Entrevista de Lula à Revista Forum

Promotor do Gaeco Lincoln Gakiya, que investiga o PCC desde 2005 e foi o responsável por pedir transferência de Marcola . Divulgação.

Promotor de SP derruba factoide de PCC “aliado” ao PT

Por Redação

09 de agosto de 2019 : 21h08

O factoide durou quase o dia todo, porque a PF vazou trecho de grampo em que um membro do PCC dizia que “o PT tinha diálogo com nois cabuloso, mano”.

O PT respondeu logo cedo, com uma nota, chamando de armação e notícia forjada, mas a máquina de fake news trabalhou freneticamente, virando o assunto mais comentado do twitter.

A TV Record e o Estadão foram os meios que agiram com mais irresponsabilidade, porque divulgaram o factoide sem oferecer nenhum tipo de contraponto jornalístico.

O presidente Jair Bolsonaro tentou tirar uma casquinha e fez uma postagem sobre o tema.

À noite, porém, o promotor de Justiça do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), do MP-SP (Ministério Público de São Paulo), Lincoln Gakiya, um dos principais especialistas em PCC no país, desfez o factoide.

Leia notícia abaixo.

***

No UOL

Não há indicativo de negociação do governo PT com o PCC, afirma promotor

Por Luís Adorno
Do UOL, em São Paulo
09/08/2019 19h47

Resumo da notícia:

  • Promotor que pediu transferência de Marcola diz que não há ligação entre PCC e PT
  • Preso que falou sobre suposta ligação não é integrante da cúpula do PCC
  • Governo federal e ministro Moro não tiveram ligação com o enfrentamento ao PCC

Interceptações telefônicas realizadas pela PF (Polícia Federal) e divulgadas hoje (9) apontam o preso Alexsandro Roberto Pereira, vulgo Elias, afirmando que o PCC (Primeiro Comando da Capital) estabelecia diálogos com o PT e que a facção teme o ministro Sergio Moro. Mas segundo o promotor responsável por investigar o grupo, Pereira não integra a cúpula do PCC, e não há indícios de negociações entre a facção e o PT.

“Pra você ver, o PT com nois [sic] tinha diálogo. O PT tinha diálogo com nois cabuloso, mano, porque… situação que nem dá pra nois ficar conversado a caminhada aqui pelo telefone, mano. Mas o PT, ele tinha uma linha de diálogo com nois cabulosa, mano”, disse o preso, segundo relatório da PF revelado pela TV Record e pelo jornal “O Estado de São Paulo”. A PF informou que o criminoso seria líder do PCC.

Reportagem de televisão sobre o assunto foi compartilhada nesta tarde pelo presidente Jair Bolsonaro, que disse que “um líder da facção criminosa PCC revela sentir falta do ‘diálogo cabuloso'”.

O promotor de Justiça do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), do MP-SP (Ministério Público de São Paulo), Lincoln Gakiya, responsável por pedir, no fim do ano passado, as transferências dos chefes da facção de presídios paulistas para o sistema penitenciário federal, negou, em entrevista exclusiva ao UOL, que Pereira integre a cúpula da facção.

Atualmente, ele é considerado como o principal investigador do país contra o PCC.

“Não há nenhum indicativo de negociação do governo PT com o PCC. Aliás, é bom que se diga que os presos não foram transferidos em décadas de governo PSDB em São Paulo”, afirmou Gakiya.

“Não é integrante da cúpula. Apenas traduziu o que tanto os presos em geral, quanto a própria população pensam. Ou seja, que a remoção dos líderes do PCC foi obra do governo Bolsonaro e do ministro Moro. Informação distorcida. A investigação sobre o plano de resgate e o pedido de remoção de Marcola foi feito por mim, ou seja, pelo MP, e deferido pelo juiz da 5ª VEC (Vara de Execução Criminal) de São Paulo”, afirmou.

O promotor disse que “o governo federal teve o papel somente de disponibilizar vagas através do Depen (Departamento Penitenciário Nacional) e de organizar a ‘logística da transferência’. Apenas isso, o mesmo se diz do governo Doria, que também apenas auxiliou na logística. O que houve foi apenas cumprimento de ordem judicial. Não cabia ao governo federal ‘determinar’ ou ‘negar’ as transferências”.

O procurador de Justiça Márcio Sérgio Christino, que investigou o PCC no início dos anos 2000, endossa o promotor. “O envolvimento do PCC com partidos políticos sempre foi a aventada e nunca comprovada. As lideranças sempre evitaram este tipo de ligação, porque só tem a perder, eis que se expõem a situações que estão além de seu controle. A organização busca dinheiro, fora isto não tem outros interesses”, disse à reportagem.

Segundo a PF, Pereira é um dos integrantes da facção que trabalham na arrecadação de fundos para a organização criminosa. Esse braço, conhecido como “resumo da rifa”, foi um dos alvos da Operação Cravada, que mirou gerentes financeiros do PCC com 30 mandados de prisão em sete estados. “Rifa” é como são chamadas as colaborações financeiras feitas para a facção. Os integrantes em questão estão no terceiro escalão da facção.

Por meio de nota, o PT afirmou que esta é “mais uma armação como tantas outras forjadas” contra a legenda. Informou, também, que a Polícia Federal está subordinada ao ministro Sergio Moro, que estaria “acuado”. “É Moro que deve se explicar à Justiça e ao país pelas graves acusações que pesam contra ele”, diz a nota do PT.

***

O diálogo em questão, que cita o PT, começa no minuto 44:00. O Elias xinga Sergio Moro de “filho de puta” e, em seguida, fala que o PT tinha “diálogo com nós”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

24 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Mastercard

13 de agosto de 2019 às 23h19

Bom diaA Promoção Surpreenda, criada pela Mastercard, é um um sucesso há vários anos. Com ela, o cliente ganha 1 ponto sempre utiliza os seus Cartões Mastercard e, a partir de 5 pontos, pode comprar diversos produtos e ganhar outro igual para compartilhar com alguém especial. O catálogo de parceiros inclui shows, pacotes turísticos, passagens aéreas, refeições em restaurantes, assinatura de revistas e muitos outros produtos.
http://www.masterbrasiloficial.ga

Responder

FELIPE GOMES

12 de agosto de 2019 às 07h53

Dezesseis anos de governo do pt e nenhuma reclamação do pcc, 8 meses de governo da direita que tem feito justiça no pais e retirando as tetas dos patrocinados pelo estado já está sendo desmantelada a maior facção criminosa do país. O que mais pagará o preço por isso será o Moro e os que mais serão beneficiados são os esquerdopatas defensores de bandidos. A hipocrisia petista não tem fim, soltam uma breve nota sobre a gravação atacando o moro ao invés de apresentar argumentos consistentes que comprova a suposta armação.

Responder

Alan C

10 de agosto de 2019 às 20h02

PCC é aliado do PT

Quem disse pra fazer meno cocô foi o Lula… uhahuauhauhauhauhauhauha

Responder

Jardel

10 de agosto de 2019 às 18h29

Pra quem diz que o Nazismo era de esquerda e que a Rede Globo é comunista, dizer que o PCC é aliado do PT é fichinha.
O Bozo pode dizer qualquer coisa, afinal ele é o mito dos bozoloides.
Quem acredita no terraplanista Orgasmo de Cavalo, pode facilmente acreditar num marginal cheio de CONVERSA FIADA.

Responder

Ana

10 de agosto de 2019 às 18h14

Mais uma fake news do governo atual.

Responder

Jeremias Niko

10 de agosto de 2019 às 16h56

ENGRAÇADO que nao foi em aviao do PT que se achou cocaina varias vezes. Foi no aviao do Bozo e nos avioes dos amigos politicos do Aécio Neves do psdb e curiosamente quem é metido com milicia, gente que mata gente por dinheiro e fazendo justiça por proprias mâos, é o Flavio Bolsonaro. Alias, o Aécio cheira pra caramba e todo mundo que o cerca sabe disso.

Responder

Marcio

10 de agosto de 2019 às 13h31

Até hoje nada foi feito contra o crime organizado no Brásil e o mesmo tomou conta de tudo na maior tranquilidade nos últimos anos.

Porque não deveriam gostar do PT…?

Criminais também votam.

Responder

    Jus Ad Rem

    10 de agosto de 2019 às 22h01

    “Até hoje nada foi feito contra o crime organizado no Brásil “… “Porque não deveriam gostar do PT ?”

    Ah, tá… o PT sempre governou e governa até hoje… sei…
    Que idade você tem, garoto? Vá ler gibi.

    Responder

      Marcio

      10 de agosto de 2019 às 23h38

      #dirceulivre

      Responder

    Jardel

    10 de agosto de 2019 às 22h47

    Quem fez acordo com o PCC foi o Geraldo Alckmin do PSDB.
    Dá um google aí e procure se informar.

    Responder

Justiceiro

10 de agosto de 2019 às 11h09

É muita coincidência…

PT e PCC são comandados de dentro da cadeia

Tesoureiros do PT e PCC estão todos presos.

Responder

    Marcio

    10 de agosto de 2019 às 11h13

    Facçoes criminosas puras, nada mais do que isso, o resto è papo.

    Responder

      marcio justiceiro

      10 de agosto de 2019 às 18h48

      somos um dos micianos bandidos que adoram bandidos milicianos e corruptos

      Responder

    Jus Ad Rem

    10 de agosto de 2019 às 23h01

    O presidente Bozo elogia milicianos, emprega como funcionárias fantasma a mãe e a mulher do miliciano assassino foragido e, o PT é que é aliado de bandidos… sei…

    Responder

Justiceiro

10 de agosto de 2019 às 11h06

“O procurador de Justiça Márcio Sérgio Christino, que investigou o PCC no início dos anos 2000, endossa o promotor. “O envolvimento do PCC com partidos políticos sempre foi a aventada e nunca comprovada.”
*****************

É mesmo?

Irmão do deputado estadual Luiz Moura (PT) – flagrado pela polícia em reunião com dezoito integrantes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) -, o vereador paulistano Senival Moura (PT) é alvo de investigação do Ministério Público de São Paulo por suspeita dos crimes de formação de quadrilha e corrupção”

Lembram desses irmãos petistas, petistas?

Responder

Hadassa

10 de agosto de 2019 às 09h30

Mas uma armação, envolvendo o PT ,um fake News sustentado por um chefe de estado.

Responder

    Marcio

    10 de agosto de 2019 às 09h32

    Fale news nada, não tem nada de inventado, é o que o cara do PCC falou.

    Responder

      Jardel

      13 de agosto de 2019 às 21h13

      Que cara do PCC??? Então se esse cara que estão dizendo que é do PCC dizer que o Lula é inocente você acredita, né?
      Só falta colocarem a camisa do PT no cara e tirar uma foto, como fizeram com o sequestrador do Abílio Diniz
      Gente idiota acredita em tudo o que gosta de ouvir.

      Responder

Delio

10 de agosto de 2019 às 09h12

Na boa, só bobo que acha que o crime não tem seus tentáculos na política. Se eles usam(compram) policiais, advogados, políticos, juízes, nada duvido que tenham seus informantes e aliados dentro dos partidos e órgãos de governo.

Responder

Almir

10 de agosto de 2019 às 09h00

Sem entrar na discussão PT e PCC, o papel do MP não é investigar (apesar de sempre tentar usurpar essa função). Dizer que um promotor é o maior especialista num assunto relacionado à criminalidade é o mesmo que chamar um comentarista esportivo de maior especialista em futebol. Os técnicos vão dar risada.

Responder

Alan C

10 de agosto de 2019 às 07h42

Quem ligou o PCC ao PT??? O mesmo diretor da Netflix que colocou “com STF, com tudo” saindo da boca do Lula?? kkkkk

Responder

degas

10 de agosto de 2019 às 06h37

82,47%

Como todos sabem, alguns presidiários podem votar. Entre os que votaram na última eleição, 82,47% obedeceram ao comando das facções e votaram no PT. Quem tem líder na cadeia vota em quem tem líder na cadeia.

Quanto às GRAVAÇÕES de voz e seu conteúdo, comparar com as SUPOSTAS TRANSCRIÇÕES de diálogos de procuradores em termos de gravidade dos diálogos e carnaval da parcela petista da imprensa.

Responder

Paulo

09 de agosto de 2019 às 22h03

Olha, se o Lincoln Gakiya disse, em princípio, eu acredito, porque faz tempo que ele, dentro do MP estadual, em SP, tem sido o mais atuante promotor de justiça agindo contra o crime organizado, e, até por isso, está com o pescoço a prêmio, jurado de morte, pelo PCC! Mas o PT também não pode desacreditar a PF desta forma, sob o argumento de que ela está sob o jugo do Moro. A PF tornou-se um patrimônio do povo brasileiro – estou lendo, no momento, o livro dos Delegados da PF, Jorge Pontes e Márcio Anselmo, “CRIME.GOV – Quando Corrupção e Governo se Misturam”, que recomendo, onde os dois discorrem – com prefácio do Ministro do STF, Luís Roberto Barroso – sobre a corrupção institucionalizada que sequestrou o Estado brasileiro, e da qual os Governos petistas são os exemplos mais proeminentes. Pode acontecer, simplesmente, de ter havido a conversa e o criminoso estar exagerando, ou se gabando de contatos que nunca teve, ou de um tratamento mais favorável, na política criminal, embora não, necessariamente, tão “personalizado”, como faria crer, na gravação…lembrando que o próprio Governo tucano, em SP, já foi acusado de cumplicidade com o PCC, para deter os ataques de 2006…

Responder

chichano goncalvez

09 de agosto de 2019 às 21h38

Como dizia a finada vovó: a mentira tem pernas curtas ! Esta do corrupto do moro e da quadrilha que desgoverna o pais, durou menos que o carnaval de Sta. Izabel ( detalhe Sta Izabel não tem carnaval). Se neste pais tivessemos um povo serio e honesto, já teriam derrubado essa quadrilha do poder.

Responder

Deixe uma resposta para Justiceiro