Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Imagem: Divulgação

Rio: Castro defende operação na Vila Cruzeiro

Por Redação

30 de maio de 2022 : 13h54

Nesta segunda, 30, o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL), saiu em defesa da operação policial realizada na Vila Cruzeiro, na zona norte do Rio de Janeiro, que resultou em 23 mortos.

Castro se pronunciou sobre o assunto durante um evento do governo fluminense em Copacabana.

Durante seu discurso, o governador disse que é necessário “saber diferenciar morador honesto, morador trabalhador, desses que às 4h30 da manhã andam em ‘bonde’ fortemente armados, com metralhadoras e granadas”.

Ainda nas palavras de Castro, a apreensão de armas justifica a operação da PMERJ. Segundo a corporação, foram apreendidos 13 fuzis, 12 granadas e 4 pistolas durante a operação.

“Somente as armas apreendidas já demonstram a necessidade que se tinha de fazer aquela operação. Uma operação que visava prender os líderes da facção criminosa mais perigosa do Rio de Janeiro”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Saulo

30 de maio de 2022 às 22h30

Qualquer pessoa civilizada defende que quem toca o terror nas favelas, expulsa e manda na vida dos moradores, vende droga e anda armado com fuzil morra o quanto mais cedo possível.

Responder

Deixe um comentário para Saulo

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina