Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Imagens: Divulgação

Genial/Quaest: Tarcísio cresce seis pontos e diminui distância para Haddad

Por Gabriel Barbosa

08 de setembro de 2022 : 09h02

A pesquisa da Genial/Quaest divulgada nesta quinta-feira, 8, mostra que o ex-ministro da Infraestrutura e candidato a governo de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), apresentou crescimento de seis pontos percentuais, muito acima da margem de erro.

Segundo o levantamento, Tarcísio saiu de 14% para 20% das intenções de voto e se consolidou na segunda colocação, diminuindo a distância para o ex-prefeito Fernando Haddad (PT), que ainda lidera a disputa com 33% das menções, no caso dele, houve queda de um ponto. O atual governador Rodrigo Garcia (PSDB) cresceu dois pontos, de 13% para 15%.

“Esse crescimento do Tarcísio aconteceu no eleitorado que vota no Bolsonaro (passou de 34% para 48%). Haddad já atingiu o máximo do voto do Lula, 69%; e Rodrigo cresce dentro da base da 3 via”, observa o cientista político e CEO da Quaest, Felipe Nunes.

Um ponto que chama atenção sobre o pleito paulista é o grau de definição do voto em Tarcísio. Cerca de 71% entre seus eleitores se dizem convictos na escolha. Entre eleitores de Haddad, são 46% que estão decididos sobre o voto no petista. Para o lado de Garcia, 37%.

“O eleitor paulista começou a associar o seu candidato a governador com o nome escolhido para a presidência. No caso do Rodrigo Garcia, houve distanciamento da sua campanha com o eleitorado do ex-governador Dória, que começou a migrar para o Tarcísio de Freitas”, avalia o sociólogo e consultor político, Luiz Cláudio Ferreira Barbosa.

Mas apesar disso, o cientista político Felipe Nunes pondera que “embora a polarização nacional esteja consolidada, a maior parte do eleitorado de SP ainda prefere um governador independente à frente do governo estadual (36%). A demanda por um governador bolsonarista chegou a 31% e a preferência por um governador Lulista (29%)”.

A Genial/Quaest ouviu presencialmente cerca de 2000 eleitores paulistas entre os dias 2 e 5 de setembro. A margem de erro é de 2,4 pontos percentuais.

Gabriel Barbosa

Jornalista com passagens pelo Grupo de Comunicação O POVO (Ceará), RedeTV! e Band News FM. Pós-graduando em Comunicação e Marketing Político.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

7 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

EdsonLuíz.

09 de setembro de 2022 às 00h00

No Brasil, onde é que estavam fazendo ou que tem uma base de lançamento de foguetes mesmo?

E peçam a ele para levar o próprio “travesseiro da nasa”, que, segundo as leis universais da física, não lhe prestarão para nada.

Em tempo : Não precisa avisar que os lançamentos de foguetes naquela base esplodem. Com o foguete explodindo pelo menos vai ser evitado que muita gente seja ludibriada com os travesseiros do astronauta.

Responder

Paulo

08 de setembro de 2022 às 23h30

Até na eleição paulista a presença de Bolsonaro é nefasta. Tenta emplacar um cara que nunca morou aqui, que não nasceu aqui e que não tem nada a ver com SP. É triste ver a derrocada do nosso estado. Aquele que nos viu nascer e nos prometeu um futuro promissor, e agora vem com uma impostura bolsonarista. Gado, gado, gado…

Responder

Saulo

08 de setembro de 2022 às 22h10

O Poste é uma aguaviva com as pernas e já foi julgado na reeleição a Prefeito onde não ganhou em uma sequer urna na cidade de São Paulo.

É claro que não tem chance nenhuma, quem for para o segundo turno ganha fácil.

Responder

Helena

08 de setembro de 2022 às 19h12

Esse carioca vai levar uma nas fuças pra deixar de ser besta. Vai querer ganhar em SP para exportar as milícias do RJ? Nem vem que não tem, ô safadão!

Responder

Tiago Silva

08 de setembro de 2022 às 18h51

Boulos poderia ter um resultado eleitoral melhor que Haddad, apesar de Lula já ter dado até as calças por Haddad…

Talvez no segundo turno seja uma briga para quem tiver menor rejeição ao petismo/tucanismo versus bolsonarismo/carioquismo.

Responder

Francisco*

08 de setembro de 2022 às 11h13

Resumo da ópera: Nada de novo para o governo de São Paulo, em 08/09/22, tudo continua como estava, conforme o Datafolha divulgado em 01/09/22:

Datafolha – pesquisa presencial entre 30/08 e 01/9, com 1808 entrevistados no estado de São Paulo, com margem de erro de 2%: Haddad 35%, Tarcísio 20% e Rodrigo 15%. Divulgada em 01/09/22.

Quaest – pesquisa presencial entre 02/9 e 05/09, com 2000 entrevistados no estado de São Paulo, com margem de erro de 2%: Haddad 33%, Tarcísio 20% e Rodrigo 15%. Divulgada em 08/09/22.

IPEC – pesquisa presencial entre 03/09 e 05/09, com 1504 entrevistados no estado de São Paulo, com margem de erro de 3%: Haddad 36%, Tarcísio 21% e Rodrigo 14%. Divulgada em 05/09/22.

Responder

Kleiton

08 de setembro de 2022 às 09h54

Vai dar uma surra no Caggad no segundo turno.

Responder

Deixe um comentário