Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Foto: Divulgação

Bolsonaro ataca três ministros do STF

Por Redação

20 de maio de 2022 : 11h15

Nesta sexta-feira, 20, Jair Bolsonaro (PL) partiu para nova ofensiva contra ministros do Supremo Tribunal Federal. Desta vez, os ataques foram contra Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso e Edson Fachin.

Nas palavras de Bolsonaro, os três magistrados “infernizam o Brasil”. A declaração durante entrevista ao Correio da Manhã. “Temos três ministros que infernizam, não é o presidente, mas o Brasil: Fachin, Barroso e Alexandre de Moraes. Esse último é o mais ativo”.

O inquilino do Planalto também disse que Moraes age como um líder de partido de esquerda e negou a existência do inquérito das fake news.

“Ele se comporta como um líder de partido de esquerda de oposição. Ele se comporta o tempo todo. E por que essa ação? Esse inquérito da fake news? Primeiro que fake news não existe. Nos acusam de gabinete do ódio. Me apresenta uma matéria. ‘Olha, essa matéria acho que nasceu do gabinete do ódio’. Não tem”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

carlos

20 de maio de 2022 às 21h15

Seria ótimo, se presidente da República, ao invés de autorizar o uso de armas, incentivar o povo a ler a Bíblia, comentar e analisa-la ele mesmo ao invés, dormir com armas debaixo da cama, utilizar-se dela pra dar um bom exemplo e passar adiante, ao contrário ele faz é incentivar os pastores a andarem armados.

Responder

carlos

20 de maio de 2022 às 20h56

O presidente que ganhar a eleição, que não seja o bolsonaro, tem muito que trabalhar, e o primeiro ponto é reformar o estatuto da polícia federal, fazer com que os delegados, possam conduzir arma durante trabalho, terminou o expediente recolhe-se às armas, quem não c
umprir o estatuto serão expulsos, porque eles, com a exceção, descumprem o estatuto.

Responder

Kleiton

20 de maio de 2022 às 13h10

Em pleno estilo tupiniquim (na saber ficar no proprio lugar) o STF se colocou acima dos brasileiros e nao ao servço dos mesmos como deveria ser.

Responder

Fanta

20 de maio de 2022 às 13h06

Fachin é o imbecil que teve todo os processo da Lava Jato na mao por anos e no final da obra para soltar o Larapio Bastardo inventou que todos os processos foram para o tribunal errado…??

Moraes é um fascistoide que nao faz nenhuma questao de fingir que nao é e Barroso é um metidinho que acha que “Eu” é o abreviativo de Deus.

Esta é o nivel de um Tribunal Constitucional de Terceiro Mundo…

O homem mais rico do Mundo està no Brasil…entreguem essa palhaçada logo e parem de perder tempo.

Responder

Deixe um comentário para carlos