Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

Foto: reprodução.

Bolsonaro: “Ninguém pode obrigar ninguém a tomar vacina”

Por Redação

31 de agosto de 2020 : 22h01

Abordado por apoiadora que afirmava “ser da área da saúde”, Jair Bolsonaro foi incentivado a “não deixar fazer esse negócio de vacina”.

“Ninguém pode obrigar ninguém a tomar vacina”, respondeu o presidente.

Com o apoio dos que o circulavam, Bolsonaro foi alertado pela suposta “trabalhadora da área de saúde” de que “com menos de 14 anos, ninguém pode colocar uma vacina no mercado”, uma afirmação infundada.

Países e empresas hoje vivem uma corrida contra o tempo para a produção de uma injeção que possa neutralizar o novo coronavírus.

Após o licenciamento, a produção e a distribuição, espera-se que os governos nacionais façam campanhas de vacinação para controlar o vírus.

A fala do presidente abre margem para preocupações graves.

Assista abaixo.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Clever Mendes de Oliveira

01 de setembro de 2020 às 16h11

Redação,
O Bolsonaro fala para o súditos dele. E os súditos dele não se preocupam com o que ele diz. Quem não é súdito de Bolsonaro também não deve preocupar-se com Bolsonaro, porque o que Bolsonaro fala não é lei. O que Bolsonaro fala, volto a repetir, é para os súditos dele.
Súditos e não súditos de Bolsonaro precisam respeitar é a lei. Segundo o art. 5º, inciso II, CF “ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei”.
Assim se uma lei nos obrigar a tomar uma vacina nós temos que tomar. É claro que se supõe que os legisladores só vão estabelecer o imperativo de tomar a vacina com fundamento científico.
Essa é a norma em qualquer país civilizado. A nossa Constituição não inventou a roda.
Abraços,
Clever Mendes de Oliveira
BH, 01/09/2020

Responder

Paulo

01 de setembro de 2020 às 10h29

Nesse ponto, ele tem razão…

Responder

Vixen

01 de setembro de 2020 às 10h07

“A fala do presidente abre margem para preocupações graves…”

Quais por curiosidade…?

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?