Live do Cafezinho: bate papo com o cineasta cearense Wolney Oliveira

Delação de Palocci é retirada de ação contra Lula

Por Redação

04 de agosto de 2020 : 21h21

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta terça feira, 4, que a delação do ex-ministro Antônio Palocci seja retirada do processo penal que tramita contra o ex-presidente Lula.

O caso é referente a acusação de suposto recebimento de vantagem ilícita da Odebrecht por meio de um imóvel em São Paulo para o Instituto Lula, um apartamento em São Bernardo Campo para uso pessoal e pagamentos ilegais para o PT.


A decisão da Segunda Turma foi baseada no pedido da defesa do petista que sustentou a tese de que o juiz Sérgio Moro quebrou a imparcialidade quando incluiu a delação de Palocci dias anteriores as eleições presidenciais de 2018.

A defesa de Lula já tinha enviado o mesmo pedido para o ministro Edson Fachin que negou a decisão individual e por isso transferiu para a Segunda Turma da Corte que levou o caso a plenário.

Assista ao voto do ministro Gilmar Mendes.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

6 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Marcelo lopes Villas Boas

05 de agosto de 2020 às 00h09

VÃO DEVOLVER PRO PALOCCI OS 100 MILHÕES QUE ELE HAVIA ROUBADO E DEVOLVEU QUANDO FEZ A DELAÇÃO ?????????

BRASIL… O PAÍS DA INPUNIDADE…

Responder

    Batista

    06 de agosto de 2020 às 10h56

    Brasil o país da ‘pato-marrecada’ adestrada, desinformada e tangida à Mediocridade, Desigualdade e Fratricidade.

    Responder

Paulo

04 de agosto de 2020 às 22h56

São tantas acusações e processos contra Lula que, sinceramente, é preciso ter em mente que essa foi uma vitória de Pirro, e sem discussão de mérito…

Responder

    Batista

    06 de agosto de 2020 às 11h15

    No caso, bovinamente comportar-se negando a realidade latente, de nada adianta, aprenda com o insuspeito Merval Pereira, que hoje, antevendo o bater da exposição da farsa lavajateira à porta, com o ex-intocável mor à beira do strip-tease em Supremo desenlace, tenta num último e desesperado esforço global, adia-la, convocando subliminarmente desinformados adestrados, medíocres de todas ordens e as falanges do ódio, a ladrarem mais uma vez, pois ‘o pior cego é o que vê, mas não enxerga’, o precipício anunciado à justiça lavajateira logo à frente.

    Responder

Pedropaulo

04 de agosto de 2020 às 21h28

A segunda turma não. Gilmar, Lewandowski e o jeitinho brasileiro……
Triste….

Responder

    O Demolidor

    05 de agosto de 2020 às 00h20

    O jeitinho brasileiro “Vai que cola” condenou o Lula….virou ate mote da eleição do Bozo ” O Lula da preso babaca” proferido pela quinta coluna….em reunião de apoio ao PT.

    Responder

Deixe uma resposta