Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Créditos: Roque de Sá/Agência Senado

Wagner Rosário (CGU) chama Simone Tebet (MDB) de “descontrolada” e torna-se investigado pela CPI

Por Redação

21 de setembro de 2021 : 17h18

O ministro da Controladoria-Geral da União, Wagner Rosário, resolveu atacar a senadora Simone Tebet (MDB-MS) após a congressista apresentar uma série de pontos que contraria seu depoimento na comissão sobre a suposta auditoria da CGU sobre as negociações da vacina Covaxin junto ao Ministério da Saúde.

Durante seu tempo de fala, Tebet fez críticas a atuação de Wagner sobre a auditoria do contrato da vacina indiana. Na avaliação da emedebista, o CGU tentou engavetar a investigação para proteger o Governo Bolsonaro.

Com frieza absoluta, Wagner acusou a senadora de ter cometido irregularidades e que “a senhora é ou está descontrolada”.

Indignado com tal atitude, o senador Otto Alencar (PSD-BA) disse que Wagner não tinha altura para o cargo e o chamou de “moleque”.

Outros membros da CPI foram pra cima de Wagner e o presidente da comissão, Omar Aziz (PSD-AM), decidiu encerrar a sessão e pediu para que o relator, Renan Calheiros (MDB-AL), incluísse o CGU no rol de investigados. O pedido foi acatado.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

9 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

EdsonLuiz.

23 de setembro de 2021 às 23h28

Alexandre,

1º: se você entendeu que o que eu escrevi abaixo cabe para as suas falas, é porque deve caber mesmo para você! E deve caber muito mais do que pudesse caber se eu me dirigisse a uma fala sua.

Já pensou? Vestir a carapuça assim!

Não gosto de ser desrespeitoso, mas você é muito merdinha para ser respeitado, tanto moralmente quanto intelectualmente. Conheço petistas bem melhores, viu? O jeito ė rir!

2º: você empilha coisas quando fala, empilha cousas quando acusa; usa o meio neurônio que tem procurando achar que uma crítica a uma mulher é por ela ser mulher, que uma crítica a um homem ė por ele ser um homem, e assim vai, no seu raciocínio desvairado. Ė coisa de gente ideologizada. A incapacidade de pensar faz do incapaz um mau pensador; se ele for um fanático doutrinado, tudo fica mais desvairado. A merda toda da nossa política é que tem partido político no Brasil que a média da capacidade e preparo para pensar é você. Estamos bem fodidinhos!

Petistas, bolsonaristas, centrões: de quanta limitação é feito um país tão atrasado! Assusta!

Mas vestir a carapuça, Alexandre Nėres?
Vestir a carapuça?

Lhe coube muito bem!

: você leu macunaíma, Alexandre Nėres?
Eu não estou perguntando se entendeu o livro não. Que você não entendeu, caso tenha lido, isso eu posso deduzir fácil. Eu estou perguntando se leu para lembrar a fala: “Ai… Que preguiça!”

Responder

Alexandre Neres

23 de setembro de 2021 às 02h00

Meu caro Edson Luiz, infelizmente você parece conhecer muito pouco o país em que nasceu.

Ignora o machismo estrutural que levou a senadora a ser ofendida, só ela, em meio a um tanto de marmanjos. Não por acaso você outro dia fez o mesmo ataque a Dilma ou a Gleise, nem lembro mais, também praticou gaslighting. Todo senador vai querer um holofotezinho para pretensamente combater a corrupção, mas só a senadora foi atacada pelo Rosário.

Decerto ignora o racismo estrutural que permeia nossa sociedade, tanto é que defende Sergio Morto com unhas e dentes mesmo depois de ele querer dar licença para matar à polícia mais assassina do mundo, sobretudo um contingente sobressalente de pretos e pardos de 15 a 29 anos.

Defender a Lava Jato ante todas as evidências que saltam aos olhos, endeusar justiceiros travestidos de heróis que instrumentalizaram a Justiça para perseguir adversários políticos e interferir no jogo eleitoral até hoje é surreal. É como abdicar de crescer, ter síndrome de Peter Pan. Só lendo muito Merval Pereira e caterva. Nem discuto esses assuntos, porque muita gente foi abduzida e passou a repetir um discurso canhestro de forma acrítica, os bolsonaristas fazem o mesmo. Graças a Deus pelo menos tenho noção da minha ignorância, quais assuntos não devo me meter por não entender bulhufas. Comer na mão dos outros não é recomendável, tampouco ser caixa de ressonância.

O neoliberalismo de Reagan nos legou a guerra às drogas, que gerou a guerra ao terrorismo de Bush Filho, que teve como sucedâneo a guerra contra a corrupção do santo do pau oco Sergio Morto. Tais guerras fizeram mais mal do que o que elas alegavam combater e trouxeram o encarceramento em massa como solução. Não só alimentaram o monstro, como malferiram os direitos humanos e as garantias fundamentais. Enfim…

Um abraço.

Responder

EdsonLuiz.

22 de setembro de 2021 às 14h46

Contra a corrupção no Brasil, especialmente contra a corrupção de cįnicos que praticam corrupção diariamente e protegem e defendem diariamente quem pratica, inclusive debaixo do próprio teto, defenda SEMPRE a senadora Simone Tebet.

E defenda também outros agentes públicos ativos no combate à corrupção. Em um país onde se corromper é o primeiro esporte praticado por “políticos” e seus chegados e apoiadores, sendo a corrupção no Brasil praticada por presidentes, ex-presidentes, senadores, deputados, empresas, empresários, diretores de empresas e uma matilha imensa de cães danados, é muito importante a defesa dos que combatem a corrupção.

Defenda sempre os agentes anticorrupção, sejam eles senadores, deputados, dirigentes partidários, juízes, ex-juízes ou procuradores!

A senadora Simone Tebet foi ofendida pelo bolsonarista dentro do senado não por ser mulher. A senadora Simone, destacada senadora na construção da cidadania brasileira, foi atacada pelo bolsonarista jagunço por ter sido encurralado com documentos pela senadora. Simone foi atacada pelo bolsonarista POR COMBATER CORRUPÇÃO!

E assim é sempre: quanto mais corruptos ou defensores de corruptos, mais essa gente ataca agentes públicos sérios como a senadora Simone Tebet, o senador Alessandro Vieira é a deputada federal Tábata Amaral.

Esses desqualificados morais atacam gente séria em todas as oportunidades e em todos os lugares. Ainda a pouco, há um ou dois dias, a senadora Simone, o senador Alessandro e a deputada Tábata foram atingidos aqui mesmo, em ‘ocafezinho’, por um espécime desses agressores.

Defenda quem combate corrupção. Defenda sempre!

Em um país como o Brasil, onde “político” costuma ter corrupção como modelo de negócio e costuma ter partidos políticos, poder executivo e parlamento como balcão de negócios, corrupção dá em bolsonaro, que significa MAIS corrupção e não menos corrupção.

Corrupção dá no que deu os governos do PT e no que se seguiu depois.

Com a corrupção, o país desaba e depois nunca mais tem dinheiro para nada, a não ser que o país emita dinheiro, aumentando a dívida e passando o resto da história pagando essa dívida e aumentando a miséria.

Defenda Simone Tebet SEMPRE!

Se Simone Tebet defende a Operação Lava-Jato é porque reconhece que combater corrupção em um país de corruptos é a primeira tarefa de quem realmente deseja políticas sociais sustentáveis, para não precisar interromper essas políticas ou ter a sua continuação ameaçada por falta de dinheiro devido à corrupção!

Não ataque Simone Tebet pela manhã e à tarde finja defender Simone Tebet. Defenda DE VERDADE quem tem coragem para combater DE VERDADE corrupção.

Responder

Alexandre Neres

21 de setembro de 2021 às 21h41

Sou crítico de Simone Tebet por ser uma senadora monotemática, mas hoje vou dar o braço a torcer.

Ela estava na área de domínio, tratando de órgãos de controle e combate à corrupção, inquirindo o ministro da CGU com perguntas cabíveis, quando houve um show de machismo.

Vários senadores foram ríspidos com o tal Wagner e ele ficou na miúda. Com a senadora, disse que ela estava “totalmente descontrolada”. É o típico ato machista, querer enquadrar a mulher como louca, histérica, desequilibrada ou descontrolada. Assim, abusando de um machismo estrutural, quer colocar a mulher na defensiva. Cumpre registrar que as perguntas e o relato dela eram pertinentes e foram pronunciadas de forma assertiva. Isso que o desqualificado praticou se chama “gaslighting”.

A autoridade para o ministro dar aquele show vem de cima. Caiu nas graças do chefe, ficou bem na fita, ao protagonizar um espetáculo daqueles. Um desgoverno formado por homens brancos, velhos, ricos, heterossexuais, feios, sujos e malvados. Não por acaso o presida tava lá na ONU defendendo o tratamento precoce e dizendo que daqui a um tempo o mundo inteiro vai reconhecer que ele está certo e o resto tá errado.

Entrementes, no pior dos mundos, somos obrigados a ler um sedizente progressista escrever o seguinte: “(O próximo ministério do PT vai conseguir ser ainda pior que o de bolsonaro e seus milícias).”

Responder

Ronei

21 de setembro de 2021 às 20h24

Ainda não acabou essa palhaçada ?

Responder

EdsonLuiz.

21 de setembro de 2021 às 19h45

Esta Controladoria já teve como seu ministro-chefe o soberbo político baiano Jorge Hage, hoje tem esse Wagner do Rosário.

Indicado pelo PT, quando o PT indicava nomes soberbos para ocupar essas áreas de controle, investigação e punição de crimes contra o dinheiro público e ainda não se corrompia e mandava seus jagunços militantes xingarem, chamarem de moralistas (querendo, de fato, dizerem “falso moralistas”) e perseguirem os que não querem ver a corrupção apodrecer o Brasil, como a senadora Simone Tebet, o senador anticorrupção Alessandro Vieira e alguns juízes e procuradores.

E a corrupção no Brasil dobrou de tamanho: à corrupção antiga somou-se a corrupção do PT, e a essas duas corrupções somou-se a corrupção dos bolsonaristas.

O PT que perseguia corruptos é agora o PT que persegue quem combate corrupção. Veio o bolsonarismo, com o mesmo discurso de combater a corrupção, mas hoje o brasileiro sabe que o bolsonarismo é igualmente corrupto. E pior, é miliciano também!

Perseguir, xingar e chamar de moralista quem combate corrupção é o que o PT faz agora com quem não gosta de corruptos, depois que o brasileiro, que já sabia da grande corrupção praticada no Brasil e colocou o PT no poder exatamente porque o PT prometeu que atacaria sem tréguas a corrupção e os corruptos, e o que se viu foi exatamente o contrário: o PT se associou aos piores corruptos, com eles fez e faz coligações e alianças de apoio e com eles aprendeu todos os truques para também praticar corrupção.

Em vez de combater os corruptos o PT se corrompeu também e se graduou em corrupção. Hoje o PT manda seus militantes xingarem e chamarem de moralistas quem ainda acha que junto com um projeto de país e tão importante quanto esse projeto é ter o ideal de um país onde a corrupção é combatida, e não apoiada.

Tenho saudade do PT das divergências intestinas, que respondia com ódio, com leviandade e com mentiras aqueles que discordavam das propostas populistas do PT, mas não atacava alguém que combatia corrupção; pelo contrário, apoiava! O Petista xingava com ódio todo mundo que discordavam do PT, mas pelo menos não xingava a pessoa por ela não gostar de corrupção.

Naquele tempo os brasileiros não sabiam que o PT também se corrompia, e que certos petistas conseguiam ser ainda mais corruptos que os corruptos que antes o PT fingia combater, ao menos no discurso.

Agora, em vez de Jorge Hage na controladoria temos esse bolsonarista, o tal Wagner, como controlador. Para confirmar tantas semelhanças na prática entre petismo e bolsonarismo, esse Wagner vem à CPI e xinga a senadora Simone Tebet quando ela o encurrala. O bolsonarista Wagner faz a mesma coisa que o petista faz: xinga quem não gosta de corrupção e malfeitos.

Espero que os bolsonaristas não façam como muitos petistas fizeram e fechem os olhos para a corrupção bolsonárica e xinguem quem combate corrupção.

Responder

    Andrea

    22 de setembro de 2021 às 06h57

    É melhor ajustar a sua crítica ao PT, pois o Ministro do PT que você mais elogia foi o que ficou mais tempo no cargo, permanecendo no cargo no segundo mandato de Lula e até quase o fim do segundo governo da Dilma. Não há notícias de irregularidades na gestão da CGU nesse período. Não se iluda: se o Ciro for eleito (ou qualquer outro), a corrupção também irá ocorrer, A corrupção só diminui através de amadurecimento institucional e civilizatório. Não diminuirá na base da bravata.

    Responder

      EdsonLuiz.

      26 de setembro de 2021 às 01h18

      Andréa,

      O Jorge Hage foi um ministro da CGU sensacional!

      O PT indicava muito bons cidadãos, que eram igualmente muito bons profissionais, para áreas de controle, inclusive para controle constitucional.

      E eu reconheço plenamente isso! Sempre vou reconhecer boas escolhas e boas políticas. Se você quer saber, mesmo o bestial do bolsonaro, se fizer um ato elogiável, irei eelogiá-lo.

      Aqui para nós, os ministros do STF indicados pelo PT, considerando TODOS os indicados: os atuais ministros, os que já se aposentaram – Ayres Britto, por exemplo – e o que morreu em um acidente, todos são excelentes indicações, com excessão, para mim, do Tófoli e do Lewiandoviski.

      Andréa, só um detalhe a mais: verifique, quando puder, a data e o motivo por que o probo Jorge Hage entregou o cargo de ministro da CGU. Sendo o Jorge Hage quem é, já quando você verificar a data em que ele saiu vai ligar um alerta. Imediatamente você vai antenar …”Jorge Hage ficou ministro por muitos anos, talvez o mais longevo da CGU. Por que de repente, e exatamente naquele quadro da época, ele entregou o cargo?”…

      Responder

Tony

21 de setembro de 2021 às 17h22

De novo com essa vacina que não foi comprada… são retradados mesmo esse 3 imbecis ?

Responder

Deixe um comentário para Alexandre Neres

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?