Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Foto: Uendel Galter/ A Tarde

Alckmin repudia escalada de violência política às vésperas da eleição

Por Redação

13 de julho de 2022 : 10h11

Nesta terça-feira, 12, o ex-governador e pré-candidato a vice na chapa de Lula, Geraldo Alckmin (PSB), expressou seu repúdio com a crescente violência política praticada por apoiadores de Jair Bolsonaro às vésperas das eleições.

Durante um ato no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília, Alckmin também ironizou as fake news do inquilino do Planalto sobre a urna eletrônica. Ele estava ao lado de Lula e do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), líder da oposição.

“Quando uma pessoa invade uma festa de aniversario e mata outro por intolerância política, quando com drone jogam veneno sobre o povo, quando atiram bomba na multidão, o Brasil precisa mudar”, disse o ex-tucano.

“Não é possível continuar esse estado de coisas. Não à ditadura, não ao ódio, sim à paz, sim ao amor“, prosseguiu.

Nas palavras de Alckmin, “não é que Bolsonaro não confia na urna, ele não confia é no voto do povo, porque sabe que não merece o voto para um segundo mandato”.

“Vamos mudar o Brasil. Em vez de desemprego, fome e desalento, Lula, 20 milhões de empregos, valorização do salário mínimo, educação de qualidade, saúde, preservação do meio ambiente e democracia”, finalizou.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Jose

14 de julho de 2022 às 12h36

Temos que dividir o poder, se não conseguimos nos organizar para exerce-lo sozinhos.

Responder

Paulo

13 de julho de 2022 às 21h06

Alckmin, o retrato da decadência política e moral…deixando-se usar por Lula para que este possa sinalizar aos eleitores que é um democrata e limpar sua barra com a Justiça e com a consciência dos brasileiros, que ele quer enganar pagando de moderado. E o ex-governador, por sua vez, esperando um novo impeachment no futuro…oportunista puro.

Responder

William

13 de julho de 2022 às 20h05

O que dizer da escalada da falta de vergonha na cara dessa tranqueira ?

Responder

Zulu

13 de julho de 2022 às 13h38

Alckmin é puro lixo e não poderia ter outra colocação a não ser ao lado de Lula.

Responder

Kleiton

13 de julho de 2022 às 11h39

Alckmin é repugnante.

Responder

Deixe um comentário para Kleiton