Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Nova revelação reforça parcialidade de Moro

Por Redação

20 de junho de 2019 : 21h29

O Código do Processo Penal (CPP) é claro:

Art. 254. O juiz dar-se-á por suspeito, e, se não o fizer, poderá ser recusado por qualquer das partes:

I – se for amigo íntimo ou inimigo capital de qualquer deles;

II – se ele, seu cônjuge, ascendente ou descendente, estiver respondendo a processo por fato análogo, sobre cujo caráter criminoso haja controvérsia;

III – se ele, seu cônjuge, ou parente, consangüíneo, ou afim, até o terceiro grau, inclusive, sustentar demanda ou responder a processo que tenha de ser julgado por qualquer das partes;

IV – se tiver aconselhado qualquer das partes;

A revelação feita hoje pelo blog de Reinaldo Azevedo, com trechos do diálogo entre os procuradores Dallagnol e Carlos Lima, em que eles se submetem, acriticamente, aos “conselhos” de Moro sobre o desempenho de uma procuradora, Laura Tessler, não deixa dúvidas: o juiz aconselhou uma das partes.

Se aconselhou, sem que a defesa tivesse conhecimento, ele foi parcial, e, portanto, suas decisões podem ser contestadas e anuladas.

Para entender a gravidade da coisa, imaginem se o vazamento mostrasse um diálogo entre Sergio Moro e Zanin, o advogado de Lula, em que o juiz orienta o advogado sobre o desempenho de um de seus assistentes?

O mundo iria cair, e todos iriam concordar que o juiz é suspeito, parcial, sem condições de levar adiante um julgamento justo.

Os trechos vazados hoje remetem a um diálogo já divulgado pelo Intercept, entre Moro e Dallagnol:

Abaixo, os trechos vazados hoje:

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?