Live do Cafezinho (18 h): Pós-verdade na política brasileira (uma conversa com Fabio Palacio)

Reuters/Amanda Perobelli Direitos Reservados

Brasil tem 1,66 milhão de casos confirmados do novo coronavírus

Por Redação

07 de julho de 2020 : 20h21

Quase 977 mil pessoas já se recuperaram e 65.487 faleceram

Publicado em 07/07/2020 – 19:42

Por Jonas Valente – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Agência Brasil — O Brasil chegou a 66.741 mil mortes e 1.668.589 milhão de casos em decorrência da pandemia do novo coronavírus (covid-19). Foram 1.254 novas mortes e 45.305 novas pessoas infectadas registradas nas últimas 24 horas, conforme atualização do Ministério da Saúde divulgada hoje (7). Até o momento 976.977 pessoas já se recuperaram e há 624.871 pessoas em acompanhamento.

Ontem, o balanço trazia 65.487 falecimentos e 1.623.284 de casos confirmados em função da pandemia.

A taxa de letalidade (número de mortes pelo total de casos) ficou em 4%. A mortalidade (quantidade de óbitos por 100 mil habitantes) atingiu 31,8. A incidência dos casos de covid-19 por 100 mil habitantes é de 794.

De acordo com o Ministério da Saúde, O Brasil é o 2º do mundo em mortes e casos, atrás apenas dos Estados Unidos. Conforme o mapa global da universidade norte-americana Johns Hopkins, os Estados Unidos contam com 2.980.906 pessoas infectadas e registraram desde o início da pandemia 131.248 vidas perdidas.

Os números diários do balanço do Ministério da Saúde em geral são menores aos domingos e segundas-feiras pelas restrições nas equipes que fazem a alimentação nas secretarias municipais e estaduais, e maiores às terças-feiras, quando há um acréscimo dos registros alimentados em razão do acúmulo do que não foi encaminhado no fim-de-semana.

Regiões

As regiões com mais mortes são Sudeste (30.518), Nordeste (21.605), Norte (10.115), Centro-Oeste (2.442) e Sul (2.061).

Os estados com mais mortes em função da pandemia são São Paulo (16.475), Rio de Janeiro (10.881), Ceará (6.556), Pará (5.128) e Pernambuco (5.234). As Unidades da Federação com menos óbitos são Mato Grosso do Sul (128), Tocantins (228), Roraima (376), Acre (399) e Santa Catarina (419).


Brasil tem 1,66 milhão de casos confirmados do novo coronavírus

Edição: Bruna Saniele

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Elaine

08 de julho de 2020 às 13h21

Que não se animem aqueles que torcem secretamente para Bolsonaro morrer para o Brasil se libertar. Isso não vai acontecer. O homem já esteve gravemente doente de algo que não tem nada a ver com facada e está aí vivinho da silva para ferrar com o país.
O demônio o protege. Com tantos serviços prestados e a prestar não vai ser agora que ele vai deixa-lo na mão.
Em outras palavras: vamos ter que ir à luta para tirar esse homem do poder.

Responder

Jerson7

08 de julho de 2020 às 10h50

Cearà, Bahia, Espirito Santo, Maranhào…um sucesso dos Governadores no combate ao virus, parabèns viu…!!

Responder

    Alan C

    08 de julho de 2020 às 16h04

    Sou do ES e dizer “sucesso” pra falar do combate à pandemia por aqui é um exagero.

    Responder

Henrique Martins

08 de julho de 2020 às 10h48

Em minha opinião, Jair Bolsonaro está contaminado sim. Até demorou pelo tanto de extravagâncias que ele fez desde o início da epidemia no Brasil.
Mas, louco, canalha e oportunista como ele é, está tentando tirar proveito político da situação e arrefecer os últimos escândalos.

A senha é a seguinte: os médicos vão estar acompanhando de muito perto a evolução da inflamação no pulmão fazendo ressonâncias magnéticas. Inclusive, antes mesmo do resultado ele fez uma. Quando aparecer qualquer sinal de inflamação eles vão lhe ministrar a Dexametasona que é o corticóide que salvou 1/3 de vidas de pacientes em UTI em pesquisa recente e conclusiva feita na Inglaterra.
A senha para evitar as complicações do Covid é nao deixar o estado do paciente agravar. Daí, é uma questão de lógica deduzir que, se nos pacientes que estavam graves e entubados esse corticóide salvou a vida de 1/3 deles, obviamente, tem possibilidade de salvar muito mais, talvez até 100 por cento, se a inflamação no pulmão estiver no início e for tratada com esse corticóide.

Acontece que muitos estão morrendo em cada e nenhum brasileiro humilde vai ter esse tratamento vipe de fazer ressonâncias magnéticas durante toda a evolução da doença e ter o acompanhamento médico in loco. Ele como presidente da república assim como as demais autoridades contaminadas sim.
Portanto, morrer ele não vai e depois vai falar mesmo que foi a hidroxicloriquina.
E o que é pior, provavelmente os médicos vão deixar, porque, ao menos até agora, nenhuma associação médica de peso se manifestou contra a propaganda de grande penetracao que ele está fazendo de medicamento sem comprovação científica. Muito pelo contrário, já se comprovou que a hidroxicloriquina não faz nenhuma diferença no tratamento.
O resultado desta insanidade é que ele vai levar mais pessoas a morte, sobretudo dentro da sua base social evangélica já que a hidroxicloriquina pode causar arritmia cardíaca.

O Brasil está vivendo tempos obscuros e todos estão em estado de absoluta inércia.

O ministro Marco Aurélio disse a algum tempo atrás que estamos vivendo ‘tempos estranhos’.

John Lennon disse a mesma coisa na música Nobody To Me criticando essa letargia.

Segue partes da letra de Nobody To Me:

Todo mundo está falando e ninguém diz uma palavra
Todos estão fazendo amor e ninguém se preocupa
Tem alguns NAZISTAS no banheiro logo abaixo dos degraus
Sempre há algo acontecendo e nada acontece
Tem sempre alguma coisa no fogão e nada na panela
Eles estão famintos lá na China então termine de comer o que você tem
Ninguém me falou que haveria dias como estes
(…)
Dias realmente estranhos

Todos estão correndo mas ninguém se mexe
Todos são vencedores e não há mais o que perder
(…)
Todos estão voando e ninguém sai do chão
Todos estão chorando mas ninguém emite som algum
(…)
Dias realmente estranhos, muito estranhos, mamãe

Todos estão fumando mas ninguém fica chapado
Todos estão voando e nunca tocam o céu
(…)
Ninguém me falou que haveria dias como estes
Dias realmente estranhos, muito estranhos, mamãe

Brasil pense nisso.

Responder

Elaine

07 de julho de 2020 às 22h07

Pelo que entendi o ministro André Mendonça acha que a liberdade de expressão só é absoluta para fake news
Então tá, ministro.

Responder

Deixe uma resposta