Como reconquistar o eleitorado do Sul? Bate papo com Mabel Teixeira

Guarda Civil de Valinhos identifica homem branco que humilhou um motoboy negro

Por Redação

07 de agosto de 2020 : 17h26

Nesta sexta-feira, 7, a Guarda Civil de Valinhos (SP) identificou o homem que agrediu um motoboy num condomínio de luxo no bairro Chácara Silvânia, na cidade paulista.

O homem identificado como Mateus Abreu Almeida Prado Couto, 31,  é contabilista de profissão chamou o motoboy de lixo e semianalfabeto e ainda afirmou que o jovem de 19 anos tinha “inveja” por não ser branco e morar na área nobre da cidade.

Segundo a GCM, o caso aconteceu no fim da tarde do dia 31 de julho e o homem responderá por injúria.

Leia a nota completa:

O caso aconteceu no dia 31/07/2020 por volta das 16h35 pelo bairro Chácara Silvânia, de acordo com o comandante da GCM de Valinhos Sidnei Aureliano a ROMU foi acionada através do 153 onde segundo informações uma discussão entre um morador e um motoboy se encontravam muito tensa, pelo local os componentes vieram a intervir evitando o confronto entre os dois, porém diante das ofensas de maior relevância proferida pelo contabilista de 31 anos contra o motoboy de 19 anos fizeram com que os GCMs encaminhasse o contabilista até a delegacia de polícia civil onde foi indiciado criminalmente por injúria, caso este que nesta data do dia 07/08/2020 veio á público e esta ganhando repercussão nas redes sociais.

Segundo ainda o comandante da GCM de Valinhos, a motivação de todo desentendimento começou após o motoboy comentar que alguns motoboys estavam reclamando da maneira hostil que são tratados pelo contabilista toda vez que vão até sua residência para fazer qualquer tipo de entregas, fato este constatado pelos GCMs no local dos fatos e ainda pela delegacia onde o contabilista continuava ofendendo o motoboy com palavras as quais o constrangiam e ainda transmitia ao motoboy um sentimento de minusvalía, frisou o comandante Aureliano.

Após o ocorrido, o aplicativo IFood baniu o agressor racista.

Veja o vídeo que flagra a discussão.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

9 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

kbeça

08 de agosto de 2020 às 18h55

Quando um motoboy se acidenta, todos param, se unem, um alarde, agora deveriam colocar isso em prática, espalhem o nome e endereço do demente no zap, e ninguém mais faz entregas lá, pronto !

Responder

    ERick

    10 de agosto de 2020 às 01h52

    Aí alguém vai lá e mata ele ou um parente que não tem nada a ver com a história né. Cuidado pra não tratar ódio com ódio.

    Responder

Mateus Fernando De Paula Souza

08 de agosto de 2020 às 12h57

Foda do Brasil é que o cara faz isso.
E depois só responde um simples processo e volta a fazer as mesmas coisas daqui um tempo de novo.
Isso que deixa a gente aborrecido.
Racismo ainda não tem.punicao adequada aqui

Responder

Marco Vitis

07 de agosto de 2020 às 18h34

Mateus Couto, racista, coloca em prática o que Bolsonaro, o Apóstolo do Ódio, semeia.

Responder

    KATIA

    08 de agosto de 2020 às 12h00

    O que vc faz e pior , alem de mentir coloca coisa na conta do presidente. Voes fascistas comunistas sao todos iguais. Mostra quando o Bolsonaro como presidente falou asneiras como estas.

    Responder

      katia

      08 de agosto de 2020 às 12h02

      Apostolo do ódio e voce seu Petista safado

      Responder

Alexandre Neres

07 de agosto de 2020 às 18h15

Seguidor de Olavo de Carvalho de uma figa. Racista fidaputa. Como manter a calma vendo o verme passar o dedo indicador no antebraço para mostrar a suposta branquitude? Como diria o Chico César, fogo nos fascistas/fogo Jah! Viva os antifas!

Responder

Hilux12

07 de agosto de 2020 às 18h12

Raçismo é outra coisa, esse é sò um imbécil, um retardado.

Responder

    Paula

    08 de agosto de 2020 às 10h03

    O vídeo é maior. Ele aponta para o braço e diz: vc tem inveja disso. Vc nunca vai ser isso. Houve racismo também sim!

    Responder

Deixe uma resposta para Alexandre Neres