Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O papel de Temer na pré-campanha da chapa Lula-Alckmin

Por Gabriel Barbosa

30 de junho de 2022 : 09h18

O encontro entre o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSB), e o ex-presidente Michel Temer (MDB) na semana passada foi, sem dúvida, a cartada de reaproximação política entre o líder emedebista e o ex-presidente Lula.

Com a perspectiva de não ruptura das reformas trabalhista e previdenciária (já adiantada aqui) no possível governo liberal-social, a partir de 2023, Lula e Alckmin já compreendem que vão precisar de alguns pontos defendidos na versão atualizada do programa “A Ponte para o Futuro”.

O encontro de Alckmin e Temer não se tratou apenas de eventual apoio político do ex-presidente à Lula, mas foi para pacificar a ideia de que a chapa lulista não representa ameaça as reformas já aprovadas durante o governo do MDB.

A movimentação neste sentido é que Temer mande essa mensagem para setores empresariais que atualmente estão mais próximos de apoiar a reeleição de Jair Bolsonaro ao Palácio do Planalto. O ex-presidente também fará essa movimentação a investidores estrangeiros.

Diga-se de passagem, Lula já sinalizou nos últimos três encontros com o setor privado a não ruptura das reformas trabalhista e previdenciária aprovadas no pós-impeachment de Dilma Rousseff.

No próximo dia 5, Lula e Alckmin irão jantar com a cúpula da Federação das Indústrias de São Paulo (FIESP) para reforçar esse compromisso. Não haverá por parte da chapa Lula-Alckmin hostilidade as pautas pró-mercado.

Gabriel Barbosa

Jornalista com passagens pelo Grupo de Comunicação O POVO (Ceará), RedeTV! e Band News FM. Pós-graduando em Comunicação e Marketing Político.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

marco

01 de julho de 2022 às 13h30

O papel do Temer todos nós já sabemos, ensinar o para o Alckmin o roteiro para o golpe, se necessário.
Talvez, nem seja necessário, pois como ouvi várias vezes , Lula não é de esquerda.
Inacreditável pensar que o interesse desses personagens mudou.

Responder

Deixe um comentário para marco