Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Felipe Neto sobre aliança PT e PDT: “Eu gostaria que essa ponte fosse construída”

Por Redação

11 de dezembro de 2020 : 18h47

Nesta terça-feira, 7, o YouTuber Felipe Neto concedeu entrevista ao UOL e falou sobre a construção de uma possível aliança entre PT e PDT para as eleições de 2022.

“Eu não sei de que forma a gente pode chegar em 2022 com uma frente ampla. Tá muito claro que nem PT e PDT abrem mão de ter candidato próprio. Mas um dos dois têm que abrir mão, não tem escolha se quiserem fazer uma frente ampla”, disse.

Na sequência, Neto ponderou que a aliança entre os dois partidos é fundamental para a derrocada do presidente Jair Bolsonaro e gostaria da construção dessa ponte, mas lamentou que seja tão difícil o entendimento entre as duas principais forças da esquerda.

“É uma pena que seja tão difícil fazer uma coligação entre eles. Eu gostaria que essa ponte fosse construída”.

Assista a entrevista completa!

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

11 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Netho

15 de dezembro de 2020 às 19h59

Felipe estava equivocado antes e equivocado agora. Com PT e Centrão não há salvação. Se o PT quiser entrar no bloco terá que fazê-lo à francesa sem exigências, incondicionalmente, e olha lá. Até porque as eleições municipais demonstraram que o PT tornou-se a ARENA da esquerda e apenas amealha votos nos grotões.
Ademais, até o mundo protozoário sabe que o PT é especialista no palavrório frentista desde que todos se comportem de forma genuflexa ao Czar da aristocracia petista.
A única certeza para 2022 é a repetição de 2018. O PT com sua ”candidatura Lula&Camarão”: com ou sem ‘lula’ na cabeça. E o PSL/Republicanos com sua ”candidatura militar-miliciana”. Vale dizer: Lula da esquerda versus Lula da direita, ou, Messias da direita versus Messias da esquerda.
Os demais partidos devem, sim, a partir de agora e desde já, simplesmente riscarem o PT do mapa, desistirem do falatório da Frente Ampla e formarem um Bloco de Centro-Esquerda, sem o PT nem Centrão com base em programa mínimo orientado por um projeto de desenvolvimento alicerçado no crescimento rápido com distribuição de renda, a tributação de grandes fortunas, lucros e dividendos, a redução de 50% das renúncias fiscais e a inclusão social de todos os brasileiros maiores de 16 anos em um programa permanente de renda social básica estimada em US$ 60,00 até 2030 para erradicar as populações miseráveis da cidade e do campo.

Responder

Netho

12 de dezembro de 2020 às 23h17

Com o PT e o Centrão não há salvação.
A presença do PT em uma chapa majoritária é o caminho certo para mais uma derrota acachapante no segundo-turno.

Responder

    Batista

    13 de dezembro de 2020 às 12h01

    ‘Eis aqui este sambinha…’

    Responder

marco

12 de dezembro de 2020 às 17h03

Ia até bem até falar em Venezuela e Cuba.
Criticar esses países sem tocar no “embargo” criminoso mostra que ,tá no esquema.

Responder

Luiz Carlos Pauli

12 de dezembro de 2020 às 08h23

A esquerda, tendo como ídolo o Felipe Neto, misericórdia.. kkkk

Responder

Renator

12 de dezembro de 2020 às 06h54

A que ponto a esquerda chegou…….Felipe Neto, o debilóde! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Sérgio

11 de dezembro de 2020 às 19h00

Vamos ver se o Ciro dessa vez aceita ser vice de Lula.

Responder

    Paulo

    11 de dezembro de 2020 às 22h30

    Nem Ciro aceita, nem o contrário. E ambos têm razão. Eis o drama do enfrentamento a Bolsonaro, à esquerda…

    Responder

    Rafael

    12 de dezembro de 2020 às 00h00

    Ciro vice de Lula?? ????

    Responder

    Carlos Jose

    12 de dezembro de 2020 às 13h16

    Uma chapa eleita no 1º turno

    Responder

Efrem Ventura

11 de dezembro de 2020 às 18h48

Quem…? kkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?