Menu

Elmano de Freitas deseja a maioria dos prefeitos do PDT cearense

ALCE

O governador Elmano de Freitas (PT) começou um trabalho de fortalecimento da federação partidária lulopetista (PT-PC do B e PV), em detrimento dos aliados de primeira hora ou primeira ordem: MDB (Eunício Oliveira), Progressistas (Zezinho Albuquerque), Republicanos (Chiquinho Feitosa) e PSB (Eudoro Santana).

Elmano de Freitas não vai fortalecer o subgrupo lulopetista sob a liderança do ministro Camilo Santana (PT) e a colaboração do senador Cid Gomes (PDT) nas seguintes agremiações partidárias locais ou cearenses, sob controle do camilista-cidista: PSB, Podemos e Republicanos. 

A Consultoria LCFB acredita que o núcleo político do Governo Estadual tentará com certeza direcionar vários prefeitos pedetistas e lideranças cirista-trabalhista para a federação partidária lulopetista (PT-PC do B e PV), pois o movimento político-institucional não é despercebido pelo jornalismo político cearense e pela maioria dos analistas políticos locais. É um esquecimento proposital na visão analítica da Consultoria LCFB.  

A Consultoria LCFB defende a tese de que o subgrupo lulopetista sob a liderança do ministro Camilo Santana (PT) numa ação política-institucional que pode ser chamada de segunda onda política-eleitoral contra o cirismo-trabalhista, todavia, o principal alvo é a liderança do deputado federal André Figueiredo como o único empecilho para a cooptação do PDT local ao camilista-cidista. E somente num segundo momento ao lulopetismo cearense via o Governo Estadual. 

Luiz Cláudio Ferreira Barbosa é diretor-executivo da Consultoria LCFB 

Apoie o Cafezinho