Analista da Ideia fala sobre “voto útil” dos eleitores de Ciro a Lula no 1° turno

Foto: Divulgação

Harley Dias: O mundo hoje é digital, a internet não é apenas mais um meio


Por Harley Dias

Com o crescimento e a modernização constante das redes sociais, os instrumentos de comunicação precisaram – e precisam – reinventar-se. E assim vem ocorrendo, também, com o audiovisual. O que antes precisava da plataforma da TV para ser exibido, hoje, pode estar nas telas dos computadores, tablets, notebooks e smartphones. Quem sabe e tem total domínio não se assusta com essas novidades. Ao invés disso, aproveita as ferramentas e inova! 

De acordo com a 32ª edição da Pesquisa Anual da Fundação Getúlio Vargas (FGVcia), hoje, somos mais de 152 milhões de usuários conectados no Brasil, 81% da população com mais de 10 anos têm internet em casa, o Brasil tem 440 milhões de dispositivos digitais (computador, notebook, tablet e smartphone). O estudo revela, ainda, que a cada aparelho de televisão vendido no Brasil, são comercializados quatro celulares. Nesse contexto, vê-se a importância do marketing político, que é um conjunto de estratégias para facilitar e agregar valores às informações que o eleitor precisa para conhecer o seu candidato (a) de forma inteligente. 

Não podemos esquecer que o marketing político são junções estratégicas, tanto no mundo on como off-line. Os conteúdos, no entanto, serão criados no mundo off, e, com certeza, terminarão em alguma plataforma social. Sendo assim, o candidato (a) que já conseguiu estar conectado com seus seguidores por meio das plataformas digitais, está passo à frente dos demais. 

Conforme dados de uma pesquisa das empresas Hootsuite e We Are Social que analisou resultados de janeiro de 2021, o Brasil é o segundo país onde as pessoas passam mais tempo na internet por dia (cerca de 10 horas) e o terceiro no ranking do maior número de horas por dia nas redes sociais (3 horas e 42 minutos).

Um posicionamento estratégico no marketing digital pode fazer toda diferença no mundo real. Para que chamem a atenção do eleitor, as estratégias para a campanha política vão ter que ser inovadoras e assertivas para as propagandas eleitorais na TV e rádio. Para o candidato que ficar com a sua estratégia maior na TV e rádio pode ser uma frustação grande no final, pois o usuário de hoje se conecta ao mesmo tempo com 3 telas (TV, celular e computador). Então, vai se sobressair quem tiver o melhor conteúdo, o melhor planejamento, a melhor estratégia e, principalmente, um estrategista político com conhecimento e experiência para levar o eleitor a ver, ouvir e interagir com as melhores propostas e conteúdo do candidato.

O mundo hoje é digital! Quando você consegue desenvolver um plano estratégico para um mundo cheio de inovações e com tendências surgindo a cada instante, a internet não é apenas mais um meio, e sim, um canal de informações que pode mudar o rumo de uma campanha. O mundo digital integra diversas mídias, possui audiência, segmenta públicos, gera resultados.  Além disso, as redes sociais mudaram a forma de você se relacionar. 

Harley Dias é estrategista político cearense, 100% vitorioso nas eleições de 2020.

O Xadrez para Governador da Bahia O Xadrez para Governador de Minas Gerais O Xadrez para Governador de São Paulo O Xadrez para Governador do Rio de Janeiro Novo Presidente da PETROBRAS defende preços altos Cadê o churrasco do povo, Bolsonaro? Preço explodiu! Conservadores? A atual juventude brasileira O Indulto sem Graça de Bolsonaro Os Principais Eleitores de Lula Os Principais Eleitores de Ciro Gomes