Live do Cafezinho: como trazer a classe média de volta para campo progressista?

Guedes e o dólar alto

Por Redação

13 de fevereiro de 2020 : 00h19

Para defender o dólar alto, o ministro ofendeu as empregadas domésticas, dizendo que o câmbio favorável lhes ajudava a “viajar a Disney”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

12 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Fernando Gonçalves

14 de fevereiro de 2020 às 08h59

Vamos fazer um exercício de imaginação aqui. Se o ministro da fazenda de qualquer país desse mundo comemorasse a desvalorização da sua própria moeda, qual seria a reação da sociedade daquele país??

Responder

Alan C

13 de fevereiro de 2020 às 16h39

Agora fiquei na dúvida, quando o posto ipiranga despeja todo seu desprezo pelos pobres, ele está incluindo os pobres de direita??

kkkk

Responder

Alexandre Neres

13 de fevereiro de 2020 às 13h22

Tchutchuca agora promete cortar os direitos trabalhistas dessa gentalha. “Onde já se viu, essa gentinha estudando nas mesmas faculdades que nós e nossos filhos?” O próximo passo será ressuscitar o elevador de serviço.

Responder

Wellington

13 de fevereiro de 2020 às 07h57

Todas as vezes a esquerdalha cai de boca aberta nessas armadilhas…e mesmo assim ainda não aprendem a fazer oposição. Kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Chega a ser bem engraçado viu. Kkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

    Alan C

    13 de fevereiro de 2020 às 12h19

    “armadilhas” kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Vc já foi mais criativo andressa kkkk

    Responder

Abdel Romenia

13 de fevereiro de 2020 às 07h28

A coxinhada de esquerda tá lascada com esse dolar alto e juros baixos do Tesouro Direto.
Mesmo com nojinho de pobre terão de viajar para Porto de Galinhas ou Cabo Frio esse ano, nada de Paris ou Miami.

Responder

Luiz

13 de fevereiro de 2020 às 02h48

Uma duvida me assola: o que Milton Friedman pensaria de um estado endinheirado em dólares que não fosse os EUA? O que Guedes pensa realmente a respeito estando em um país que precisa importar tecnologia?

Responder

Alan C

13 de fevereiro de 2020 às 00h57

Essa bozolândia é absolutamente nojenta.

Responder

    carlos

    13 de fevereiro de 2020 às 08h06

    Afinal de contas o economista de meia tigela não sabe que muitos produtos são negociados em dólar, que sua atitude serve para sufocar o nível da inflação e o consumo humano, depois falam da Venezuela, daqui a pouco vamos pedir esmola a esmola, porque o tio San não nos aceita mais.

    Responder

      Arthur Fonzarelli

      13 de fevereiro de 2020 às 08h56

      Sabe não, é so o Carlos que sabe. Kkkkkkkkkkkkk

      Responder

        carlos

        13 de fevereiro de 2020 às 11h57

        Em terra de miliciano, quem tem um olho é rei, e uns psicopatas, não sabem, não adianta ter o pão na padaria, e não ter dinheiro pra comprar o pão, por isso eu continuo dizendo a economia desse cidadão, é a mesma coisa de pedir esmola pra um cego.

        Responder

Paulo

13 de fevereiro de 2020 às 00h46

Esse pensa que é o cara…É um psicopata ou sociopata, segundo todos os indicativos. Somente isso…

Responder

Deixe uma resposta para Alan C