Live do Cafezinho (21 h): análise das eleições, pós-segundo turno

Glauber Braga responde Ciro sobre PL do saneamento

Por Redação

26 de junho de 2020 : 14h26

O deputado Glauber Braga, do PSOL, fez um vídeo reagindo a declarações de Ciro Gomes em uma live com Eduardo Moreira.

No vídeo, Ciro tenta explicar a Eduardo Moreira suas considerações sobre o PL do saneamento.

Glauber chama de “incompreensível” o voto de Cid diante do argumento de Ciro de que o Ceará transformou seu saneamento básico sem o setor privado.

O deputado afirma ainda que o discurso de Cid “não condiz” com o voto dado e cobra explicações.

Para ele, os pontos apresentados por Ciro reafirmam a contradição no voto de Cid.

“Sei que você é um político mais do que experiente e tem uma vida dedicada a tarefas de natureza pública. Isso é no mínimo inocência, o que não tem nada a ver contigo. A ampliação da presença do setor privado ou de estatais inclusive de outros países aumenta no território nacional a participação desses setores no nosse país”, declarou sobre a menção de Ciro a temores de “privatização do aquífero guarani”.

Glauber se refere à votação como uma referente à “privatização da água”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

15 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Ricardo JC

26 de junho de 2020 às 22h07

Os Gomes são parceiros do Senador Coca-Cola…essa é a pura e simples explicação.

Responder

Ronei Faria

26 de junho de 2020 às 18h32

Glauber Rocha neles….kkkkkkkkkkk

Responder

    Miramar

    27 de junho de 2020 às 00h43

    Prefiro Walter Hugo Khouri.

    Responder

Alan C

26 de junho de 2020 às 15h57

Há pontos de vista interessantes de ambas as partes.

Glauber, que á um deputado que tem meu respeito, diz que o argumento do Ciro reforçaria o voto NÃO do Cid. É um ponto de vista legítimo, o único defeito da fala dele é quase considerar Ciro e Cid uma única pessoa. Glauber tem que cobrar do Cid, não do Ciro.

A esperteza que pegou mal pro Glauber foi ele não ter comentado o vídeo do Ciro até o final, onde Ciro faz críticas do grupelho que Glauber faz vista grossa. Ficou feio…

Ciro, por sua vez, argumenta que a privatização já é permitida desde o marco do saneamento básico de 2007, mas que é possível fazer as melhorias apenas com o setor público.

Vou aguardar pra ver outras opiniões.

Responder

    Fábio maia

    26 de junho de 2020 às 18h09

    O grupelho que ele faz vista grossa o partido dele fez oposição por 11 anos seguidos.
    Enquanto o Quinta coluna fez parte do governo deste mesmo grupelho por todo esse tempo.
    Alias hj no Ceará, seu estado, o Quinta coluna fez parte do governo do grupelhos.
    Por uma questão de lógica quem faz vista grossa e o Quinta coluna

    Responder

      Miramar

      26 de junho de 2020 às 18h13

      Errado. É a parte boa do grupelho que apoia a linha política do “Quinta Coluna”.
      De qualquer forma, faça um favor: continue acreditando que o grupelho manda em alguma coisa no Ceará.

      Responder

      Alan C

      26 de junho de 2020 às 18h17

      Fez oposição por 11 anos???

      Isso piora a situação.

      Responder

    Guilherme

    26 de junho de 2020 às 19h32

    Alan C

    você deu uma de Ciro Gomes. Primeiro, porque não ouviu a explicação do deputado; ou pior, não entendeu (como o Ciro não “entendeu” a lei).

    Digo isso, porque, na explicação o deputado AFIRMOU que os dois não são a mesma pessoa (o senador e o Ciro) e que o senador deveria responder pelo que votou.

    Mais, o que ele trata sobre o Ciro é a conversa fiada pra remendar o “erro” do senador; o deputado contesta as afirmações, pois elas são, no mínimo, equivocadas.

    A explicação/resumo da lei feita pelo deputado fica bem clara (creio que lá pelos 12 a 14 minutos). O governo federal obriga os municípios a ter planos de tratamento/saneamento até o fim de 2022; o governo avaliará os planos e aprova ou não; se não aprovar, o município não receberá recursos.

    Com um governo desse, você acha que vai acontecer o quê?
    Certamente o Paulo Guedes adoraria financiar essas obras.
    Conclusão: indício de impor a privatização.

    Por fim, para de agir como o Ciro e acusar os outros (como você fez com o deputado e o “grupelho”).

    Respeito as opiniões do Ciro, e diversas delas são seríssimas e fundamentadas, porém essa é um remendo pra limpar a barra do irmão.
    (Parece que os Gomes mantêm o cordão-umbilical com o senador Jereissati?)

    Essa cegueira na defesa do seu candidato/político preferido, como muita gente, é que nos coloca na situação atual. Temos que nos ater aos fatos e conclusões lógicas.

    Responder

      Alan C

      26 de junho de 2020 às 22h51

      Tire a viseira lulopetista por um instante e leia novamente a primeira frase do meu comentário.

      Leu? Agora leia o início da segunda frase… Pronto! É aquilo ali…

      Não precisa ficar com raiva só pq não sou apoiador do grupo que vc gosta.

      Agora, que ficou feio o Glauber esconder o final do vídeo, ficou!

      Responder

        Alexandre Neres

        27 de junho de 2020 às 10h06

        Mau caro Alan C, pra entender esse imbróglio é fundamental observar como se deu todo o processo, os interésses em jogo, como diria o saudoso Brizola. Em meio à pandemia, sem uma discussão aprofundada, com o apoio da grande mídia, de Guedes e caterva, o marco foi aprovado a toque de caixa.

        Responder

          Alan C

          29 de junho de 2020 às 00h11

          Isso reforça a ação para retirada dos itens mais lesivos do Marco, afinal, ele seria aprovado de qualquer forma.

      Fábio maia

      27 de junho de 2020 às 01h36

      E s chantagem mais podre, escrita e escancarada possível. Ou adere-se ou o ente federado morre por asfixia financeira. Exatamente a mesma tática do FUTURE-SE na educação.
      Existe método na loucura.

      Responder

    Batista

    27 de junho de 2020 às 00h32

    “Há pontos de vista interessantes de ambas as partes”: De Glauber e de Braga.

    Responder

      Alan C

      27 de junho de 2020 às 10h53

      Já dizia o Marco do Saneamento Básico de 2007…..

      Responder

Miramar

26 de junho de 2020 às 15h51

Boa leitura a todos.

https://todoscomciro.com/news/ciro-cid-marco-saneamento-basico/

Responder

Deixe uma resposta