Câmara discute privatização da Eletrobras

61% dos brasileiros não querem ter arma em casa

Por Redação

24 de maio de 2019 : 22h27

Mas poderíamos ter feito manchete diferente, que 37% querem ter arma de fogo em casa, o que me parece muita coisa.

A diferença de gênero, no entanto, é gritante. 71% das mulheres não querem ter arma em casa, ao passo que, entre homens, 50% não querem ter armas em casa.

Interessante ver como entre jovens de até 24 anos, 67% não querem ter arma em casa, é o segmento que mais tem ojeriza a armas de fogo.

Os dados são do Paraná Pesquisa, e foram coletados entre os dias 14 e 18 de maio.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

9 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Marcio Dantas

25 de maio de 2019 às 12h12

Pode ser atè 99% contra 1%…o Direito a defesa da propria casa, da propria familia e dos proprios bens é indiscutível.

Quem não quer ter uma arma não a tenha, e quem nào quer levar um tiro entrando na casa dos outros sem convite fique na propria e nada aconteçerà.

Responder

    Gilmar Tranquilão

    25 de maio de 2019 às 12h45

    Larga de ser burro kkkkkk

    a defesa já é feita pela policia que vc já paga por ela mula kkkkk

    Responder

      Márcio Dantas

      25 de maio de 2019 às 13h39

      Fanfarrão.

      Responder

Henrique

25 de maio de 2019 às 11h49

“A diferença de gênero, no entanto, é gritante. 71% das mulheres não querem ter arma em casa,”. Gritante também é a diferença entre o número de homens e mulheres encarcerados nos presídios. Também é gritante a diferença entre o número de homens e mulheres presentes nas forças policiais. Miguel do Rosário e suas estúpidas observações.

Responder

Paulo

25 de maio de 2019 às 10h46

Eu não gosto do direito que o Estado se irroga de tutelar o cidadão…mesmíssima coisa ocorre com o voto obrigatório. Não nos respeitam e nos tratam como hipossuficientes…

Responder

Justiceiro

25 de maio de 2019 às 09h53

Se não querem, não comprem. Fácil.

Tem homem que não gosta de mulher. Por isso vão acabar com as mulheres? Aliás, melhor assim pois sobra mais mulheres pra nós.

Responder

    Suzi

    25 de maio de 2019 às 10h25

    Que comentário infeliz heim…. E ninguém vai morrer por tiro de mulher, e sim por tiro de arma.

    Responder

      Henrique

      25 de maio de 2019 às 11h44

      Nos governos do Petê ninguém morria por tiros de arma………

      Responder

Alan C

25 de maio de 2019 às 01h18

Isso não espanta nem um pouco, esse governo de amadores psicopatas só dá atenção pra coisas que não tem a menor urgência, é como aquele show de stand up que viralizou nas redes semana passada quando comparou o bozo a um síndico de um prédio pegando fogo, ao ser perguntado o que faria, bozo responde que é proibido gay na piscina, isso é o governo, quando perguntado o que farão pra criar empregos a resposta é azul e rosa.

Responder

Deixe uma resposta