Genial/Quaest: Veja os números da corrida pelo governo da Bahia

Imagem: Maxim Marusenko/EFE

Paulinho sinaliza que é contra revogação da reforma trabalhista

Por Redação

20 de abril de 2022 : 14h57

Em entrevista a CNN Brasil nesta quarta-feira, 20, o deputado federal e presidente Nacional do Solidariedade, Paulinho da Força (SP), sinalizou que é contra a proposta de revogação da reforma trabalhista aprovada e sancionada no governo do ex-presidente Michel Temer (MDB).

“Eu conheço muito bem a reforma trabalhista que foi feita, até porque fui um dos que trabalhou para derrotá-la, mas quem conhece o Congresso e a reforma sabe que não é preciso revogar, precisa corrigir alguns pontos”, disse.

Vale lembrar que Paulinho é presidente de honra da Força Sindical e recentemente formou acordo com o ex-presidente Lula para que o Solidariedade apoie a candidatura do líder progressista.

Outro ponto relevante é que a Federação Brasil da Esperança, formada por PT, PV e PC do B defende a revogação integral da reforma trabalhista.

“Os Partidos democráticos e progressistas que compõem a Federação Brasil da Esperança defendem a revogação da contrarreforma trabalhista feita no governo Temer e a implementação de uma nova reforma trabalhista construída a partir da negociação tripartite, que proteja os trabalhadores, recomponha direitos, fortaleça a negociação coletiva e a representação sindical, com especial atenção aos trabalhadores informais e de aplicativos”, diz a carta da federação.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Paulo

20 de abril de 2022 às 22h30

Houve um grande mérito e um grande demérito nessa tal “Reforma Trabalhista”. O grande mérito foi o fim do assim denominado “imposto sindical” (um dia de trabalho por ano de contribuição obrigatória do trabalhador aos sindicatos). O maior demérito foi a terceirização irrefreada. Um erro absoluto…

Responder

Luís Carlos Kerber

20 de abril de 2022 às 18h22

Paulinho da Força Sindical deveria mudar de vez o seu nickname para Paulinho da Farsa Sindical, pois ele sempre foi uma farsante na defesa dos direitos dos trabalhadores. Onde tem como melhorar a reforma (anti) trabalhista? Para melhorar essa reforma somente a revogação total dela e a revalidação da CLT. Ele chegou a essa opinião depois de ter se reunido com outro farsante, o ex-playboy mineiro que foi candidato derrotado e não aceitou a derrota?

Responder

Deixe um comentário

Novo Presidente da PETROBRAS defende preços altos Cadê o churrasco do povo, Bolsonaro? Preço explodiu! Conservadores? A atual juventude brasileira O Indulto sem Graça de Bolsonaro Os Principais Eleitores de Lula Os Principais Eleitores de Ciro Gomes Os Principais Eleitores de Bolsonaro Janela Partidária 2022: Quem ganhou, quem perdeu? Caro? Gasolina, Gás e Diesel: A atual política de preços da Petrobrás As Maiores Enchentes do Brasil