Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Atlas Político: Em cenário de 2° turno, Bolsonaro perde para Lula, Ciro e Mandetta

Por Gabriel Barbosa

11 de março de 2021 : 09h49

O Atlas Político divulgou a segunda pesquisa, desta vez mais completa, após a entrada oficial do ex-presidente Lula (PT) no xadrez político de 2022.

A pesquisa foi concluída nesta quarta-feira, 10, e o presidente Jair Bolsonaro não tem o que comemorar. No cenário de 2° turno, o ex-capitão do Exército perde para o ex-presidente Lula (PT) e os ex-ministros Ciro Gomes (PDT) e Luiz Henrique Mandetta (DEM).

Mas antes de mostrar a virtual derrota de Bolsonaro, vamos aos números da simulação de primeiro turno com Lula e sem Lula.

Na presença do líder petista na disputa, Bolsonaro aparece com 32,7% das intenções de voto, ante 27,4% de Lula. Em seguida, o ex-juiz Sergio Moro com 9,7% das menções, Ciro Gomes com 7,5%, Luiz Henrique Mandetta com 4,3%, João Doria com 4,3% e o apresentador Luciano Huck com apenas 2,5%.

Já com ausência do ex-presidente Lula o cenário é desta forma:

Fonte: Atlas Político

No embate de 2° turno, Bolsonaro enfrenta um cenário de derrota para candidatos considerados fortes pela pesquisa.

O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM) apresenta uma vantagem de quase 10% contra Bolsonaro. Na sequência aparecem Ciro Gomes (PDT) que bate Bolsonaro com 7,2% de vantagem e o ex-presidente Lula (PT) que venceria a disputa com margem de 6,1% frente ao atual chefe do executivo.

Fonte: Atlas Político

No quesito rejeição, o ex-presidente da Câmara e deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ) tem os estonteantes 71% de imagem negativa. Compreensível, já que o demista assumiu um papel crítico a Bolsonaro ao mesmo tempo que não pautou nenhum dos mais de 60 pedidos de impeachment contra o presidente.

Ele é seguido por Sérgio Moro (63%), pelo próprio Bolsonaro e João Doria, ambos com 60%, e o ex-presidente Lula com 58% de imagem negativa.

Fonte: Atlas Político

Além da virtual derrota para os seus dois principais concorrentes, Lula e Ciro, o presidente também passa por um momento de debilidade na aprovação e o avanço da desaprovação do seu desempenho na presidência da República.

Fonte: Atlas Político

O Atlas Político ouviu 3.721 entrevistas feitas por questionários via internet entre os dias 8 e 10 de Março de 2021.

Gabriel Barbosa

Jornalista com passagens pelo Grupo de Comunicação O POVO (Ceará), RedeTV! e Band News FM.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

9 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Tiago Silva

11 de março de 2021 às 13h39

Pronto! Segundo a lógica ilógica e estática de alguns… Se quem venceriam melhor o Bozismo, então todos candidatos teriam que abandonar a oportunidade de apresentar seu projeto em função de uma pesquisa que apresenta apenas uma fotografia estática de momento??? Teria que todos apoiarem um preposto de interesses de planos de saúde privado e destruir o SUS para possibilitar maiores lucros para empresas privadas (Mandeta), pois ele quem teria a maior possibilidade em segundo turno????

Kkk

Responder

    EdsonLuiz.

    11 de março de 2021 às 15h04

    Qual o 2º mais viável?
    Ele atende ao critério de conciliar diferenças minimamente? Não?

    Passemos então a analisar o terceiro mais viável.

    Precisamos derrotar o mal!
    Precisamos impedir que o mal construa os ninhos em que víboras choquem seus ovos pestilentos.

    Por uma frente viável, a mais ampla possível, e que não embarque rejeição que seja impedimento à sua existência e às necessidades de governabilidade!

    Todos, até extremistas de esquerda têm direito de participar da democracia, mas há limites, tem de haver.
    No quadro em que estamos, nada podemos arriscar. Para isto, temos que adiar no momento a nossos interesses mais pessoais e particulares.

    Responder

Tony

11 de março de 2021 às 12h58

Enviar as entrevistas dessa pesquisa para os filiados da CUT.

Responder

Luiz Alberto

11 de março de 2021 às 12h42

O desdém dos minions atesta a importância do que está acontecendo!

Responder

Gilmar Tranquilão

11 de março de 2021 às 12h09

Fez até essa mula usar máscara! Kkkk

Responder

Partagas

11 de março de 2021 às 10h17

Bolsonaro tem 32,3% no primeiro turno e perderia pela Marina que tem 1,3% ou Mandetta com 5%…kkkkkkkkkkkk

Mexem com droga essa gente…?

Responder

    Partagas

    11 de março de 2021 às 11h00

    “quase” perderia pela Marina…

    Responder

Fanta

11 de março de 2021 às 10h14

Tem pesquisa mais ridicula nao ?

Responder

    Coca

    11 de março de 2021 às 14h06

    Tem, aquela que diz que o bozo ganha de alguém! Kkkkkkkk

    Responder

Deixe um comentário para Partagas

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?