Analista da Ideia fala sobre “voto útil” dos eleitores de Ciro a Lula no 1° turno

O constrangimento da Folha

Por Miguel do Rosário

19 de novembro de 2011 : 19h53

A Folha oferece hoje outro caso interessante para observar a disposição hierárquica das notícias. A instalação da Comissão da Verdade e a sanção da Lei de Acesso a Informações, embora tenha contado com a presença de todas as principais autoridades da República, com direito a um emocionante discurso da presidente Dilma Rousseff, foi absolutamente esnobada pelo jornal Folha de São Paulo.

O evento deu oportunidade para o jornal tirar uma enorme quantidade de fotos relevantes para seus leitores entenderem melhor as relações de poder no Planalto. Não publicou nenhuma. A cobertura da Folha do evento foi absolutamente fria. Ou melhor, gelada. Há uma chamada minúscula na primeira página. E no miolo, o assunto é jogado na página A16 de maneira confusa, quase displicente, dividido em duas matérias posicionadas desajeitadamente em diagonal.

A postura editorial da Folha revela que o jornal, que foi um dos maiores apoiadores do regime, ainda sente enorme constrangimento em abordar o tema.

O Globo foi mais simpático. Ao menos publicou uma foto na primeira página e dedica uma página inteira exclusivamente ao evento.

Na capa:

 

Mesmo assim não há como deixar de fazer uma crítica à ênfase que o Globo dá, no texto publicado num enorme box no centro da página, ao “desconforto militar’. O simples fato de não terem batido palmas em alguns momentos ganha destaque e dá razão ao título.

A melhor cobertura foi do Estadão, que deu chamada na capa e uma página inteira no miolo. E o melhor de tudo, menciona o elogio da ONU juntamente com a solicitação da instituição para que a Lei da Anistia seja revogada, fato que sequer foi abordado nos outros jornais.

Na capa do Estadão:

 

Confira a íntegra do evento, na cobertura do canal oficial do governo:

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

_spin

19 de novembro de 2011 às 20h22

Num pais capitalista como os EUA há diversos jornais, a realidade é vista por enfoques diferentes
Por aqui são poucos, tudo concentrado em 3 jornais que terminam sendo apenas 1, pois são iguais até nas capas
Revistas e canais de TV, idem

http://www.newseum.org/todaysfrontpages/flash/

Responder

Deixe um comentário

Novo Presidente da PETROBRAS defende preços altos Cadê o churrasco do povo, Bolsonaro? Preço explodiu! Conservadores? A atual juventude brasileira O Indulto sem Graça de Bolsonaro Os Principais Eleitores de Lula Os Principais Eleitores de Ciro Gomes Os Principais Eleitores de Bolsonaro Janela Partidária 2022: Quem ganhou, quem perdeu? Caro? Gasolina, Gás e Diesel: A atual política de preços da Petrobrás As Maiores Enchentes do Brasil