Bahia: Refinaria privatizada provoca desabastecimento de Gás de Cozinha

Bolsonaro é multado no Maranhão por não usar máscara e provocar aglomeração

Por Redação

21 de maio de 2021 : 22h03

A Superintendência de Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde do Maranhão autuou Jair Bolsonaro por causar aglomeração e desrespeitar as regras sanitárias impostas no estado através de um decreto. Nesta sexta, 21, Bolsonaro cumpriu agenda no estado.

O decreto sancionado pelo governador Flávio Dino (PC do B) desde setembro do ano passado proíbe a propagação de aglomeração em qualquer ponto público e exige a aplicação das regras sanitárias na prevenção contra a Covid-19.

No evento que reuniu apoiadores, Bolsonaro não fez o uso da máscara e promoveu “aglomerações sem controle sanitário”, diz o auto.

Durante seu discurso, Bolsonaro chegou a atacar Flávio Dino o chamando de ditador comunista. Em resposta, o governador disse que estava ocupado tentando resolver os problemas causados pela Pandemia.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Valeriana

22 de maio de 2021 às 07h20

Nem adianta fazer cara de cachorro que não ganhou osso rsrsr

Responder

Panda

21 de maio de 2021 às 22h10

Como assim….ele convidou alguém para esse evento ou os maranhenses foram de vontade própria ?

Responder

Kleiton

21 de maio de 2021 às 22h07

Esse comunistoide é terrível…kkkkkkkkkk

Responder

Deixe um comentário para Panda