Fundador do Instituto Ideia vê chance de Lula vencer no 1° turno

PF desmente fake news sobre novo depoimento de Adélio Bispo culpando partido político

Por Redação

14 de fevereiro de 2022 : 19h50

Nesta segunda-feira, 14, apoiadores de Jair Bolsonaro (PL) impulsionaram nas redes sociais uma notícia falsa sobre um suposto depoimento de Adélio Bispo a Polícia Federal onde ele teria afirmado que a ordem de dar uma facada contra o então candidato a presidência Jair Bolsonaro, durante as eleições de 2018, foi de um partido político.

Segundo as informações do UOL, a própria PF desmente essa história e ainda classifica o episódio como uma “invenção completa”. O nome do partido será preservado para não colaborar com a fake news do submundo bolsonarista.

Vale lembrar que Adélio está preso desde setembro de 2018 em uma cela da Penitenciária Federal de Campo Grande (MS).

O inquérito da PF concluiu que ele agiu sozinho, sem mandantes. Por sua vez, Adélio jamais declarou que tenha agido por ordem de terceiros e assume que atacou Bolsonaro por decisão própria.

Outro ponto importante a se esclarecer é que mesmo que Adélio quisesse prestar um novo “depoimento” não seria como testemunha ou réu, já que foi diagnosticado como portador de transtorno mental e é considerado pela Justiça como inimputável, ou seja, incapaz de responder pelos seus atos.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Sebastião

15 de fevereiro de 2022 às 09h48

E a jornalista que lançou na rede, tem que tomar cuidado com esses tipos de fontes. Claro, que no mundo bolsonarista elea querem e vão fazer isso.

Mas, a divulgação dessa notícia, foi depois dela ter colocado no Twitter. E por ter credibilidade, se disseminou rápido.

Responder

Cicero Gonçalves Netocic

15 de fevereiro de 2022 às 07h57

na minha opiniao não se ouve nem se discute com BOLSONARITAS, pois eles são como NAZISTA, só pensão no mal.

Responder

Cicero Gonçalves Netocic

15 de fevereiro de 2022 às 07h55

na minha opiniao não se ouve nem se discute com BOLSONARITAS, pois eles são como NASISTA, só pensão no mal.

Responder

Galinzé

14 de fevereiro de 2022 às 23h33

Alguém marcou a presença no Congresso desse sujeito o mesmo dia da facada quando ele estava em Juiz de Fora e não em Brasilia.
Alguém explica isso…?

Alguém explica como esse pé rapado conseguiu uma turma de advogados 1 hora após a tentativa de homicídio…?

Como ele pagou as diárias da hotel onde ficou por alguns dias…?

Se eu quisesse matar alguém não contrataria ninguém mas coerciria um elemento meio maluco como esse, que não por acaso era filiado do PSOL.

Responder

Deixe um comentário para Galinzé

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina