Paris Café: O que esperar da classe média para 2022?

Bolsonaro sobre quem pede compra de vacinas: “Só se for na casa da tua mãe”

Por Redação

04 de março de 2021 : 13h56

Em mais uma demonstração colérica de sua personalidade, o presidente Jair Bolsonaro desta vez atacou as pessoas que pedem a compra de vacinas contra a Covid-19.

“Tem idiota que a gente vê nas redes sociais, na imprensa, dizendo ‘vai comprar vacina’. Só se for na casa da tua mãe. Não tem vacina para vender no mundo”, disse aos seus apoiadores no Palácio do Planalto.

De acordo com Bolsonaro, cerca de 22 milhões de doses devem chegar ao Brasil após editar uma medida provisória que destina R$20 bilhões para a compra de vacinas.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Ronei

05 de março de 2021 às 10h33

Nem a Europa està conseguindo vacinas….por enquanto tem muito poucas.

Responder

Florinda

04 de março de 2021 às 19h01

Vamos tesouro. Não se misture com essa gentalha!!

Responder

dcruz

04 de março de 2021 às 15h40

Ele chama de idiota quem está exigindo a compra de vacina. É um meio fácil de aliviar sua culpa, atribuir aos outras seus erros. Ele que não contente em desprezar as mais simples medidas profiláticas contra o covid e até divulgou fake news como a da ineficácia das máscaras, agora corre atrás, porque lá adiante tem eleições e é ele quem será cobrado.

Responder

Kleiton

04 de março de 2021 às 14h52

Não há vacinas a pronta entrega para ninguém no Mundo e as poucas que existem são experimentais.

Responder

Deixe uma resposta