Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Ciro, Mandetta, Kalil e Márcio França debatem sobre a reconstrução nacional

Por Gabriel Barbosa

30 de abril de 2021 : 17h02

Na noite desta sexta-feira, 30, quatro líderes da política nacional debatem sobre reconstrução nacional e os desafios econômicos e sociais do Brasil a partir de 2023.

Com a mediação do presidente da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), Antônio Neto, os participantes serão os presidenciáveis Ciro Gomes (PDT) e Luiz Henrique Mandetta (DEM), o prefeito de Belo Horizonte e possível candidato ao Governo de Minas Gerais, Alexandre Kalil (PSD) e o ex-governador de São Paulo, Márcio França (PSB), também possível candidato ao Palácio dos Bandeirantes.

Naturalmente que o evento e o peso dos personagens políticos envolvidos é um balão de ensaio para as convergências já visando a disputa em 2022.

Não a toa que os quatro líderes são mais alinhados ao centro político, social e já se articulam em prol de suas candidaturas e projetos, seja em âmbito estadual ou nacional.

Assista o evento na íntegra!

Gabriel Barbosa

Jornalista com passagens pelo Grupo de Comunicação O POVO (Ceará), RedeTV! e Band News FM.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Marta

01 de maio de 2021 às 11h02

Foi extrema arrogância Lula querer desdenhar do percentual de Ciro nas pesquisas, dando-lhe margem muito menor, num segundo turno nem que o Lula faça reza braba leva o meu voto, os 10%, 12%, 14% de hoje fazem muita falta lá na frente.

Responder

    Batista

    02 de maio de 2021 às 14h36

    A questão não é de extrema arrogância ou de ‘extrema elegância’ como o ‘retroescavador dito’: “O Lula tá preso, babaca!”

    A questão é de visão.
    Enquanto Lula olha pela janela, Narciro olha pelo espelho.

    Responder

Deixe um comentário