Live do Cafezinho: balanço dos partidos de esquerda

Covid-19: fabricante do Remdesivir abre mão de patente, mas exclui Brasil

Por Redação

15 de maio de 2020 : 15h28

A exclusão do Brasil da lista de países que poderia usar gratuitamente a patente de um dos antivirais mais promissores no combate à Covid-19 é mais uma consequência da incompetência da política externa do governo Bolsonaro, hoje voltada exclusivamente para teorias de conspiração e subserviência absoluta aos interesses dos Estados Unidos. 

****

Na Exame

A americana Gilead permitirá que 127 países possam fabricar o medicamento, que tem sido testado no combate ao coronavírus

Por Juliana Estigarribia, Carolina Riveira
Publicado em: 14/05/2020 às 19h08 – Alterado em: 15/05/2020 às

A farmacêutica americana Gilead Sciences, que fabrica o antiviral Remdesivir, remédio que vem sendo testado contra a covid-19, resolveu abrir mão da patente para facilitar o acesso ao medicamento em 127 países.
No entanto, o Brasil ficou de fora da lista.

Em resposta a questionamento da EXAME, a farmacêutica informou que a decisão sobre os países que terão a licença voluntária é baseada em uma lista do Banco Mundial. Segundo o comunicado, as 127 nações incluídas “representam quase todos os países de baixa e média renda, bem como vários de alta e média renda que enfrentam obstáculos significativos de acesso à saúde.” 
(…)

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

pe di cabrya

17 de maio de 2020 às 12h47

parabéns!!! mais incluam nosso Brasil.

Responder

chichano goncalvez

15 de maio de 2020 às 19h48

É o resultado da subserviencia ao imperio, com um desgoverno absolutamente antipatriota e obediente aos estados unidos.

Responder

Deixe uma resposta para chichano goncalvez