Fundador do Instituto Ideia vê chance de Lula vencer no 1° turno

Imagem: Divulgação

Bolsonaro mente ao dizer que liberou R$200 milhões para Bahia

Por Gabriel Barbosa

29 de dezembro de 2021 : 08h43

Após ser detonado na internet pelas férias no litoral de Santa Catarina, enquanto os baianos estão sofrendo pelas enchentes e os temporais, Jair Bolsonaro anunciou que editou uma Medida Provisória (MP) que libera R$200 milhões para que o estado da Bahia possa recuperar as rodovias federais destruídas pelas chuvas.

Contudo, o inquilino do Planalto mentiu ao dizer que o montante seria 100% destinado ao estado governado por Rui Costa (PT).

Na realidade, cerca de 40% desse valor será destinado aos estados do Nordeste. O próprio governador baiano chamou atenção sobre a penúria do Governo Federal.

“O que eu queria só fazer um apelo, porque não é possível recuperar as estradas federais com R$ 80 milhões para o Nordeste. R$ 80 milhões não dá para recuperar a Bahia, pelo estrago que tem. Tem vários rompimentos. Então, eu faço um apelo por um aporte direcionado ao Estado da Bahia. Porque o que está publicado, está aqui no meu celular, a portaria fala de R$ 200 milhões”, disse Rui.

“Porque o que está publicado, está aqui no meu celular, a portaria fala de R$ 200 milhões. Nada contra, todos os Estados devem estar precisando. Mas eu acho que no caso é preciso um recurso direcionado para recuperar as estradas da Bahia”, completou o governador.

O vexame da Medida Provisória de Bolsonaro foi tão grande que o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, teve que dizer em público que os R$80 milhões seria apenas um “primeiro aporte” e que o valor é “emergencial”.

Ao todo, 136 municípios da Bahia foram destruídos com os temporais e 21 pessoas morreram.

Gabriel Barbosa

Jornalista com passagens pelo Grupo de Comunicação O POVO (Ceará), RedeTV! e Band News FM. Pós-graduando em Comunicação e Marketing Político.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Francisco

30 de dezembro de 2021 às 12h33

Impressionante a dificuldade, ou melhor, a incapacidade, de bolsonaristas & adjacentes lidarem com intelecção de texto, por mais explícito que possa ser a redação do dito.

Não à toa acreditam e compram rasos truquezinhos de desinformação do Minto Muito, expondo a própria mediocridade em praça pública, no caso presente, no Cafezinho.

BOLSONARO ANUNCIAR que “editou Medida Provisória (MP) que libera R$200 milhões para que o estado da Bahia possa recuperar as rodovias federais destruídas pelas chuvas”, não é o mesmo que expressa a Medida Provisória (MP) que “libera R$200 milhões para os estados da Bahia, Amazonas, Minas Gerais, Pará e São Paulo…”, pois na realidade destina para o estado da Bahia, R$ 80 milhões e não R$ 200 milhões, como capciosamente anunciado por Bolsonaro.

Bolsonaro anunciar o edital à moda fake é uma coisa, o texto do edital é outra coisa, mas isso estamos carecas em saber ou alguns ainda não?

Responder

Efrem Ventura

29 de dezembro de 2021 às 13h02

Do UOL, em São Paulo

Atualizada em 28/12/2021 10h42

O presidente Jair Bolsonaro (PL) editou uma MP (Medida Provisória) para liberar R$ 200 milhões para reconstrução de rodovias danificadas pelas chuvas intensas nos estados do Amazonas, Bahia, Minas Gerais, Pará e São Paulo. O texto foi publicado na edição de hoje do DOU (Diário Oficial da União).

Em nota, a Secretaria Geral da Presidência da República reforça a “imediata necessidade de restabelecer o tráfego no segmento interditado da rodovia BR-459/SP, no Estado de São Paulo, com a maior brevidade possível; e das rodovias BR-155/PA e BR-158/PA, no Estado do Pará; bem como BR-319/AM e BR-174/AM, no Estado do Amazonas, por serem as únicas que fazem ligações com importantes centros logísticos e de escoamento via terrestre, atingindo diretamente milhares de usuários, e assim prejudicando toda a cadeia econômica local”.

Basta ler para desmintir essa “materia”.

Responder

Willy

29 de dezembro de 2021 às 12h58

“Determinei edição de MP de Crédito Extraordinário, no valor de R$ 200 milhões, a fim de viabilizar, no DNIT, a reconstrução de infraestruturas rodoviárias danificadas pelas chuvas nos estados da Bahia (mais afetado), Amazonas, Minas Gerais, Pará e São Paulo” disse o presidente pelo Twitter.

Habemus “feiqui gnus” do nosso Gabrielzinho…? Onde arrumaram esse desadatado…?

Responder

Deixe um comentário para Willy

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina