Incêndios na Amazonia mobilizam governos do mundo inteiro

A nova bomba da Vaza Jato

Por Redação

15 de julho de 2019 : 19h14

Assista a partir do minuto 1:05:30. Os diálogos e a reportagem escrita sobre o novo escândalo está no blog do Reinaldo Azevedo.

Reproduzo aqui o díalogo:

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

39 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Marcio

16 de julho de 2019 às 14h17

Censurando minha auto critica assim o chat vai ficando enfadonho, desse jeito vou deixar o play (parece que não sou bem vindo)…

Responder

João Ferreira Bastos

16 de julho de 2019 às 13h35

Pelo tipo de conversa entre o ladrãognhol e o juiz ladrão, a pratica de usar dinheiro da União para suas necessidades privadas, é comum
Não foi a primeira vez, isso se comprova pelo vídeo que foi feito e também pelo fato de aparecer milagrosamente 2,5 bilhões na conta corrente da justiça de CUritiba a serem administrados por uma fundação particular.
A proposito, a negociação destes 2,5 bilhões foi feita de maneira criminosa pela quadrilha de CUritiba, pois negociações com nações externas é de obrigação do Ministério do Exterior e não de uma varazinha de merda de 1 ª instancia.
E porque a PGR nunca foi comunicada desta negociação e dos 2,5 bilhões recebidos ?
Como sempre afirmei, na quadrilha de CUritiba, o de menor folha corrida é o japonês. É só contrabandista

Responder

Jeferson

16 de julho de 2019 às 13h34

kkkkkkkkk, mais um peido na água. Sério que estas conversas são a tal bomba?? Pelegos militontos, o povo brasileiro apóia o super herói Dr. Ministro Sérgio Moro e o futuro Procurador Geral da República, Dr. Deltan. Não adianta vir com mimimi e conversas roubadas.

Responder

    Jeferson

    16 de julho de 2019 às 14h12

    Perdi a noção de realidade, o baque foi DOÍDO… BUAAAA………

    Responder

SEVERINO CHIQUECHIQUE

16 de julho de 2019 às 13h00

MAIS UM TRAQUE!!!

Responder

    João Ferreira Bastos

    16 de julho de 2019 às 13h37

    Traque que deixou o ladrãognhol e o juiz ladrão completamente borrados de merda

    Responder

      Marcio

      16 de julho de 2019 às 13h42

      Nào està aparecendo o nome do Pilantra Maximo nas receptaçoes e estào desesperados…!?!? Kkkkkkkk

      Tem que cobrar mais do Bundevaldo pois assim nào vai ter jeito…

      Responder

        Marcio

        16 de julho de 2019 às 14h08

        Como eu sou patético, perdi meus direitos trabalhistas, perdi minha aposentadoria, agora defendo PECULATO, PREVARICAÇÃO, e ainda não posso reconhecer que fui feito de otário pelo DD, conge e CIA, tenho pena de mim serei o trouxa pelo resto da minha vida…

        Responder

        João Ferreira Bastos

        16 de julho de 2019 às 14h17

        Cara, quanto você cobra a diária ?

        Estou necessitando de um bolsolixo para passar pano no escritório.

        Responder

leandro oliveira

16 de julho de 2019 às 12h22

À luz das 10 medidas contra a corrupção:
1) Prevenção à corrupção, transparência e proteção à fonte de informação:
Cadê a transparência, a prevenção à corrupção desse órgão jurássico e por´que a crítica e a invenção do hacker de aracker ?
2) Criminalização do enriquecimento ilícito de agentes públicos:
Parece que essa regra foi feita justamente para apanhar CONJE, DD e seus comparsas…

Responder

Aureliano

16 de julho de 2019 às 10h41

OUTRA BOMBA!

EX-DIRETOR DA ODEBRECHT DIZ TER SIDO COAGIDO PELO MP A CONSTRUIR RELATO NO CASO DO SÍTIO DE ATIBAIA

Ex-diretor da Odebrecht diz ter sido coagido pelo MP a construir relato no caso do sítio de Atibaia

Mais uma denúncia bombástica atinge a Lava Jato. Em depoimento ao Tribunal de Justiça de São Paulo, o executivo Carlos Armando Paschoal diz ter sido coagido pelo Ministério Público a construir um relato sobre o sítio de Atibaia (SP), que rendeu a segunda condenação ao ex-presidente Lula, que vem sendo mantido como preso político desde abril do ano passado no Brasil

16 de julho de 2019, 06:40 h

247 – O ex-diretor-superintendente da Odebrecht Carlos Armando Paschoal disse à Justiça de São Paulo que foi “quase que coagido a fazer um relato sobre o que tinha ocorrido” e que teve que “construir um relato” no caso do sítio de Atibaia, aponta reportagem do jornalista Nathan Lopes, no Uol. O caso do sítio rendeu a segunda condenação ao ex-presidente Lula, que vem sendo mantido como preso político desde abril do ano passado.

Paschoal prestou depoimento no TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) no último dia 3 de julho como testemunha. “No caso do sítio, que eu não tenho absolutamente nada, por exemplo, fui quase que coagido a fazer um relato sobre o que tinha ocorrido. E eu, na verdade, lá no caso, identifiquei o dinheiro para fazer a obra do sítio. Tive que construir um relato”, disse ele. Ao explicar o que seria “construir um relato”, Paschoal disse que seria apontar algo como “olha, aconteceu isso, isso, isso e isso; e eu indiquei o engenheiro para fazer as obras”. Paschoal não explicou exatamente como teria sido a coação do MP nem deu mais detalhes sobre se o que teria sido “construído” em seu depoimento.

https://www.brasil247.com/poder/ex-diretor-da-odebrecht-diz-ter-sido-coagido-pelo-mp-a-construir-relato-no-caso-do-sitio-de-atibaia

Responder

    Marcio

    16 de julho de 2019 às 12h24

    “quase que coagido…” Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Que lugar…

    Responder

Alexandre Neres

16 de julho de 2019 às 09h16

Agora o DD exigiu diárias no Beach Park para si próprio, para a esposa e para os pimpolhos no fim de semana. Proferiu palestra defendendo valores éticos (sic) numa quinta-feira. Provavelmente estava trabalhando no dia. Ganhou na palestra 30k. No ano 400k. Este é o naipe do paladino contra a corrupção. Não passa de um vendilhão do templo.

Responder

    Marcio

    16 de julho de 2019 às 09h38

    Fèz pra là de bem…palmas pra ele !!

    Por outro tem gente que continua gritando Lula Livre feito um retardado com pào com mortadela vencida na mào.

    Responder

      Batista

      16 de julho de 2019 às 10h15

      Pedala, marcinho!

      Responder

        Marcio

        16 de julho de 2019 às 10h56

        …esqueci o suco de groselha quente !! Kkkk

        Responder

          kause

          16 de julho de 2019 às 12h17

          pedaaaaaaaala marcinho

    João Ferreira Bastos

    16 de julho de 2019 às 13h26

    como o ladrãognhol e o juiz ladrão tem por habito se apropriar de valores e bens da união, não seria de se estranhar que o ladrãognhol tenha dado de presente para seus pimpolhos os dois Ipods roubados dos netos do LULA

    Responder

Tony Gomes

16 de julho de 2019 às 08h50

Olá Reinaldo, bom dia! Deus abençoe você,gosto muito dos seus comentários… você tem lado mais seus comentários não, assim como seus comentários deveria ser a justiça brasileira segui sempre a verdade… dóa a quem doer”. abraço.

Responder

Deus Dourado

16 de julho de 2019 às 01h39

O nome disso é roubo.

Responder

Paulo Juaci de Almeida Brito

15 de julho de 2019 às 22h42

Reinaldo Azevedo está quase flutuando no primeiro vídeo!…Confesso que eu também estou rindo de orelha a orelha!…Eu vi o grande empenho deste jornalista em mostrar o absurdo da atuação de Moro e a turma da Lava Jato no processo do caso do tríplex que resultou na condenação do ex-Presidente Lula.ejo com absolutamente justa a atual manifestação de R. Azevedo que, na verdade, em nenhum momento extrapola em suas manifestações inclusive contra o Presidente Bolsonaro e seus filhos políticos.

Responder

Paulo

15 de julho de 2019 às 22h42

Ou seja, quando virá o “Big One” do “Intercept”? Reinaldo Azevedo vai terminar dando bom dia a cavalo, desse jeito…

Responder

    Marcio

    16 de julho de 2019 às 12h17

    Vì no maximo 5 minutos do programa desse elemento tempo atràs e achei prà la de ridiculo…esse sujeito fàz a pergunta para nào se sabe quem, constroi a narrativa sensacionalista e se responde sozinho…è normal isso ou ele tem algum problema ?

    Porque nào tira o chapeu no lugar de trabalho..? E’ o basico da educaçào.

    Responder

Paulo

15 de julho de 2019 às 22h27

Corrupção? Teria havido, se tanto, desde que cabalmente comprovado, claro, o crime de prevaricação…

Responder

NeoTupi

15 de julho de 2019 às 21h57

Ué, funcionário público desviar dinheiro que tem posse em razão do cargo não se trata de peculato?
Eis o que diz o código penal a respeito:
Art. 312 – “Apropriar-se o funcionário público de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou particular, de quem tem a posse em razão do cargo, ou desviá-lo, em proveito próprio ou alheio”: Pena – reclusão, de 2 (dois) a 12 (doze) anos, e multa”.

Responder

Onofre Junqueira

15 de julho de 2019 às 21h32

Até agora Glenn Greenswald só expeliu peidos nas narinas dos petistas !

Responder

    ;

    16 de julho de 2019 às 12h19

    Brincam com a cara desses atrapalhados e eles acham o maximo da vida…que lugar surreal.

    Responder

      ;

      16 de julho de 2019 às 12h25

      O Verdevaldo brinca…

      Responder

carlos

15 de julho de 2019 às 20h38

Se havia um caixa não oficial no trf4, nesse caso comandado pelo Moro, isso não é o que ele mesmo diz em seu livro o que define caixa2? Tenho o orçamento, roteiro, e o vídeo de propaganda foi feito. Isso, segundo os moldes das condenações da LJ, são elementos suficientes para condenar alguém.

Responder

    Marcio

    16 de julho de 2019 às 09h36

    Moro no TRF4…?

    Um dia desses vou me candidatar tambèm pois com um eleitorado desse nivèl estou perdendo tempo e dinheiro com meu trabalho.

    Responder

Marcio

15 de julho de 2019 às 20h27

Eita…agora vai !!

Estava imaginando o Bundevaldo fazendo essas palhaçadas na Russia, na China ou na nossa amada Venezuela…

Responder

    Marcio

    15 de julho de 2019 às 20h38

    Meu nome eh ”Marcio”, e eu sou um miliciano bandido corrupto de merda, pago pra vir cagar nos sitios progressistas!!!

    Responder

      Marcio

      15 de julho de 2019 às 20h56

      Que sítio…o de Atibaia oh tontolão ?

      Responder

        Marcio

        15 de julho de 2019 às 22h31

        Eu sou Marcio, o tontolao de cu eh rola, e eu sou um miliciano corrupto e pilantra! ganho 5 centavos por cadda cagada que cago aqui

        Responder

degas

15 de julho de 2019 às 19h43

Resumo da bomba:
Deltan pede dinheiro a Moro para a produção de peça publicitária para combater a corrupção. Moro disse se fosse possível apoiaria e fica de responder depois. Fim.

Prova de autenticidade das mensagens:
Nenhuma.

Responder

    degas

    15 de julho de 2019 às 20h29

    Adendo:
    A força-tarefa da operação Lava Jato em Curitiba garante que “nunca houve qualquer tipo de direcionamento de recursos da 13ª Vara Federal para campanha publicitária”.

    Conclusões possíveis:
    1 – Moro viu que não era possível.
    2 – Verdevaldo inventou o diálogo (e quebrou a cara de novo).

    Responder

    Alexandre Neres

    16 de julho de 2019 às 09h23

    Caro Degas, mal que lhe pergunte, já ouviu falar na Teoria da Cegueira Deliberada? Ora ora, o que tem demais em reunião de coordenação e de planejamento entre a PF, o MPF e a Justiça Federal, presidida pelo capo? O sistema de freios e contrapesos, no qual polícia investiga, procurador acusa e juiz julga com equidistância das partes, que se lasque.

    Responder

      degas

      16 de julho de 2019 às 14h07

      Falando em não querer ver, note que eu falei de um fato e você já quis fugir para outro. A bomba de ontem era o pedido de 38 mil do Deltan. Sobre isso, se o diálogo do Verdevaldo for verídico, já se esclareceu que:
      – O Moro poderia liberar o valor, oriundo de penas pecuniárias que o juiz deve distribuir.
      – Ele não liberou valor algum.
      – Quem pagou os 38 mil foram associações de procuradores.

      Ou seja, mesmo que o diálogo seja verdadeiro, ele não diz nada demais. Sabendo disso, você já pula para contatos que devem ser perfeitamente legais (teria que ver cada caso específico). E assim se vai, de um falso escândalo para outro. Mas nada se sustenta.

      Estou errado? Existe algo muito grave e alguma mensagem do Verdevaldo prova isso? Leve a coisa para a Justiça e decida lá. Não levam porque sabem que nada têm, só querem fazer barulho com os amiguinho vermelhos ou comprados por estes na imprensa.

      Responder

    Batista

    16 de julho de 2019 às 11h17

    Para os que pensam praticar-se apenas o Duplo Twist Carpado em esforços ginásticos, está cá no Cafezinho a prova viva de que há quem arrisque na ginástica política, sem medo de ser hilário o Triplo Twist Carpado.

    Divertido apreciar o ‘ginasta’ em questão a retorcer-se para explicar o inexplicável.

    Perdeu, pascácio!

    O ora tocável Batman de Curitiba já está sem capa, sem aureola e ruma pra perder de vez o eixo, agarrado ao pai do chapeiro.

    Responder

Deixe uma resposta