Como reconquistar o eleitorado do Sul? Bate papo com Mabel Teixeira

Durante 24 anos, quase R$3 milhões foram movimentados pela família Bolsonaro, diz Globo

Por Redação

12 de agosto de 2020 : 11h29

Pagamento de gastos pessoais e transações imobiliárias foram as principais motivações que a família do presidente Jair Bolsonaro movimentou cerca de R$1,5 milhão em dinheiro vivo.

Corrigido com a inflação, o valor chega a R$2,9 milhões.

De acordo com reportagem do GLOBO, as transações em espécie foram feitas pelos dois primeiros filhos, Carlos e Flávio, e também pela ex-esposas do presidente, Ana Cristina Valle e Rogéria Bolsonaro.

Na última terça- feira, 11, foi revelado que em janeiro de 1996, Rogéria Bolsonaro, primeira mulher do chefe do executivo e mãe de Flávio, Carlos e Eduardo comprou um apartamento na Vila Isabel, Zona Norte do Rio, com dinheiro vivo.

O valor total da transação foi de R$86,7 mil.

Na época, Rogéria ainda era casada com o então deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ). Os dois se separaram em 1997.

Já Ana Cristina Valle, segunda mulher de Bolsonaro, adquiriu cerca de 14 imóveis enquanto estava casada com o capitão.

De acordo com reportagem da revista Época publicada em julho, dos 14 imóveis, duas casas, dois terrenos e um apartamento foram pagos por Cristina em dinheiro vivo entre 2002 e 2006, totalizando R$243 mil.

Quando casal se separou, o valor de patrimônio dos imóveis já chegava a R$3 milhões.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

7 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Daniel

15 de agosto de 2020 às 18h53

Esse é meu presidente kkkk… Talkey

Responder

Warley Ramon Gonçalves

13 de agosto de 2020 às 02h53

3 milhões em 24 anos por 4 pessoas? até eu, no auge da minha pobreza já movimentei e nunca roubei um centavo de ninguém. Dá 2.600 por mês

Responder

Tadeu

12 de agosto de 2020 às 23h44

Hue, mas é um tiro no pé atrás do outro. Isso é o tipo de notícia que rende simpatia e votos para o Bolsonaro, pois indica que ele levou 24 anos para roubar o que o PT roubaria em uma dia, só na Petrobrás. Uma tentativa completamente aparvalhada de colar no presidente a imagem de ladrão, que apenas estimula uma comparação com a roubalheira do PT e, com isso, só faz reforçar a sua imagem de “honesto”. Francamente, nunca vi a Globolixo nesse nível de desespero.

Responder

chichano goncalvez

12 de agosto de 2020 às 14h00

A quadrilha Bolsonarco, não esta pra brincadeira, eles vieram para roubar do povo, bom e honesto, coisa que estavam fazendo a muitos anos antes, acreditou neles quem gosta de ser enganado, tipo corno manso.

Responder

    Paulo

    13 de agosto de 2020 às 11h26

    Divida 3.000.000 milhões por 288 meses (24 anos) e verá que não existe absurdo algum. Ainda que Bolsonaro quisesse roubar não conseguiria, O PT e Lula roubaram tudo. kkkk

    Responder

    eder

    13 de agosto de 2020 às 11h59

    O animal de carroça!
    faz as contas, 5 filhos + 2 Bolsonaro e esposa 24 anos x 12 meses = 288 meses 3000.000,00 / 288 meses = 10.416,66
    10416,68 / 7 familiares = 1488,09 por pessoa / mês

    Responder

Jerson7

12 de agosto de 2020 às 13h09

Nenhum imovél gentilmente doado pela Odebrecht, pela OAS….?!?

Responder

Deixe uma resposta para chichano goncalvez