio) também apresentaram queda em março: foram 11 mortes em março de 2019 e 20 no mesmo período do ano passado. Já as mortes por intervenção de agente do Estado apresentaram um aumento de 18% em março deste ano quando comparado ao mesmo mês de 2018 (o mesmo percentual foi observado na comparação trimestral). Apesar do aumento em relação a 2018, as mortes por intervenção de agente do Estado vêm apresentando queda desde o começo do ano – em janeiro foram 160 mortes, em fevereiro foram 145 e, em março, 129 mortes.

Nos crimes contra o patrimônio, os roubos de veículos e de cargas também seguem a tendência de redução em março. No terceiro mês do ano foram 638 ocorrências de roubos de carga, uma queda de 31% em comparação com o mesmo período do ano passado – no primeiro trimestre deste ano, a redução foi de 23% para o mesmo período de 2018. O número de roubos registrados em março deste ano é o menor desde setembro do ano passado. Cabe ressaltar que o indicador está em queda contínua desde janeiro de 2019. A diminuição registrada pelos roubos de veículos em março de 2019 foi de 30% em relação a março de 2018. No primeiro trimestre, a queda foi de 28%.

Os roubos de rua (roubo a transeunte, roubo em coletivo e roubo de aparelho celular) aumentaram 6% em relação a março de 2018. Em relação ao primeiro trimestre deste ano, o aumento foi de 3% quando comparado ao mesmo período do ano passado.

Comparação entre março de 2018 e março de 2019 por AISP

No mês de março, duas Áreas Integradas de Segurança Pública (AISP) da Zona Norte da Capital apresentaram quedas em alguns indicadores: a AISP 16 (Olaria e adjacências) registrou a maior diminuição em roubo de carga, e a AISP 41 (Irajá e adjacências) teve a maior redução de roubos de veículos.

Na Baixada Fluminense, a AISP 21 (São João de Meriti) apresentou a segunda maior queda em homicídio doloso e a terceira maior em roubo de veículo. A AISP 07 (São Gonçalo) teve a segunda maior diminuição de roubo de veículo e a terceira maior de roubo de carga.

Os dados divulgados pelo Instituto de Segurança Pública são referentes aos Registros de Ocorrência (ROs) lavrados nas delegacias de Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro durante o mês de março.

Texto publicado no site do ISP.

***

O Cafezinho compilou dados do Instituto para elaborar uma tabela com os principais números de segurança. Todos os números continuam absurdamente altos. Os roubos no primeiro trimestre caíram em relação ao ano passado, mas estão bem mais altos que em anos anteriores.

E há um recorde: o número de mortes causadas por intervenção policial atingiu 434 óbitos no primeiro trimestre deste ano, o maior da série histórica.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

20 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Zé Maconha

19 de abril de 2019 às 14h20

Dificilmente isso vai acontecer com um branquelo de classe média alta como eu mas se um policial matar alguém da minha família eu compro uma arma e mato todos os eleitores do Bolsonaro que eu puder.
Punição justa e irônica para esses apoiadores de assassinos.

Responder

    Sergio Araujo

    19 de abril de 2019 às 18h52

    Vòce è normal…?

    Responder

LUPE

18 de abril de 2019 às 21h56

Caros leitores

MAS O CULPADO É O PT !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Responder

    Paulo

    18 de abril de 2019 às 22h54

    Lúmpen, você leu apenas o título da matéria, que é enganoso e induz a erro. Leio o texto todo!

    Responder

      Paulo

      18 de abril de 2019 às 22h55

      Leia…!

      Responder

        LUPE

        18 de abril de 2019 às 23h49

        Não quero saber

        O CULPADO É PT !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

        COMUNISTAS !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!1

        Responder

      LUPE

      18 de abril de 2019 às 23h23

      MAS O CULPADO É O PT !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      COMUNISTAS !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      Responder

        Paulo

        19 de abril de 2019 às 00h14

        A culpa do PT, que é vasta, não se dirige a essa questão tratada nesta postagem (aliás, nem como culpa nem como mérito)…

        Responder

          Sergio Araujo

          19 de abril de 2019 às 18h54

          O PT fàz parte do crime organizado, nào vejo porque deveria se autodestruir.

          Responder

    Justiceiro

    19 de abril de 2019 às 12h15

    Luluzinho, leu a compilação?

    O primeiro item mostra 2010 com 220 enquanto que com o capitão 434.

    Quem era o presidente em 2010?????????????????????????????????????????????

    Responder

      lucio

      19 de abril de 2019 às 14h22

      entao para vc homicidio por intervençao policial é uma coisa positiva, um merito de ser apresentado ao mundo com orgulho?
      torço para o proximo seja vc.

      Responder

        Fernando

        19 de abril de 2019 às 18h47

        Claro , caro ruminante petista, que a morte por intervenção policial é uma coisa positiva. Negativa é homicídio de gente honesta e trabalhadora praticada pelos bandidos. Continue saindo para assaltar e você poderá ser o próximo morto por intervenção policial.

        Responder

          lucio

          19 de abril de 2019 às 20h12

          nao sou pt, nem voto. e vc nazista de merda (doente mental sadico e covarde) deveria ser eliminado imediatamente.
          mas o meu prazer é que quem vai fazer isto é a mesma policia, por “incidente”, kkkkkkk

          Responder

            Fernando

            19 de abril de 2019 às 23h02

            Ora ruminante, mas eu sou a polícia ! kkkkkkkkk

            Responder

              lucio

              20 de abril de 2019 às 19h40

              meu sogro tambem, delegado da civil

              Responder

                Fernando

                21 de abril de 2019 às 07h42

                Tá se garantindo no seu sogrinho , cuzão ? Seu sogrinho é matador ou é daqueles que não resolve crime nenhum e vive escondido em algum serviço administrativo da civil ? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

                Responder

                  lucio

                  21 de abril de 2019 às 10h13

                  matou pessoalmente varios, por isto conheço bem a situaçao.. mas estamos em otimo relacionamento, entao se precisar posso pedir para ele estourar o cu dos outros, kkkk.

                  p.s. eu sou estrangeiro, ex economista e nao saio para assaltar como vc mim caluniou. claro que entendo a necessidade e a importancia da policia (meu pai na europa era tambem policial), mas matar gente por “erro” ou “suspeitos” já rendidos ou desarmados, e fazer isto com PRAZER, é inaceitavel e deveria ser objeito de estudo psiquiatrico.

                  Responder

                    Renato

                    21 de abril de 2019 às 18h49

                    Matou pessoalmente vários ? Você é um comédia, um fanfarrão. Delegado não mata ninguém, ainda mais vários, seu cagão. O único que vai ter o cu estourado será você ! kkkkkkkkkkkkk

                    lucio

                    21 de abril de 2019 às 20h03

                    renatinha,
                    quando era mais novo ainda nao era delegado. se formou mais tarde.
                    vai pra merda nazista psicopata. pegue um cancer no anus

                  lucio

                  21 de abril de 2019 às 10h53

                  fernando,
                  depois mim explique (reflita bem!) quem seria esta mitica gente “honesta” neste pais… que porcentual nunca deu um calote, sempre pagou o condominio, nunca sonegou imposto, nunca deu o recebeu um “presentinho”, nunca foi protagonista de uma rixa, de uma ameaça, de uma injuria, de uma difamaçao (fofoca), nunca bateu em ninguem, nunca se aproveitou dos parentes ou do marido… hein?
                  todos estes comportamentos sao disonestos e criminosos. se a policia tiver quer matar todos estes, o pais ficaria com 23 abitantes, kkkkkkkkkkkk.
                  por exemplo pessoalmente prefiro um assaltante do que um caloteiro o uma mulher aproveitadora, pelo menos o primeiro assume o risco e nao tira onda de honesto!

                  Responder

Deixe uma resposta

x
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com