Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

PT adere à estratégia de oposição propositiva

Por Redação

27 de maio de 2019 : 14h22

A coluna Painel, da Folha, noticia que o PT passou a adotar nova diretriz, de “formular propostas, para se contrapor às políticas de Bolsonaro”.

É uma decisão acertada.

Eu só faria uma pequena crítica: esse tipo de estratégia teria melhor resultado se fosse articulada com toda a oposição, incluindo partidos mais ao centro.

Será muito difícil para Bolsonaro aceitar propostas que venham com o “carimbo PT”.

Se elas vierem com o carimbo de várias legendas, incluindo algumas de centro, será mais fácil convencer o governo a adotar medidas que reduzam o sofrimento do povo brasileiro, que está demais.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

16 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Augusto

29 de maio de 2019 às 07h15

Vai ser dificil para gleisi mudar essa cultura popular de que o PT só governo pelo poder próprio e nao pelo povo.

Eles vao ter que abrir mao de muitas regalias para isso.

Responder

Justiceiro

28 de maio de 2019 às 08h09

Comece então devolvendo aqueles 100 milhões surrupiados dos aposentados

Também pode votar a favor da prisão em segunda instancia

Responder

    28 de maio de 2019 às 15h08

    Aproveite e peça para Bolsonaro devolver os milhões de neurônios que ele pegou de vocês, Minions. E por falar nisso, por onde anda o Queiroz?

    Responder

DOUGLAS ROCHA

27 de maio de 2019 às 23h09

Quadrilha do PT fingindo que faz politica, tão verdade quanto nota de 2 reais.

Responder

Brasileiro da Silva

27 de maio de 2019 às 22h21

Seria uma das propostas cobrar 3% em cada contrato, para o caixa do partido?

Responder

Henrique

27 de maio de 2019 às 20h49

“formular propostas, para se contrapor às políticas de Bolsonaro”. Que propostas ? Aquelas que levaram o país à recessão e ao bilionário déficit do orçamento ?

Responder

    28 de maio de 2019 às 15h12

    Tá vendo… a pessoa se informa na RedeMinion e dá nisso…

    Responder

Marcio

27 de maio de 2019 às 18h08

Ainda existe essa facção crimonosa ?

Responder

Olavo

27 de maio de 2019 às 16h44

Ninguém leva a sério um partido onde a principal pauta é a soltura de um condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Vivo dizendo que enquanto o PT insistir com esta baboseira de lula livre, jamais será um partido que o povo brasileiro acredite.

Responder

    27 de maio de 2019 às 17h51

    Olavo,
    vá ali na esquina ver se a terra é plana.

    Responder

      Olavo

      27 de maio de 2019 às 21h35

      Rê de cú é rola…

      Responder

        28 de maio de 2019 às 14h59

        Mais um conceito do mestre Olavo? Com essa escatologia toda o Mestre Olavo se mostra mesmo digno de entrar literalmente para os anais da História.

        Responder

Gustavo Aisen

27 de maio de 2019 às 16h06

O PT nunca fez oposição propositiva. Será que só agora entenderam que ser do contra por ser do contra não leva a nada?

Responder

    27 de maio de 2019 às 18h10

    Aproximação do “centro” é aproximação do cemitério político para a esquerda. Quando o golpe decidiu implodir o centro e, com ele, o PT, só conseguiu implodir o centro. Agora tentam atrair o PT com uma arapuca política de “centro”. Seria um erro terrível. O PT tem que ficar à esquerda.

    Responder

Alan C

27 de maio de 2019 às 15h16

Com atraso de 5 meses…. Essa barbie maluca do Paraná é uma Lula de saia.

Responder

    maria do carmo

    27 de maio de 2019 às 15h21

    So bobagens!

    Responder

Deixe um comentário