Fundador do Instituto Ideia vê chance de Lula vencer no 1° turno

Foto: Divulgação

Levantamento aponta possível ministro da Economia do governo Lula

Por Gabriel Barbosa

04 de maio de 2022 : 14h51

Na tarde desta quarta-feira, 4, a InfoMoney divulgou a nova rodada do Barômetro do Poder, levantamento que compila mensalmente as avaliações e expectativas de consultorias de análise de risco político e de analistas independentes sobre temas relevantes no Brasil.

Desta vez, o levantamento mostra a avaliação desses agentes sobre quem poderá assumir o Ministério da Economia do possível governo do ex-presidente Lula em 2023.

Vale lembrar que o líder progressista já sinalizou que o seu ministro da Economia terá que ter um perfil político para que possa fazer as pontes com o Congresso. Porém, a intenção de Lula é anunciar esse nome após a eleição, caso vença a disputa.

Para os analistas ouvidos pelo Barômetro, o nome natural que poderá assumir a pasta mais robusta do Governo Federal é o atual governador da Bahia, Rui Costa (PT). Cerca de 31,3% das respostas espontâneas apontam o nome do petista baiano.

Fonte: Infomoney

Altamente popular na Bahia, o nome de Rui também é citado constantemente nas conversas entre os agentes do mercado financeiro e interlocutores da campanha de Lula como o deputado federal José Guimarães (PT-CE) e José Dirceu.

Economista de formação, Rui Costa implementou um ajuste fiscal na sua gestão estadual, bem visto pelo mercado, e por isso tornou-se um nome “prioritário” na lista de possíveis ministros. Outro nome citado pelos agentes é do ex-prefeito Fernando Haddad (12,5%).

Mas um ponto interessante é que o próprio economista André Lara Resende também aparece no rol de possíveis ministros. Ele foi mencionado por 6,5% dos analistas entrevistados pelo levantamento. Juntamente com o ex-governador do Ceará, Camilo Santana (PT), Lara Resende tem auxiliado nas articulações do mercado com Lula.

O presidente da Fiesp, Josué Gomes, é outra liderança que a campanha do petista tem dado atenção nas conversas. Mas apesar do nome de Rui ser a aposta majoritária, cerca de 18,8% dos entrevistados pelo Barômetro preferiram não se posicionar sobre a questão por avaliarem que ainda é cedo.

Já sobre a terceira via, a maioria (33,1%) avalia que Simone Tebet (MDB-MS) é o nome que poderá ser consenso, caso os partidos desse bloco cheguem a entrar num acordo. O nome do ex-ministro Ciro Gomes (PDT) não chega a ser citado no levantamento espontâneo, o que demonstra que a pré -candidatura do PDT não tem penetrado nas análises desse segmento.

“Quanto a um eventual nome único da terceira via, parece-me muito pouco provável que essa empreitada tenha sucesso. Porém, se alguém for indicado, as maiores chances são de Simone Tebet”, diz um dos entrevistados.

O Barômetro do Poder foi realizado entre os dias 24 a 26 de abril e contou com 14 respondentes, sendo 10 casas de análise de risco político e 4 analistas independentes.

São eles:

• Antonio Lavareda (Ipespe)*
• BMJ Consultores Associados
• Claudio Couto (FGV EAESP)*
• Control Risks
• Dharma Political Risk & Strategy
• Empower Consultoria
• Eurasia Group
• João Villaverde (FGV-SP)*
• Medley Global Advisors
• Patri Políticas Públicas
• Prospectiva Consultoria
• Pulso Público
• Tendências Consultoria Integrada
• Thomas Traumann*

Acesse o relatório completo clicando aqui.

Gabriel Barbosa

Jornalista com passagens pelo Grupo de Comunicação O POVO (Ceará), RedeTV! e Band News FM. Pós-graduando em Comunicação e Marketing Político.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Saulo

04 de maio de 2022 às 21h41

João Vaccari Neto cairia bem….kkkkkkk

Responder

Zulu

04 de maio de 2022 às 21h40

Geddel ?

Responder

Claudio Freire

04 de maio de 2022 às 18h54

Com todo o respeito, mas que bobagem fazer uma enquete dessa neste momento.
A campanha eleitoral ainda nem começou.

Responder

Saulo

04 de maio de 2022 às 15h05

Ou Marcelo Odebrecht ou algum outro lavador de dinheiro profissional.

Responder

Deixe um comentário para Claudio Freire

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina