Bahia: Refinaria privatizada provoca desabastecimento de Gás de Cozinha

Imagem: Reprodução

Bolsonaro usa tribuna da ONU para atacar Lula e a Petrobras

Por Redação

20 de setembro de 2022 : 12h09

Nesta terça-feira, 20, Jair Bolsonaro (PL) participou da Assembleia Geral da ONU e usou a tribuna da entidade para fazer diversos ataques contra o ex-presidente Lula (PT). No último domingo, 18, o inquilino do Planalto usou o funeral da Rainha Elizabeth II para fazer campanha eleitoral.

Em seu discurso, Bolsonaro mentiu ao dizer que seu governo foi responsável pelo combate a “corrupção sistêmica”, ignorando o Orçamento Secreto, considerado a maior compra de votos da história brasileira.

“O Brasil vem implementando reformas para atração de investimentos e melhorias das condições de vida de sua população. No meu governo extirpamos a corrupção sistêmica que existia no país”, disse.

Na sequência, ele também falou inverdades sobre a decisão do STF que anulou as condencaoes da Lava Jato contra o ex-presidente Lula. Além disso, o presidente tentou associar o petista ao rombo na Petrobras, causado pela extinta força-tarefa.

“No meu governo extirpamos a corrupção sistêmica que existia no país. Somente entre o período de 2003 e 2015, o endividamento da Petrobrás, por má gestão, loteamento político e desvios, chegou à casa dos US$ 170 bilhões de dólares. O responsável por isso foi condenado em três instâncias por unanimidade. Delatores devolveram US$ 1,5 bilhão de dólares e pagamos para a bolsa americana outro milhão, por perda de seus acionistas”, prosseguiu.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Carlos Roberto Honorio da Silva

20 de setembro de 2022 às 12h57

O endividamento da Petrobras ocorreu por força dos pesados investimentos em construção de novas refinarias e plataformas de petróleo, que promoveram um salto gigantesco na produção de petróleo. A Petrobras a rigor não deve nada, porque ela tem algo que vale mais do que sua dívida. Falo das imensa reservas de petróleo que pagam com um pé nas costas a sua dívida. Lula na verdade foi ousado em investir pesado na expansão da estatal, esforço que foi destruído pela Lava Jato e pelo Golpe de 2018. O atual presidente deveria ser processado para provar suas acusações que é o que Lula deveria fazer.

Responder

Canastra

20 de setembro de 2022 às 12h47

Sao fatos, a Petrobras foi assaltada dia e noite por Lula e comparsas para poder ficar no poder…qual seria a novidade ?

Responder

    Nelson

    20 de setembro de 2022 às 23h46

    Meu chapa.
    Só mesmo nessa tua cabeça fanatizada e de uma montoeira de gente avessa a pensar e que gosta muito de ser enganada pela mídia hegemônica, a mentiralhada – repetida à maneira de Goebbels – de que o PT roubou tudo, quebrou a Petrobras, o BNDES e o país, acabou por se transformar em “fatos”.

    Algo que não chega a surpreender, pois de gente que passou a afirmar que a Terra é redonda, que a Globo é comunista e que o marxismo domina o pensamento nas escolas e universidades devemos esperar qualquer absurdo, qualquer disparate.

    Responder

Deixe um comentário para Canastra