Live do Cafezinho (18 h): Pós-verdade na política brasileira (uma conversa com Fabio Palacio)

Foto: reprodução.

Revolução Industrial Brasileira: vozes divergentes do empresariado nacional

Por Redação

01 de julho de 2020 : 11h48

Fausto Oliveira conversou, no canal Revolução Industrial Brasileira, com o empresário e dono da Antares Acoplamentos, José Cristiano Daudt, sobre a situação econômica nacional, suas causas, consequências e receituários para superá-la.

A conversa se dá no tom de apresentar divergências dentro do empresariado nacional, buscando mostrar que há empresários cientes de problemas como o da desindustrialização nacional com interesse em revertê-los.

Daudt demonstrou perplexidade com o que chamou de “ambiente inóspito” para a economia nacional, que transforma em tarefa virtualmente impossível a de a indústria brasileira competir com empresas alemãs, chinesas, holandesas, etc.

O empresário afirmou que “não devemos tentar resolver problemas no grito” e que a resolução da crise atual terá relação com um processo de análise sobre as causas e raízes que culminaram no momento atual.

Ele também receitou um “verdadeiro cuidado” com a preservação das rendas das famílias, e que o Governo deveria trabalhar com prazos, fazendo com que os investimentos cheguem na ponta.

Daudt estabelece ainda uma análise sobre os períodos que deram início ao estabelecimento do consenso neoliberal, no esforço de compreender como o Brasil chegou onde está.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe uma resposta