Live do Cafezinho: bate papo com o cineasta cearense Wolney Oliveira

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Foto: New York Times.

Trump estabelece “condições” sobre venda do TikTok

Por Redação

05 de agosto de 2020 : 07h50

Após polêmicas envolvendo ameaças de banimento do app chinês TikTok por razões de segurança nacional, o presidente dos EUA Donald Trump estabeleceu condições para que a empresa seja vendida a uma empresa dos EUA.

O presidente estabeleceu o dia 15 de setembro como o prazo final para o TikTok encontrar um comprador estadunidense, do contrário o app deve encerrar suas atividades no país norte-americano.

Trump também disse que qualquer acordo teria que incluir uma “quantia substancial de dinheiro” indo para o Tesouro Nacional dos EUA.

“Agora, eles não têm direitos a não ser que nós demos direitos a eles. Então, se vamos dar direitos a eles… tem que vir para esse país”, afirmou o presidente.

“É um grande recurso, mas não é um grande recurso nos EUA a não ser que os EUA aprovem”, continuou.

Perguntado em uma coletiva subsequente se o dinheiro para o Tesouro deveria vir da Microsoft (que estuda comprar o TikTok) ou da ByteDance, a empresa-mãe do app, Trump disse que os EUA devem conseguir uma parcela significativa “de qualquer forma”.

O presidente descreveu sua proposta como a de um acordo entre um locador e um inquilino, afirmando que o TikTok deve aos Estados Unidos por seu sucesso.

“TikTok é um tremendo sucesso, mas em grande parte é por esse país”, disse.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe uma resposta