PARIS CAFÉ: Lula volta ao jogo e polariza com Bolsonaro. Quais os novos desafios?

De modo repentino, Lira coloca em pauta PEC que expande imunidade parlamentar

Por Redação

24 de fevereiro de 2021 : 14h55

Em menos de uma semana que a Câmara decidiu pela confirmação da prisão do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), o presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), colocou em Plenário uma PEC que expande a imunidade parlamentar.

A proposta não passou pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

As regras sobre prisão em flagrante de parlamentares são o primeiro assunto na pauta da sessão do Plenário prevista para as 13h55 desta quarta-feira (24).

Os deputados podem votar o requerimento de urgência para o Projeto de Resolução (PRC) 12/21, da deputada Soraya Santos (PL-RJ), que altera a apreciação da prisão em flagrante de crime inafiançável.

A revisão dos procedimentos relativos à manutenção da prisão em flagrante de deputados foi anunciada pelo presidente da Câmara, deputado Arthur Lira (PP-AL), na sessão que confirmou a prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ).

Com informações da Agência Câmara

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Rabeira

25 de fevereiro de 2021 às 00h34

Olha o centrão aí gente!

Responder

Luis Carlos

24 de fevereiro de 2021 às 21h33

Por que a lei dos deputados e senadores são diferente dos cidadão brasileiros acho que a lei tem q ser igual para todos ????

Responder

Paulo

24 de fevereiro de 2021 às 17h19

É com esses que o Capetão vai? Acho que nunca antes na história deste país um homem foi tão descontruído como ele. Quanto aos novos amigos de Bolsonaro, legislam em causa própria, com amplo apoio parlamentar, inclusive do PT. Dá pra acreditar que ninguém se rebela, nem cloroquinas, nem tubaínas?

Responder

Deixe uma resposta para Luis Carlos