Live do Cafezinho: como trazer a classe média de volta para campo progressista?

Boulos critica presença de Márcio França em evento com Bolsonaro

Por Redação

08 de agosto de 2020 : 22h50

Concorrente direto do ex-governador de São Paulo, Márcio França (PSB), a Prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos (PSOL) criticou a presença do socialista na comitiva de Bolsonaro que visitou, na última sexta-feira (7), a obra na Ponte dos Barreiros em São Vicente, cidade do litoral paulista.

No evento, também estavam presentes o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, a deputada federal Rosana Valle (PSB-SP) e o prefeito de São Vicente, Pedro Gouvêa (MDB).

A presença de França foi o gatilho para a crítica de Boulos.

França se dirigiu a Bolsonaro para pedir que o presidente, em solidariedade ao povo libanês, ajudasse na recuperação da capital Beirute após a explosão que matou 157 pessoas, e deixou 5 mil feridos e 200 mil desabrigados.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

15 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Batista

10 de agosto de 2020 às 12h13

Esse Boulos também ‘é do piru’ no que diz respeito ao entendimento das coisas submersas da política e na pronta reação em sapecar ao adversário multicolorido adágio letal, no ato da dissimulada e sub reptícia revelação, o que perceberão outros, se perceberem, muito tarde, como nesse caso do emergido e revelador ‘BolsoFrança’, na primeira tentativa do velho e manjado camaleão, da escola provinciana do ‘ex-govereador Chuchu’, escapar da condição em que está colocado na eleição para prefeito de São Paulo, o ‘Russomano’ da vez, a ser ultrapassado por Tatto ou Boulos e o candidato do ‘garoto propaganda’ da cloroquina, responsável direto pelo Brasil atingir, acima de tudo e pra cima de todos, principalmente os mais fragilizados na saúde, do bolso e do corpo, a marca de 120 mil mortos por Covid-19 em 5 meses.

Responder

Justiceiro

10 de agosto de 2020 às 08h54

Criticar a presença do Márcio França numa inauguração de obra importante em São Vicente, sua cidade natal e seu reduto eleitoral, seria a mesma coisa que criticar a presença do PT num evento sindicalista no ABC ou a presença de bolsonaristas numa ação da milícia na baixada fluminense.

Responder

Clarice

09 de agosto de 2020 às 21h26

Aliás, usarem a vice-governadoria do PSDB pra atacar o França me soa tão patético quanto ignorar que o PP do Ciro Nogueira e da Ana Amélia têm a vice de dois estados governados pelo PT, e que o próprio PSDB ocupou a vice do Flávio Dino (enquanto o PT estava no palanque da oposição junto com o Sarney). Política é isso. Ok, PSOL realmente nunca se aliou a ninguém de fora da órbita progressista, é fato. Mas o PSOL é uma ideologia linda e emocionante na teoria… se um dia tiver a chance de exercer o que acredita na prática, chefiando um Executivo como a cidade de São Paulo, vão ter que ser mais pragmáticos. O Boulos pretende governar São Paulo só com os vereadores psolistas? Pretende ser prefeito da maior cidade do Brasil sem encontrar o presidente da República que lamentavelmente é o Bolsonaro? Criticar o pragmatismo do França pra roubar voto dele, pra mim, é oportunismo.

Responder

Clarice

09 de agosto de 2020 às 21h22

Isso é matemática. Marcio França é um nome moderado de centro-esquerda. Existem muitas pessoas de esquerda sim que o apoiam, mas sua postura conciliadora atrai votos de bolsonaristas. Foi assim, sabiamente, que França conquistou 49% dos votos em 2018: em vez de nacionalizar uma disputa, focou no seu projeto local. E é o que fará agora. França é o segundo colocado nas pesquisas. Atrás dele, Boulos e Tatto se estapeiam por votos. Entre atacar o deus Lula e o candidato segundo colocado mais “moderado”, Boulos acha mais fácil tornar o França praticamente um bolsonarista convicto, porque assim acredita que terá chances de enfraquecê-lo, chegar ao segundo turno e ainda deixar o Tatto comendo poeira.

Responder

    Alexandre Neres

    11 de agosto de 2020 às 00h43

    Se tivesse lido essa pérola antes de te responder nem teria me dado ao trabalho. Consegue entender como as alianças políticas são feitas, só não aplica o repertório quando o assunto é o PT por causa de uma dissonância cognitiva, pelo fato de dispensar um tratamento de exceção ao partido devido ao que foi inculcado na sua cabeça pela Globo. “Márcio França é um nome moderado da centro-esquerda”, que piada! Parece uma negacionista ao querer enunciar um fato desacompanhado de qualquer evidência e desprovido de qualquer fundamento. Vale até uma tentativa de querer se associar com o capitão corona, forjando uma fotinha para ganhar um like, isso tudo ao lado do fascista-mor do país. Que que tem demais, né? Só uma fotinha. Se fosse o PT, não, sabe cumé, aí a gente desceria o malho. Leia o comentário acima do bolsonarista Justiceiro, vocês deveriam sair de braços dados e espalhar asneiras por aí. Enfim, haja analfabetismo político!

    Responder

Alan C

09 de agosto de 2020 às 13h52

Petezada, tem uma matéria aqui mesmo no Cafezinho com o título:

“PT APOIARÁ CANDIDATURA DE BOLSONARISTA EM BELFORD ROXO”

Não vi o comentário de vcs lá.

O que houve??

Responder

Alan C

09 de agosto de 2020 às 13h47

Márcio França é filho da cidade, se formou em direito na cidade, foi vereador na cidade, foi eleito e reeleito prefeito da cidade fazendo, inclusive, o sucessor. Se elegeu deputado federal com os votos da cidade e da baixada santista, aí vem uns lulopetistas ideologicamente fanáticos e falam merda….

Tirem a viseira de cavalo!

Responder

Miramar

09 de agosto de 2020 às 12h11

Se o Boulos for prefeito ele não participará de nenhum evento com o lamentavelmente presidente Bolsonaro. Entendi.

Responder

Alexandre Neres

09 de agosto de 2020 às 08h19

Pois é. Sempre falei aqui quando Márcio França é colocado como candidato “progressista” pelo Miguel. Nem aqui nem na China. Conservador até a medula desde os tempos do picolé do chuchu, mas dessa vez extrapolou qualquer limite e mostrou sua verdadeirs cara sem disfarce ao bajular o inominável. O PSB é patético, um valhacouto de golpistas. Deve passar ao largo da questão e emitir uma nota criticando o PT.

Responder

Fábio maia

09 de agosto de 2020 às 07h59

Parem com isso. França e completamente coerente. 20 puxadinho do Alkmim. Companheiro do SKAF, no socialista “PSB”. Como coerente e o cirao da massa se aliar ao Botafogo e ir para Paris.
Hipocrisia e deitar na alcova com essa gente e discutir programa político soberano e social democrata com a sociedade.

Responder

Marco Vitis

08 de agosto de 2020 às 23h33

Márcio França resolveu vender a alma ao Apóstolo do Demônio.
Penso que o PSB deve expulsá-lo do partido e o PDT retirar imediatamente o apoio à sua candidatura.

Responder

O Demolidor

08 de agosto de 2020 às 23h25

Pois é……a quinta coluna forma sua própria frente ampla…..

Responder

    Miramar

    09 de agosto de 2020 às 12h13

    Não poderia ser uma frente “ampla” petista pela simples razão que quem não é petista odeia o PT.

    Responder

      O Demolidor

      10 de agosto de 2020 às 13h13

      Você supôs que eu seja petista assim como suponho que você seja um proto-tucano assim como o Coroné, seu mestre Coca-Cola, Batata Liberal Márcio Cuba e etc……quinta coluna que apoia disforma trabalhista, previdenciária e privatizações….que odeia o trânsito que gera as manifestações contra esse fim….

      Responder

Paulo

08 de agosto de 2020 às 23h03

Bem, França age com respeitabilidade à colônia libanesa em São Paulo, a maior do mundo fora do Líbano. Mas, será que ele não deveria, antes disso, se solidarizar com os 100 mil mortos pela Covid no Brasil, ou, quando menos, pelos 25 mil mortos no estado de São Paulo?

Responder

Deixe uma resposta para Miramar