Fundador do Instituto Ideia vê chance de Lula vencer no 1° turno

Foto: Divulgação

Levantamento aponta possível ministro da Economia do governo Lula

Por Gabriel Barbosa

04 de maio de 2022 : 14h51

Na tarde desta quarta-feira, 4, a InfoMoney divulgou a nova rodada do Barômetro do Poder, levantamento que compila mensalmente as avaliações e expectativas de consultorias de análise de risco político e de analistas independentes sobre temas relevantes no Brasil.

Desta vez, o levantamento mostra a avaliação desses agentes sobre quem poderá assumir o Ministério da Economia do possível governo do ex-presidente Lula em 2023.

Vale lembrar que o líder progressista já sinalizou que o seu ministro da Economia terá que ter um perfil político para que possa fazer as pontes com o Congresso. Porém, a intenção de Lula é anunciar esse nome após a eleição, caso vença a disputa.

Para os analistas ouvidos pelo Barômetro, o nome natural que poderá assumir a pasta mais robusta do Governo Federal é o atual governador da Bahia, Rui Costa (PT). Cerca de 31,3% das respostas espontâneas apontam o nome do petista baiano.

Fonte: Infomoney

Altamente popular na Bahia, o nome de Rui também é citado constantemente nas conversas entre os agentes do mercado financeiro e interlocutores da campanha de Lula como o deputado federal José Guimarães (PT-CE) e José Dirceu.

Economista de formação, Rui Costa implementou um ajuste fiscal na sua gestão estadual, bem visto pelo mercado, e por isso tornou-se um nome “prioritário” na lista de possíveis ministros. Outro nome citado pelos agentes é do ex-prefeito Fernando Haddad (12,5%).

Mas um ponto interessante é que o próprio economista André Lara Resende também aparece no rol de possíveis ministros. Ele foi mencionado por 6,5% dos analistas entrevistados pelo levantamento. Juntamente com o ex-governador do Ceará, Camilo Santana (PT), Lara Resende tem auxiliado nas articulações do mercado com Lula.

O presidente da Fiesp, Josué Gomes, é outra liderança que a campanha do petista tem dado atenção nas conversas. Mas apesar do nome de Rui ser a aposta majoritária, cerca de 18,8% dos entrevistados pelo Barômetro preferiram não se posicionar sobre a questão por avaliarem que ainda é cedo.

Já sobre a terceira via, a maioria (33,1%) avalia que Simone Tebet (MDB-MS) é o nome que poderá ser consenso, caso os partidos desse bloco cheguem a entrar num acordo. O nome do ex-ministro Ciro Gomes (PDT) não chega a ser citado no levantamento espontâneo, o que demonstra que a pré -candidatura do PDT não tem penetrado nas análises desse segmento.

“Quanto a um eventual nome único da terceira via, parece-me muito pouco provável que essa empreitada tenha sucesso. Porém, se alguém for indicado, as maiores chances são de Simone Tebet”, diz um dos entrevistados.

O Barômetro do Poder foi realizado entre os dias 24 a 26 de abril e contou com 14 respondentes, sendo 10 casas de análise de risco político e 4 analistas independentes.

São eles:

• Antonio Lavareda (Ipespe)*
• BMJ Consultores Associados
• Claudio Couto (FGV EAESP)*
• Control Risks
• Dharma Political Risk & Strategy
• Empower Consultoria
• Eurasia Group
• João Villaverde (FGV-SP)*
• Medley Global Advisors
• Patri Políticas Públicas
• Prospectiva Consultoria
• Pulso Público
• Tendências Consultoria Integrada
• Thomas Traumann*

Acesse o relatório completo clicando aqui.

Gabriel Barbosa

Jornalista com passagens pelo Grupo de Comunicação O POVO (Ceará), RedeTV! e Band News FM. Pós-graduando em Comunicação e Marketing Político.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Saulo

04 de maio de 2022 às 21h41

João Vaccari Neto cairia bem….kkkkkkk

Responder

Zulu

04 de maio de 2022 às 21h40

Geddel ?

Responder

Claudio Freire

04 de maio de 2022 às 18h54

Com todo o respeito, mas que bobagem fazer uma enquete dessa neste momento.
A campanha eleitoral ainda nem começou.

Responder

Saulo

04 de maio de 2022 às 15h05

Ou Marcelo Odebrecht ou algum outro lavador de dinheiro profissional.

Responder

Deixe um comentário para Saulo

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina