Analista da Ideia fala sobre “voto útil” dos eleitores de Ciro a Lula no 1° turno

Imagem: Divulgação

Santos Cruz critica Bolsonaro por envolver militares na contagem de votos

Por Redação

03 de maio de 2022 : 08h38

O general Carlos Alberto dos Santos Cruz demonstrou sua insatisfação com a tentativa de Jair Bolsonaro (PL) em envolver os militares das Forças Armadas na contagem de votos durante a apuração da disputa presidencial.

Ogeneral da reserva avalia que esse tipo de proposta, defendida pelo inquilino do Planalto, é “politicagem mais baixa possível da exploração das Forças Armadas”.

“Imagine as Forças Armadas fazendo contagem paralela de votos? O que é isso? Isso aí é brincadeira. Isso aí é simplesmente para criar confusão. Não é papel das Forças Armadas, não é tarefa das Forças Armadas. Tem Tribunal Eleitoral para isso”, disse ele ao Valor.

Vale lembrar que na semana passada, Bolsonaro defendeu que o computador do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) seja ligado a um dispositivo das Forças Armadas com o objetivo de “checar” o resultado das eleições. A preço de hoje, Bolsonaro perderia a disputa para o ex-presidente Lula.

Sobre essa ideia de Bolsonaro, Santos Cruz repudiou e disse que a responsabilidade das eleições é única e exclusiva do TSE. “As Forças Armadas não têm nada a ver com história de eleição. Eleição é responsabilidade do TSE”.

“No caso, as Forças Armadas foram convidadas para participar, com outros, de uma avaliação do sistema, para demonstrar que o sistema é bom e confiável. Depois as Forças Armadas fizeram umas perguntas técnicas. As Forças Armadas não têm nada a ver [com eleição], então é técnico o negócio. Eu não sei como foram as perguntas técnicas. Também não sei quais foram as respostas do TSE. O problema é que a partir daí você tem uma exploração política muito forte”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

carlos

04 de maio de 2022 às 16h14

Querlon, estou falando em caso de golpe, pra romper, eleições, que há um ou até ➕ policiais, e não de polícia, tudo que for pertinente às eleições, a polícia de cada estado dá segurança, se não tinha a figura do mesario do fiscal, e do presidente da seção. Não precisava nada disso que falei.

Responder

carlos

03 de maio de 2022 às 15h00

O general Santos Cruz, demonstra toda sua grandeza, e não estou falando de tamanho, estou esclarecendo a sua grandeza de espírito de república e estatura moral, eu tenho um filho que ficou quase um ano exército, e ele falou que no quartel furta de celular até cueca, e teve um que praticou assalto a mercadinho de fortaleza. Esse é o exército versão bolsonaro.

Responder

carlos

03 de maio de 2022 às 14h46

Parabéns, general Santos Cruz, esse sabe a função do exército, como já fiz com o comandante da aeronáutica, quando em uma oportunidade ele falou que ganhar será empossado, mas a maioria das forças armadas não sabe o verdadeiro papel das forças armadas, o poder judiciário é responsável por fiscalizar e literalmente fazer com as eleições sejam limpas e tranquilas, e no mundo globalizado, qualquer probleminha é faz um barril de pólvora acontecer porque o mundo inteiro está assim e hoje existe essa hogivas nucleares, que são as armas químicas.

Responder

Querlon

03 de maio de 2022 às 12h04

Em paises da europa onde se vota no papel hà tambem oficiais de policia e militares garantindo a segurança e vigiando a contagem dos votos.

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador de Minas Gerais O Xadrez para Governador de São Paulo O Xadrez para Governador do Rio de Janeiro Novo Presidente da PETROBRAS defende preços altos Cadê o churrasco do povo, Bolsonaro? Preço explodiu! Conservadores? A atual juventude brasileira O Indulto sem Graça de Bolsonaro Os Principais Eleitores de Lula Os Principais Eleitores de Ciro Gomes Os Principais Eleitores de Bolsonaro