Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Imagem: Divulgação

Aloysio Nunes explica seus motivos para apoiar Lula

Por Redação

21 de maio de 2022 : 10h51

O ex-ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, um dos cabeças brancas do PSDB, explicou os motivos que o levam a apoiar a candidatura do ex-presidente Lula nas eleições deste ano.

“Temos duas candidaturas presidenciais fortes, numa campanha muito curta: Bolsonaro e Lula. PT e PSDB são duas vertentes da social-democracia e já tiveram vários momentos de colaboração. O Brasil hoje está sob ameaça e precisamos nos unir”, disse ele em entrevista ao jornalista Leonardo Attuch, do Brasil 247.

Ainda na avaliação do tucano, “não faz sentido falar em dois extremismos”. Nunes também falou sobre o processo de autodestruição do PSDB.

“O PSDB não combateu o governo Bolsonaro. O único personagem que fez oposição ao Bolsonaro foi o João Doria”, alega. “O Brasil já está no segundo turno e só há um extremista que é o Bolsonaro”, emendou.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

carlos

22 de maio de 2022 às 18h56

O chanceler e ex senador aluisio Nunes Ferreira, escolheu entre o facismo e a democracia, ele tem razão, o Artur Virgílio tbm sabe que a democracia é a lógica, e que o bolsonaro fez com a zona franca de Manaus, e as zonas de processamento de exportação, e agora entregar a Amazônia para o Elon Musk não tem lógica.

Responder

Zulu

21 de maio de 2022 às 13h07

PT e PSDB sao as duas faces do mesmo pedaço de papel higienico.

Responder

Paulo

21 de maio de 2022 às 11h46

Lula não é um extremista que vá representar ameaça imediata à democracia, como Bolsonaro representa. Mas vai miná-la por dentro, aparelhando o STF, a PGR, outros tribunais e centros de irradiação reverberação de poder, como as universidades, por exemplo, até que nos transformemos numa Venezuela ou, até, numa Cuba (tenho certeza de que é o sonho de muito petista). Ditaduras são sempre odiosas, sejam de direita ou de esquerda. A diferença é que as de direita costumam durar menos…

Responder

Deixe um comentário para carlos

Viaje no Universo Profundo com o Telescópio James Webb O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno?